Política

“Empoderamento da mulher e combate à violência”

Publicados

em

Como parte da programação da Semana da Mulher, o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) realizou uma roda de conversa com o tema “Empoderamento da mulher e combate à violência“, mediada pela promotora de Justiça Lindinalva Rodrigues.

Ladeada pelo presidente da Corte de Contas, Conselheiro Guilherme Antonio Maluf, e por mulheres como a conselheira substituta Jaqueline Jacobsen, a delegada titular da Defesa da Mulher de Cuiabá, Jozirlethe Criveletto, e a coordenadora da Casa de Amparo Vilma Benedita Rodrigues, Fabiana Soares, a promotora falou sobre mulher, sobre homem e à respeito de questões que vão muito além da violência doméstica.

Na oportunidade, o presidente do TCE-MT ressaltou a importância da realização de ações como esta.

Nada muda de uma hora para outra, mas é preciso começar. Precisamos avançar, não apenas no que diz respeito à Lei Maria da Penha, mas para que a mulheres possam ocupar mais cargos públicos, principalmente na política. A mulher precisa ocupar espaços de destaque, onde tenha poder, até para que tenha mais força para lutar pelos direitos de todas“.

Já a conselheira substituta destacou os índices de feminicídio no Brasil e em Mato Grosso, lembrando que, embora a luta pareça invencível, o importante é nunca desistir.

É muito gratificante poder compor essa roda de conversa para tratar de um tema tão sensível e tão difícil de combater. As vezes pensamos que não adianta fazer nada, mas não podemos desanimar por achar que somos pequenos demais para fazer alguma coisa, pois se a gente conseguir salvar uma mulher, já valeu a pena“.

Iniciando sua fala, a promotora de Justiça fez um agradecimento ao presidente do TCE-MT pelo apoio à campanha de combate à violência contra as mulheres e ao projeto “mulheres no espaço público“, realizada pela Câmara Setorial Temática da Mulher da Assembleia Legislativa.

Desde que presidia o Legislativo Estadual, Guilherme Maluf sempre foi um parceiro de primeira mão. Existem os políticos que constroem pontes, estradas, e eles são muitos, e existem as pessoas que cuidam de gente, que cuidam dos Direitos Humanos, como é o presidente, hoje, do TCE“.

Na sequência, Lindinalva Rodrigues também falou um pouco sobre mudanças de paradigmas.

Muitas mulheres ainda são criadas para encontrar um príncipe encantado, aquele que as vai legitimar como pessoa humana. Não se sentem humanas se não tiverem um homem ao lado e isso faz com que muitas, que não encontram esse príncipe, acabem aceitando qualquer pessoa para não ficar sozinha. Ainda vemos mulheres acuadas, que não denunciam a violência por vergonha, porque acham que tem muito a perder. A gente deveria ser criada, não para procurar um príncipe, não para ter um homem do lado, mas para ser feliz“.

A delegada Jozirlethe Criveletto destacou ainda a importância da sororidade.

Nós, mulheres, temos que nos unir para fazer a diferença. Temos que ter sororidade uma com as outras, precisamos todas juntas fazer a nossa parte“.

Durante o evento, Guilherme Antonio Maluf também doou dois computadores para auxiliar a Casa de Amparo e se comprometeu em, junto com a Conselheira Jaqueline, visitar a unidade de apoio às mulheres vítimas de violência, cujos trabalhos foram apresentados pela coordenadora.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Sem plateia e convidados, Luís Roberto Barroso assume TSE em cerimônia virtual

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Política

“Covid-19”: Mato Grosso registrou neste sábado 2.413 casos e 58 óbitos

Publicados

em

De acordo com o Boletim Informativo da SES, 1.533 pacientes estão em isolamento domiciliar, 147 hospitalizados e 675 já estão recuperados

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (30), 2.413 casos confirmados da “Covid-19” em Mato Grosso, sendo registrados 58 óbitos em decorrência do “Coronavírus” no Estado. A última morte envolveu uma residente de Barra do Garças.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (723), Várzea Grande (227), Rondonópolis (191), Tangará da Serra (111), Primavera do Leste (101), Sorriso (84), Lucas do Rio Verde (74), Confresa (74), Barra do Garças (73), Sinop (55), Rosário Oeste (42), Campo Verde (40), Jaciara (37), Alta Floresta (37), Cáceres (32), Nova Mutum (31), Pontes e Lacerda (28), Peixoto de Azevedo (25), Aripuanã (25) e Sapezal (22).

Nas últimas 24 horas, surgiram 157 novas confirmações em Aripuanã (14), Barra do Bugres (1), Barra do Garças (1), Cáceres (1), Campo Novo do Parecis (2), Campo Verde (8), Canarana (4), Colniza (1), Confresa (3), Cuiabá (34), Denise (3), Juara (2), Lambari D’Oeste (1), Mirassol D’Oeste (1), Nossa Senhora do Livramento (1), Nova Maringá (1), Nova Olímpia (1), Nova Ubiratã (2), Primavera do Leste (5), Rondonópolis (21), Sapezal (14), Sinop (2), Sorriso (9), Tangará da Serra (13), Várzea Grande (11) e municípios de outros Estados (1).

Contudo, a área técnica esclareceu que houve a correção de seis casos de duplicidade nos municípios de Cuiabá (3), Lucas do Rio Verde (1) e Várzea Grande (2).

Dos 2.413 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.533 estão em isolamento domiciliar e 675 estão recuperados. Há ainda 147 pacientes hospitalizados, sendo 76 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 71 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 250 leitos de UTI e 856 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,1% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,9% masculino; além disso, 692 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 7.233 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 297 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Neste sábado, o Governo Federal confirmou 498.440 casos da “Covid-19” no Brasil e 28.834 óbitos oriundos da doença. Em relação ao dia anterior foram 33.274 novos casos confirmados e 956 óbitos.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo Coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  "Carta Aberta”; AMM defende suspensão das eleições de 4 de outubro
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA