SANGUE É VIDA

Fecomércio-MT faz campanha de doação de sangue em alusão ao Dia das Crianças

Publicados

em

Em alusão à semana em que se comemora o Dia das Crianças, o Sistema Comércio de Mato Grosso, composto pela Fecomércio/Sesc/Senac/IPF-MT, realizará, em parceria com o MT Hemocentro, uma campanha para doação de sangue nos dias 13 e 14 de outubro. Nesses dois dias, o ônibus do Hemocentro estará no estacionamento do Sesc Arsenal, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h30 para receber os doadores.

Mais uma vez, estamos juntos com o MT Hemocentro nessa campanha para salvar vidas. É importante que todos tenham consciência de que, quando menos se espera, podemos precisar da doação de sangue e, por isso vale a pena sempre repetirmos que doar sangue salva vidas”, destaca o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior.

O superintende da Fecomércio-MT, Igor Cunha, informa que nesta campanha, além da doação de sangue, as entidades também pedem a doação de um brinquedo para a brinquedoteca do MT Hemocentro, que além de atender crianças, também recebe filhos de pais que possuem doenças crônicas ou adquiridas e que necessitam receber sangue de forma constante.

Queremos aproveitar a semana do Dia das Crianças para pedir às pessoas que forem doar sangue, que também levem um brinquedo para fazer uma criança feliz, pois muitas delas, passam por situações angustiantes para sobreviver e podemos colaborar levando um pouco de alegria a elas”, enfatiza o gestor da federação.

Entre as doenças que acometem crianças que precisam de doações de sangue regularmente estão a Talessemia Major, também conhecida como anemia de Cooley, e a anemia falciforme, que mata, por ano, mais de 500 crianças. Essa doença caracteriza-se por um defeito na estrutura da hemoglobina, o que faz com que a criança precise receber transfusão regular de doador para ajudar o organismo a funcionar.

Para a diretora geral do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela, a nova parceria com a Fecomércio-MT contribuirá para repor o estoque de sangue da entidade.

A irmandade com a federação já se mostrou exitosa em outras oportunidades, por isso, temos certeza de que o chamamento junto à classe comerciária ajudará na reposição dos estoques de sangue do estado”, confirma ela.

Doador regular há 14 anos, Rafael Feliciano de Souza, de 32 anos, destaca a importância dessa ação.

Depois que fiz minha primeira doação, percebi o quanto é importante esse gesto que pode salvar muitas vidas. Hoje, também sou doador de plaquetas e inscrito no Redome – Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea. É muito gratificante ajudarmos ao próximo, ainda mais porque nós mesmos ou nossos familiares podem necessitar desse ato de amor”.

Para doar, é importante ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 51kg, estar saudável, descansar bem na noite anterior e não comer nada que contenha muita gordura até 3 horas antes da doação. É necessário que o doador leve um documento oficial com foto, com exceção de crachá de trabalho.

Os doadores receberão lanche após a doação e um brinde da Fecomécio-MT. Para participar da campanha, faça o agendamento pelo telefone (65) 3648-1400.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  "Estamos sendo expostos e ameaçados por essa nova variante em virtude da Copa América"
Propaganda

ECONOMIA

Várzea Grande recebe emendas no valor de R$ 20 milhões

Publicados

em

Sinalizando que vai continuar redobrando os esforços no sentido de ajudar a administração municipal de todas as 141 cidades de Mato Grosso, mas principalmente de Várzea Grande, o Senador do Partido Democratas (DEM), Jayme Veríssimo de Campos anunciou a liberação de novas emendas para obras e ações, bem como, entendimentos junto ao Governo Federal para ampliar repasses de recursos para obras de abastecimento de água e esgoto sanitário, hoje um dos maiores problemas da segunda maior cidade do Estado.

Várzea Grande recebeu duas emendas no valor de R$ 20 milhões do Senador Jayme Campos. Os recursos serão aplicados na saúde pública e em obras de infraestrutura, principalmente na pavimentação asfáltica de vários bairros.

É sempre bom contar com o apoio dos parlamentares da bancada federal e novamente o Senador Jayme Campos demonstra seu apreço a cidade de Várzea Grande aonde ele foi prefeito por três mandatos, lembrando que no início de nossa gestão já foi repassado valores de R$ 10 milhões para a saúde pública de outra emenda do senador”,disse o prefeito Kalil Baracat,.

E conforme o chefe de Executivo Municipal, vai ainda colocar recursos próprios de Várzea Grande para ampliar a capacidade e atender mais bairros do município com obras, pois recursos federais e estaduais são essenciais, mas também precisam de contrapartida de recursos do Tesouro Municipal.

Kalil Baracat sinalizou que estes recursos se somam com o empréstimo da ordem de R$ 90 milhões contratados junto a Caixa Econômica Federal (CEF), sendo R$ 70 milhões para pavimentação asfáltica e R$ 20 milhões para ampliar os R$ 100 milhões que estão sendo investidos em obras de abastecimento de água e esgoto sanitário.

Quero deixar meu testemunho do apoio que temos recebido dos senadores, deputados federais, dos deputados estaduais da Assembleia Legislativa e do próprio Governo de Mato Grosso e isto tem que ser declarado para que as pessoas saibam o quanto eles têm nos ajudado a vencer as dificuldades e obstáculos que são comuns em uma gestão pública, assinalou o prefeito.

Ele aproveitou a presença dos vereadores no evento, para agradecer o apoio do Poder Legislativo Municipal que também não tem medido esforços no sentido de ajudar o Executivo a vencer os obstáculos impostos como a questão do abastecimento de água.

Já o Senador Jayme Campos (DEM), assinalou que sua meta é concluir ano que vem a primeira parte de seu mandato com 141 cidades contempladas com recursos de emendas parlamentares de sua autoria.

Já liberei próximo de R$ 200 milhões em emendas para 134 cidades e queremos dentro da possibilidade e da realidade, pois estes recursos são federais, atender a todas as cidades, atender a Mato Grosso”, disse Jayme Campos frisando ainda que vai reforçar os pedidos em cima da questão do abastecimento de água e de obras de esgoto.

O Senador do Partido Democratas (DEM), reconheceu a necessidade de reforçar os investimentos no abastecimento de água de Várzea Grande e lembrou que o prefeito Kalil Baracat está investindo R$ 100 milhões nestas obras e vai lançar outras duas obras que em definitivo irão permitir que Várzea Grande melhore de forma significativa o abastecimento de água para toda a sua população.

Jayme Campos ressaltou que o bom trânsito do prefeito Kalil Baracat, junto a Bancada Federal, graças ao trabalho que vem fazendo em Várzea Grande, facilita a busca por emendas parlamentares, defendendo uma emenda de bancada com recursos mais volumosos para ser aplicado em obras de abastecimento de água e esgoto sanitário.

A deficiência que existe hoje é decorrente do crescimento populacional aliado a falta de investimentos, até porque os R$ 215 milhões de um total de R$ 500 milhões previstos do PAC resgatado em 2015 pela prefeita Lucimar Sacre de Campos, nem R$ 5 milhões para água foram liberados, então o problema se demonstra mais severo e mais potencializado pela seca que é a maior das últimas décadas e pela falta de investimentos, sem contar outros problemas que também agravam a situação como as perdas de água, os desvios entre outros”, disse Jayme Campos.

Já o prefeito Kalil Baracat reafirmou a disposição e o enfrentamento do problema sinalizando que durante todo o seu mandato, os esforços em primeiro plano são pela resolutividade da questão da água e consequentemente do esgoto, mas que é necessário avançar ainda mais, seja em novas redes, novos equipamentos e na conscientização das pessoas quanto ao uso racional da água disponível.

Com o apoio dos Governos, Federal, de Mato Grosso, da Assembleia Legislativa e de recursos próprios, Várzea Grande irá dobrar a atual capacidade de captação, tratamento e distribuição de água dos atuais 700 litros por segundo para 1.400 litros por segundo ou 120.960 milhões de litros de água por dia, o que representa dizer mais de 400 litros por dia por cada habitante, ou seja, mais que três vezes a necessidade apontada como ideal pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de 120 até 140 litros/dia por habitante”, disse o prefeito Kalil Baracat.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cuiabá, Várzea Grande, Lucas e Acorizal na mira do MPE e TCE
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA