APOIO E ESTRATÉGIA DE FUTURO

PP reafirma compromisso e hipoteca apoio a Kalil Baracat

Publicados

em

Várzea Grande deve ser contemplada nos próximos anos com investimentos considerados fundamentais para a consolidação do seu processo desenvolvimentista, pois ela está localizada em um ponto estratégico para qualquer tipo de investimentos e industrialização do agronegócio de Mato Grosso e do Centro Oeste do Brasil.

Essa foi a visão que o coordenador da Bancada Federal de Mato Grosso e presidente do Partido Progressista (PP), deputado federal Neri Geller fez em audiência com o Prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB) que esteve acompanhado pelos vereadores Alessandro Moreira da Silva e Emerson César Magalhães que compõem a base de sustentação da atual gestão na Câmara Municipal da segunda maior cidade de Mato Grosso e sétima mais populosa do Centro Oeste e a 97 mais populosa do Brasil.

Estou aqui para anunciar a liberação de R$ 2 milhões em emendas parlamentares de minha autoria para Várzea Grande e discutir outras estratégias consideradas essenciais para a cidade como a duplicação da Rodovia dos Imigrantes no trecho Várzea Grande e Cuiabá, a definição de áreas para um novo Polo Industrial, a chegada a Ferronorte vindo de Rondonópolis, o Parque Tecnológico que tem que sair do papel e se transformar em realidade, bem como outras medidas que ajudem Várzea Grande a recuperar sua posição estratégica na economia de Mato Grosso e do Brasil”, disse Neri Geller.

O prefeito Kalil Baracat assinalou que vai destinar a maioria dos recursos de emendas para obras estruturantes de pavimentação asfáltica e para ações nas áreas essenciais como saúde, educação, segurança e social.

Temos demandas sempre crescentes, portanto, toda ajuda é importante e estarmos sempre em contato com os deputados federais e senadores, permite que Várzea Grande consiga emplacar projetos que consideramos essenciais e vamos buscar novos investimentos em mais escolas, mais CMEIs, mais obras de saneamento e abastecimento de água, pavimentação asfáltica, habitação, regularização fundiária entre outros assuntos pendentes”, disse o Prefeito de Várzea Grande.

Ele pontuou como fundamental a discussão de um plano de desenvolvimento de longo prazo, para uma, duas e até três décadas vislumbrando a chegada da Ferronorte ou Ferrovia Vicente Vuolo, o Parque Tecnológico e a abertura de novas indústrias e empresas para gerarem emprego e renda.

Várzea Grande tem sua vocação de cidade prestadora de serviços, mas estamos ao lado de Cuiabá a Capital de Mato Grosso e somos passagem obrigatória para o Norte do Estado e para o Norte do País, portanto, temos que potencializar os efeitos do agronegócio, nossa maior riqueza para podermos atender a demanda de crescimento e principalmente gerar emprego e renda que é fundamental para a nossa população”, disse Kalil Baracat.

O parlamentar federal Neri Geller ponderou que Várzea Grande precisa fomentar a profissionalização de mão de obra especializada, citando a possibilidade da Prefeitura de Várzea Grande se unir ao Governo do Estado e a instituições como a Federação das Indústrias (FIEMT), SEBRAE, SENAI entre outros para ofertar mão de obra necessária para enfrentar a grande demanda que passará a existir com a explosão cada vez maior da industrialização, seja por causa do agronegócio, seja por causa do crescimento do Estado como um todo.

A gestão da prefeita Lucimar Sacre de Campos, com o apoio do senador Jayme Campos e de outros deputados federais senadores e deputados estaduais, devolveu algo de fundamental para Várzea Grande e sua gente que é a alta estima, a crença de uma cidade melhor e uma verdadeira terra de oportunidades para todos”, assinalou Neri Geller apontando, lembrando que agora o prefeito Kalil Baracat, já desponta e será uma grande liderança política com grandes realizações, por pertencer a um grupo que deseja o melhor para a população e para Mato Grosso e seus municípios.

Kalil Baracat sinalizou como fundamental a integração com o governo Mauro Mendes e com o Governo Jair Bolsonaro, sendo que para isto existe uma interlocução com senadores, deputados federais e estaduais.

Temos apoio dos senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes, os deputados estaduais liderados pelo presidente da Assembleia Legislativa, José Eduardo Botelho, os deputados federais Carlos Bezerra e agora Neri Geller, enfim todos os parlamentares têm ajudado, tem se colocado a disposição de Várzea Grande e de Mato Grosso”, assinalou o prefeito.

Ele agradeceu e apoio que o Partido Progressista tem dado através dos vereadores Alessandro Moreira da Silva e Emerson Cézar Magalhães a sua gestão e sinalizou que a recompensa não será pessoal, pois eles e todos os vereadores estão trabalhando em prol da população e da cidade de Várzea Grande.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Pinheiro aciona Wilson na Justiça por injúria, difamação e calúnia
Propaganda

Política

PDT quer beber vinho em vez de água e esquece discurso contra Emanuel

Publicados

em

O tempo passou e…

Como num passe de mágica, os que atiravam no Governo Municipal a alguns dias atrás, deixaram de atirar, claro…no prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro do MDB.

Mas, alguns ainda prosseguem atirando no emedebista Emanuel Pinheiro, que muitas das vezes mesmo com sua caneta e sem tinta, (armas e munição), continua pautando esse povo e incomodando muita gente.

Mudaram, todavia, o tom quando a referência é o Governo do Municipal.

Teriam descoberto que estavam errados naqueles julgamentos que faziam do Governo Municipal?

Bom…, o parlamentar estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Allan Kardec Pinto Acosta Benitez, o professor Allan, que alguns dias entrou com representação na Justiça Eleitoral em nome da coligação Mãos Limpas e Unidas Por Cuiabá liderada pela ex-candidata Gisela Simona Viana de Souza do Partido Republicano da Ordem Social (Pros), acusou o prefeito reeleito por Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), de captação ilícita de votos, e supostamente, pagar jantar à convidados, em reunião no dia 31 de outubro em local denominado “Chácara do Totontinho”, sítio de um apoiador do prefeito cuiabano, no primeiro turno das eleições municipais em Cuiabá.

O parlamentar estadual Allan Kardec chegou ate mesmo em sua denúncia, anexar ao processo uma série de publicações sobre o jantar, usando como provas vídeos, textos, fotos e outros materiais.

E segundo informações do denunciante, o encontro foi conduzido pelo ex-secretário de Obras e o então coordenador-geral de campanha, Vanderlúcio Rodrigues da Silva e seu sobrinho, Alex Rodrigues, que era na época candidato ao cargo de vereador pelo Partido Progressista (PP), partido da base aliada de Emanuel Pinheiro.

Da água para o vinho

Depois de todos os acontecimento, os fatos, as provas apresentadas pelo parlamentar estadual Allan Kardec Pinto Acosta Benitez, o professor Allan, o PDT vem tentando fazer as pazes com o Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

O motivo, bom…, o motivo muitos já sabem, o PDT esta de olho na formação do staff no Palácio Alencastro.

E a vaga seria a Secretaria de Cultura de Cuiabá, e o PDT esta tentando emplacar o maestro Fabrício Carvalho, que foi candidato a vice-prefeito na chapa Mãos Limpas e Unidas Por Cuiabá, de Gisela Simona Viana de Souza do Pros.

Nas eleições municipais que aconteceram em outubro de 2020, tanto o PDT quanto o Pros ecoaram as críticas sobre corrupção na gestão de Emanuel Pinheiro.

Já no segundo turno, o Partido Democrático Trabalhista (PDT), liderado pelo deputado estadual, Allan Kardec Pinto Acosta Benitez, o professor Allan, ficou em cima do muro.

Ainda conforme a representação, o caráter eleitoreiro do encontro pode ser comprovado pelos discursos que foram proferidos, além da distribuição de banners e outros materiais de campanha com o nome de Alex Rodrigues e de Emanuel Pinheiro. Houve também, segundo o deputado estadual Allan Kardec, reprodução de jingle de campanha e pedido de votos. O deputado estadual pediu a cassação do registro de candidatura de Emanuel e aplicação de multa em razão do ocorrido.

Outro lado

A assessoria do Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, que informou, em nota, que a representação movida por Allan Kardec não demonstra a existência de provas ou indícios de provas que poderiam levar à cassação do seu registro de candidatura.

O caso mostra que a ação foi movida em desfavor de pessoa ilegítima, já que Emanuel não teria ligações com o ocorrido. Tanto é verdade que nas pseudoprovas colacionadas aos autos não há nenhuma imagem ou vídeo dos representados ou ainda áudio com pedido de votos para o prefeito Emanuel Pinheiro, sendo certo que para a procedência da ação exige-se conjunto probatório robusto, indene de dúvidas, não podendo se fundar em frágeis ilações ou em presunções quanto aos fatos, diz trecho da manifestação da defesa de Pinheiro.

A defesa também lembra que Emanuel Pinheiro não tinha conhecimento do encontro e que Vanderlúcio Rodrigues, que esteve presente na reunião, é presidente do Partido Progressista (PP) e tio de Alex Rodrigues, que liderou o encontro. Neste caso, diferente do que informou a ação de Kardec, o ex-secretário de Obras não compareceu ao evento como representante de Emanuel Pinheiro, mas sim na condição de tio de Alex e presidente do partido.

O proprietário da chácara e outros presentes assinaram manifestação, anexada à defesa, na qual garantem que o jantar foi servido durante as comemorações do aniversário. (Com o Bom da Noticia)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  60 mil cargos que dependiam de concursos foram extintos pelo presidente Michel Temer
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA