POLÍTICA NACIONAL

Governo vai bloquear entrada de estrangeiros de todos os países em aeroportos

Publicados

em


source
Preços das passagens aéreas caem com pandemia do coronavírus arrow-options
Agência Brasil

Preços das passagens aéreas caíram com pandemia do coronavírus

O ministro Sergio Moro , da Justiça e Segurança Pública, disse nesta sexta-feira (27) que o governo vai bloquear a entrada de estrangeiros de todas as nacionalidades no aeroportos . A nova regra consta em uma portaria que deve ser publicada ainda hoje.

De acorco com Moro, a medida foi tomada com base nos número de infectados por Covid-19 em todo o mundo, sendo que na semana passada o bloqueio já havia sido feito para passageiros da União Europeia.

Leia também: Bolsonaro questiona número de mortos por Covid-19 e supõe fraude de uso político

Entre as exceções, de acordo com o ministro, estão pessoas que têm autorização de residência no Brasil ou familiares que moram no País.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Secom divulga nota sobre campanha nas redes sociais
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

“Vamos rezar para Brasil ter imunidade maior que outros países”, diz Maia

Publicados

em


source
Presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia arrow-options
Agência Brasil

Presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta sexta-feira (27) que “do jeito que as coisas estão indo” o Brasil corre risco de viver o que aconteceu na Itália e em Nova York, dois locais que registraram muitos casos e óbitos por coronavírus. Maia defende que, se não forem tomadas as decisões certas, o país estará no escuro e “não vai sobrar nada que não seja rezar”.

Leia também: Coronavírus no Brasil: acompanhe a situação no País em tempo real

“Vamos rezar para ver se a população brasileira tem um nível de defesa do vírus maior que a dos outros países, uma imunidade maior que a dos outros países”, afirmou Maia . O presidente da Câmara acredita que o isolamento social é necessário neste momento e que seu fim precipitado poderia levar a tragédias.

As falas de Maia ocorreram durante uma transmissão ao vivo, por videoconferência, do Grupo de Líderes Empresariais (LIDE), associação fundada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB). 

Leia Também:  Witzel diz que vai decretar mais 15 dias de distanciamento social no Rio

“Nesse momento, do jeito que as coisas estão indo, acho que a gente corre risco muito grande, e vamos rezar para que não, um risco muito grande para que a gente tenha no brasil o que aconteceu na Itália, o que está acontecendo na Espanha, na França e agora em Nova York, que está uma situação muito preocupante”.

Leia também: De gripezinha a “não é tudo isso”: vezes em que Bolsonaro minimizou coronavírus

Maia também afirmou que tanto o presidente, como os governadores e o Congresso possuem posições sobre a forma de lidar com a pandemia do coronavírus . Contudo, ele diz ser necessário encontrar  “um denominador comum” para “sinalizar à sociedade o mínimo de harmonia entre todos os entes federados e entre todos os Poderes”.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA