OTIMISMO DO EMPRESARIADO

Período natalino já gera boas expectativas para o empresário cuiabano

Publicados

em

Conforme pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL Cuiabá), através do seu núcleo de inteligência de mercado, 55% dos empresários da capital estão otimistas com as vendas de fim de ano e acreditam que elas irão crescer no período natalino. Já 13,3% acham que será igual ao ano passado.

A entrevista foi com empresários de loja de rua e shoppings, sendo que 33,3% possui comércio em bairros, 33,3% centro e 33,3% shoppings centers.

Os dados também mostram que 93,4% dos empresários estão trabalhando com a capacidade/operacional normal, sendo que em relação aos funcionários, em torno de 85,5% poderão ter oportunidades de contratações.

Conforme a análise de dados, a estimativa de contratações pode ficar próxima a 3 mil vagas temporárias para o natal, sendo que a expectativa média de crescimento nas vendas por parte dos empresários ficou em 5,2% quando comparado com o ano passado”, afirma o superintendente da CDL Cuiabá, Fábio Granja.

A pesquisa mostrou ainda que 76,7% dos empresários da capital estão conseguindo fazer reposição e manter o estoque.

Conforme a CDL Cuiabá, muitas empresas já estão decorando suas lojas, suas vitrines, se antecipando para poder atrair os consumidores.

É possível observarmos que muitos empresários já começaram a trabalhar o tema natal, mostrando esse otimismo para o período, porém, acreditamos que as vendas irão aumentar significativamente a partir do momento que as pessoas começarem a receber o décimo terceiro, isso no final de novembro, inicio de dezembro”, disse Granja.

Para a CDL Cuiabá ainda, o cenário atual demonstra boas expectativas.

Acreditamos que iremos superar o volume de vendas em relação ao ano passado. Nós estamos animados, pois percebemos isso no dia a dia. As boas expectativas se tornam em oportunidades, em geração de emprego e geração de renda, com isso, fazemos girar nossa economia, fazendo com que tenhamos um crescimento mais sólido das empresas. Isso esta acontecendo tanto no interior do estado quanto aqui na capital”, avalia o superintendente.

CAMPANHA DE NATAL

A exemplo do ano passado, a CDL Cuiabá esta preparando uma grande campanha de natal.

O objetivo é valorizar ainda mais o comércio local, fomentar a econômica e gerar emprego e renda para a população. Serão novamente muitos prêmios, mais uma grande oportunidade para todos, lojistas, consumidores e até mesmo para os vendedores”, disse Granja.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Nota MT: Sorteio retroativo contempla 999 consumidores
Propaganda

ECONOMIA

Mapa atende solicitação da Acrimat para prorrogar campanha de vacinação da aftosa

Publicados

em

O objetivo é de imunizar, em novembro, cerca de 70 milhões bovinos e bubalinos de até 2 anos de idade, conforme prevê o Calendário Nacional de Vacinação 2020 para a maioria dos Estados brasileiros.

A Divisão de Febre Aftosa da Secretaria de Defesa Agropecuária, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), ressalta que, tão importante quanto a vacinação correta, é também o preenchimento completo da declaração de vacinação e entrega online ou, quando não for possível, presencialmente nos postos designados pelo serviço veterinário estadual, dentro dos prazos estipulados.

A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) solicitou ao superintendente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), José de Assis Guaresqui, e ao presidente do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea/MT), Marcos Dornelas Catão a prorrogação das campanhas de vacinação contra a febre aftosa na região do Pantanal e das demais propriedades localizadas no estado de Mato Grosso.

No ofício, alegou que;

Considerando os acontecimentos em todo o estado de Mato Grosso, envolvendo os incêndios e a própria severidade do período da seca que impactou fortemente os rebanhos bovino e bubalino, e que devido as escassas chuvas que ocorreram no mês de novembro, ainda não conseguimos atingir um score corporal seguro para serem manejados, vimos a presença de Vossa Senhoria solicitar que as campanhas de vacinação do Pantanal e das demais propriedades do nosso estado sejam prorrogadas”.

Conseguinte, a Acrimat informou que a solicitação se dava, também, em necessidade de maiores operações de manejo do rebanho; baixo score corporal comprometendo a resposta imunológica, e, ainda, a situação geral do empobrecimento das pastagens e a necessidade durante o período de estiagem de se misturar as faixas etárias normalmente apartadas em função da carência hídrica na maioria dos pastos.

A solicitação para todo Estado foi atendida pelos órgãos na ultima sexta-feira (27), contudo, segundo informações do Mapa, a região do Pantanal passaria por estudos para verificar a viabilidade e necessidade da extensão da campanha na região.

Portanto, a etapa de vacinação para bovinos e bubalinos de 0 a 24 meses que se encerraria dia 30 de novembro, agora seguirá até o dia 10 de dezembro, coincidindo com o prazo máximo para comunicação da vacinação ao INDEA.

Para o Pantanal, tanto a vacinação quanto a comunicação para os bovinos e bubalinos de todas as idades, segue até o dia 15 de dezembro.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Energia fica mais cara para os mato-grossenses
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA