ESPORTES

Time começa “nova” campanha na Libertadores

Publicados

em

O período de seca de 38 anos sem um título da Libertadores foi marcado por decepções, vexames em série e frustrações para o torcedor do Flamengo. Ao conquistar a última edição, o clube exorcizou o fantasma, trocou o papel de azarão pelo de franco favorito e colocou um ponto final nas piadas dos adversários.

De olho no terceiro troféu, a equipe encara hoje (4) o Junior Barranquilla (COL), às 21h30 (de Brasília), no Estádio Municipal, em seu primeiro compromisso pela defesa do cinturão continental. Apontado por muitos como o maior candidato ao título, o Rubro-negro terá de se acostumar a esta nova realidade na Gávea.

Até a glória em Lima, os rubro-negros amargaram fiascos em série.

Quedas para Defensor (URU), América (MEX) e Universidad do Chile (CHI), além de eliminações ainda na fase de grupos, marcaram o clube e traumatizaram os torcedores. A virada sobre o River Plate (ARG), no entanto, mudou a vida flamenguista e inaugurou um novo capítulo na relação da arquibancada com a principal competição da América do Sul.

Deixamos o favoritismo para fora. É um debate dos jornalistas. Isso se faz dentro de campo, mas é claro que o Flamengo tem muita visibilidade pelo que fizemos no ano passado. Não podemos cair nessa armadilha, opinou o goleiro Diego Alves.

A missão rubro-negra é das mais complicadas. Em toda a história da competição, apenas Peñarol (60 e 61), Santos (62 e 63), Independiente (64 e 65), Estudiantes (69 e 68) São Paulo (92 e 93) e Boca Juniors (2000 e 2001) levantaram o caneco duas vezes consecutivas. O Independiente e o Estudiantes atingiram feito ainda mais difícil, já que são os únicos clubes com três taças em sequência.

Esta Libertadores tem um sabor ainda mais especial para o clube, já que a finalíssima está marcada para o Maracanã. Após levantar a Recopa em sua casa, o Rubro-negro venceu uma competição internacional em casa pela primeira vez e espera festejar o tricampeonato ao lado de seus torcedores em 2020.

Nós seguimos o nosso trabalho, mantivemos a base e chegaram reforços. A cada ano, com as conquistas, tudo fica mais difícil. Temos de fazer o que pede o mister. Vamos seguir nessa linha. Todos vão lutar para no Maracanã na final, mas temos um gostinho por ser nossa casa“, alertou o camisa 1.

O técnico Jorge Jesus tem uma série de baixas para escalar sua equipe titular. Em recuperação de lesões, Bruno Henrique, Rodrigo Caio e Rafinha desfalcam o time. Suspenso pelo vermelho na final da Recopa, Willian Arão também ficou no Rio de Janeiro.

JUNIOR BARRANQUILLA X FLAMENGO

Local: Estádio Metropolitano, em Barranquilla (COL)
Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
Assistentes: Jorge Urrego (VEN) e Tulio Moereno (VEN).

JUNIOR BARRANQUILLA – Viera; Piedrahita, Rosero, Mera e Fuentes; Cetré, Moreno, Sánchez e Hinestroza; Borja (Valencia) e Téo Gutiérrez.
– Técnico: Julio Comesaña

FLAMENGO – Diego Alves; João Lucas, Léo Pereira, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Thiago Maia, Gerson e Everton Ribeiro; Arrascaeta, Vitinho (Pedro ou Michael) e Gabigol.
– Técnico: Jorge Jesus

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cuiabá sofreu derrota para o CSA e ficou fora do G4

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Tubarões de Fogo vence prova de natação da Maratona Aquática

Publicados

em

A equipe de atletas militares do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso (CBM-MT) venceu a prova de natação da Maratona Aquática de nado livre organizado pelo Serviço Social do Comércio (Sesc-MT), neste ultimo sábado (28), em Cuiabá.

Nesta edição, a equipe Tubarões de Fogo levou 33 atletas que foram inscritos na competição. Os militares do CBM-MT disputaram a prova que contou com participação de atletas de outras duas instituições: equipes do Raia Rápida representante do Sesc Mato Grosso e o time Motivação da Polícia Militar.

O evento esportivo aconteceu durante quatro sábados consecutivos. Em cada dia, as equipes tiveram 50 minutos para nadar o máximo de quilômetros em menor tempo possível. Ao final da competição, a soma da contagem geral de metros nadados mostrou que o primeiro lugar no pódio foi da equipe do CBMT-MT que nadou 63.575m.

O segundo lugar ficou com o time da PM que nadou 60.325m. Já o terceiro lugar da classificação ficou com o time do Sesc que nadou 41.450m.

A solenidade de premiação foi realizada na arquibancada do polo aquático do Sesc-MT. Os campeões do primeiro lugar receberam medalhas e um grande troféu.

Um dos objetivos do campeonato é promover a interação entre as pessoas por meio do esporte, incentivando a prática de atividades físicas que resulta em diversos benefícios, qualidade de vida pessoal e profissional.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Serie B: Cuiabá e CSA na Arena Pantanal
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA