ESPORTES

Libertadores/2020; Com times brasileiros, começa a fase de grupos

Publicados

em

Começa nesta terça-feira, dia 3 de Março, com 32 clubes separados em oito grupos, a fase mais longa e intensa da Copa Libertadores de América/2020.

Além do Flamengo, o detentor do título de campeão, o Brasil pôde inscrever sete times na competição. De todos, apenas o Corinthians, obrigado a disputar uma etapa de pré-classificação, caiu, imediatamente, sobrepujado pelo Guarani do Paraguai.

O Internacional de Porto Alegre, também na mesma etapa, conseguiu se qualificar e agora se agrega ao “Urubu”, ao Athletico/PR, ao Grêmio, ao Palmeiras, ao Santos e ao São Paulo. Por uma ironia do bingo da Conmebol, coube aos dois gaúchos se acomodarem na mesma chave.

Agora na sua edição de número 61, esta Libertadores se inaugurou em 21 de Janeiro, com 47 times dos dez países afiliados à entidade que administra o Futebol na América do Sul: Brasil (8 vagas), Argentina (6), Equador (4 e mais o Independiente del Valle, campeão da Sul-Americana), e os outros com 4 equipes cada (Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela). Antes dos grupos houve 30 cotejos em que se registraram 62 tentos, média precária de 2,07, na Champions e na Europa League, já nas suas oitavas-de-final, a média é de, respectivamente, 3,18 e 2,78 gols por prélio.

A fase de grupos, todos contra todos em turno e returno, se estenderá até o dia 7 de Maio. Primeiros e segundos se promoverão às oitavas-de-final, a se desenvolver entre 21 e 30 de Julho. Os terceiros colocados serão repescados na Sul-Americana. Depois das oitavas ocorrerão as quartas-de-final (entre 18 e 27 de Agosto), as semis (entre 22 de Setembro e 1º de Outubro), e daí a decisão. Desde 2019, quando o Flamengo bateu o River Plate da Argentina por 2 X 1 em Santiago do Chile, uma decisão da Libertadores acontece em partida única e numa sede pré-determinada. Desta vez, já programada para 21 de Novembro, a grande porfia se desenrolará no Estádio do Maracanã, Rio.

Eis os jogos dos brasileiros na rodada de abertura

Dia 3, terça-feira

Grupo C
ATHLETICO PARANAENSE X PEÑAROL (Uru)
Arena da Baixada, Curitiba, 42.372 lugares
Árbitro: Éber Aquino (Par)

Grupo E
INTERNACIONAL X UNIV. CATÓLICA (Chi)
Estádio Beira-Rio, Porto Alegre, 50.128 lugares
Árbitro: Ángel Arteaga (Ven)

AMÉRICA DE CALI (Col) X GRÊMIO
Estádio Pascual Guerrero, 34.405 lugares
Árbitro: Guillermo Guerrero (Que)

Grupo G
DEFENSA Y JUSTÍCIA (Arg) X SANTOS
Estádio Tito Tomaghello, Florencio Varela, 18.000 lugares
Árbitro: Gustavo Tejera (Uru)

Dia 4, quarta-feira

Grupo A
JUNIOR BARRANQUILLA (Col) X FLAMENGO
Metropolitano Roberto Meléndez, 60.788 lugares
Árbitro: Alexis Herrera (Ven)

Grupo B
TIGRE (Arg) X PALMEIRAS
Estádio José Dellagiovanna, Victoria, 26.282 lugares
Árbitro: Wilmar Roldán (Col)

Dia 5, quinta-feira

Grupo D
ESCUELA BINACIONAL (Per) X SÃO PAULO
Estádio Guillermo B. Rosamedina, Juliaca, 20.030 lugares
Árbitro: José Mendez (Par)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  CBF recebe novo pedido de socorro financeiro de 20 clubes da Série C

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Campeonato Paulista retornará em 22 de julho

Publicados

em

Ao lado de membros da Federação Paulista de Futebol (FPF), o governador João Dória deu o aval para o retorno no campeonato no próximo dia 22/07. A data de reinício estava marcada para o início de agosto, mas a CBF agendou o início do Brasileirão para 9 de agosto, o que causaria um conflito de datas. Com a confirmação, as finais do Paulistão devem acontecer um dia antes no início do campeonato nacional.

‘O Centro de Contingência da Covid-19 aprovou, em conjunto com a Federação Paulista de Futebol, com assistência médica da FPF, o novo protocolo da retomada do Campeonato Paulista. Os jogos deverão ocorrer obrigatoriamente em cidades que estejam na fase amarela do Plano São Paulo e em estádios sem a presença de torcida, afirmou o governador em coletiva.

O torneio estadual foi interrompido em 16 de março e foi um dos campeonatos que mais teve cautela para pensar em um retorno. Os clubes já fazem treinos completos com bola e se preparam para um retorno em 14 dias. Um dos primeiro duelos será o clássico entre Corinthians e Palmeiras, que seguirá os protocolos feitos pela comissão.

O protocolo médico foi aceito de forma unânime. Estamos lidando com uma situação de baixo risco de contágio, pela excelente condição física e de saúde dos jogadores”, explicou o coordenador do Centro de Contingência de Covid, Paulo Menezes.

A liberação feita pelo Governo do Estado de São Paulo veio um dia depois de a FPF fazer o pedido de reinício do torneio.

Vale lembrar que os clubes estão se preparando desde 15/6, quando começaram as testagem de atletas e a retomada gradual das atividades. Com pouco mais de um mês de ‘pré-temporada’, os times deve retornar com um nível técnico e físico bom aos gramados. Os clubes seguem os seguintes passos desde o reinício das atividades: testagem, conscientização, retomada com trabalho individual, proteção individual e higiene.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Tricolor vence o arquirrival nos pênaltis e é Campeão da Taça Rio
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA