ALTO RISCO DE TRANSMISSÃO

Visitas em unidades penais de MT estão suspensas

Publicados

em

Atravessamos uma crise sem precedentes na história do Sistema Único de Saúde. Como se não bastasse tantos desafios enfrentados no cotidiano, agora com o recrudescimento da Pandemia do Covid-19, a situação se agrava mais, acarretando sobrecarga ainda maior para o nosso sistema de saúde. O momento exige equilíbrio, planejamento, agilidade e muita solidariedade e colaboração.

A Pandemia da Covid-19 tem provocado elevado número de casos e de óbitos no Brasil, e, por isso, é ainda mais necessária a união de todos os gestores do SUS e suas equipes neste momento para o seu melhor enfrentamento.

Em uma Portaria de Número 01/2022 publicada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP-MT), suspende as visitas e atendimentos presenciais no Sistema Penitenciário de Mato Grosso pelo prazo de 15 dias.

Conforme o documento assinado pelo secretário adjunto da SAAP, Jean Carlos Gonçalves, as medidas de prevenção das doenças levam em consideração o alto risco de transmissão da nova variante do Coronavírus, Ômicron e da Influenza, sendo um dos principais responsáveis pela gripe comum e pelos resfriados.

Leia Também:  Nossa política passou a ser um fim em si mesma, um mundo à parte, visto com indiferença e desconfiança

De acordo com a normativa, fica suspensa a visitação presencial dos familiares nas unidades penais. No entanto, nesse período, fica estabelecido o retorno das visitas virtuais, que serão realizadas por meio de agendamento e ficará sob a responsabilidade do gestor da unidade.

Com relação aos servidores, fica mantida todas as medidas de biossegurança, como uso de máscara de proteção facial, higienização regular das mãos com álcool em gel, distanciamento social de até 1,5 metros, aferição de temperatura e exigência da imunização completa contra a Covid-19, durante a execução das atividades desenvolvidas nas unidades penais.

Ainda de acordo com a normativa, estarão suspensos os recambiamentos e transferências estaduais e interestaduais de pessoas privadas de liberdade, nos casos excepcionais deverão ser tratados com superintendentes e gabinete do secretário adjunto.

Estarão suspensas também as entregas de produtos alimentícios por parte dos familiares nas unidades penais e a entrada de pessoas externas, que promovam as atividades referente a serviços de assistência previsto na Lei de Execução Penal (LEP).

Os atendimentos presenciais de advogados e defensores públicos serão realizados por meio de videoconferência, que serão previamente agendadas pelo gestor da Unidade Penal.

Leia Também:  Doria quer voto em papel nas prévias do PSDB

Por outro lado, fica autorizado a entrada de medicamentos, devendo ser designado pelo gestor da unidade penal dia e horário para o recebimento, a entrada de materiais de higiene pessoal e limpeza, o trabalho intramuros, obedecendo os protocolos das medidas sanitárias de saúde e o trabalho extramuros nas unidades penais em que as Pessoas Privadas de Liberdade (PPL), ficam reclusos em blocos separados dos demais reclusos.

O documento suspendeu ainda o curso de formação e atividades de capacitação, de treinamento, palestras e/ou eventos da Coordenação de Ensino e Aperfeiçoamento do Servidor Penitenciário (CEASP).

A entrega de documentos e confecção de carteira de visitante deverá ser feita mediante agendamento através do e-mail [email protected] ou pelo fone: (65) 3315-1535. Em caso de necessidade, as medidas adotadas nessa portaria poderão ser prorrogadas.

É dever do Estado garantir e zelar pela integridade física e moral do preso sob sua custódia e, consequentemente, de preservar sua saúde em especial durante o estado pandêmico vivenciado atualmente“, afirma o secretário Jean Carlos.

Clique AQUI para conferir a portaria.

http://www.sesp.mt.gov.br/documents/4713378/15900955/Portaria+suspens%C3%A3o+visitas/0a2b2c01-c1c4-e6f0-3df1-73a9082adf2a

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Fecomércio-MT vai incluir jovens no mercado de trabalho

Publicados

em

O sonho de toda mãe é conseguir para os filhos uma vaga como jovem aprendiz ou estagiário, mas sabe que a realidade entre distribuir currículos e conseguir uma oportunidade é uma tarefa difícil.

O Sistema Fecomércio-MT/Sesc/Senac/IPF-MT dará início, na semana do dia 6 a 10 de junho, ao ‘Programa Empregar’, que busca qualificar jovens de 16 a 20 anos para o mercado de trabalho. A ação é gratuita e as inscrições devem ser feitas pelo link na BIO do Instagram da federação (@fecomercio_mt).

Esta é uma grande oportunidade para jovens que desejam ingressar no mercado de trabalho. É importante destacar que o Brasil vive hoje uma de suas piores crises econômicas na história. Milhões de desempregados, mas ao mesmo tempo milhares de postos de trabalhos em aberto, e então por que a conta não fecha? Empresas hoje não têm mais tempo para treinamento, preferem aqueles que já estejam qualificados e prontos para começarem a trabalhar. Para os adolescentes, a cobrança é ainda mais dura. 

Leia Também:  Efeitos das aglomerações do Natal e Ano Novo aumenta casos de Covid-19

Durante a programação do Sistema Fecomércio-MT/Sesc/Senac/IPF-MT, serão apresentadas palestras de capacitação aos jovens, com técnicas de comportamento, marketing pessoal e empreendedorismo. Também serão realizados testes vocacionais e de aptidão visando atender às demandas dos empresários do comércio.

Para o presidente da federação, José Wenceslau de Souza Júnior, a ideia do programa é contribuir para a capacitação dos jovens e atender as empresas dos setores do comércio e serviços.

Muitas empresas de varejo que atuam na região estão sempre em busca de profissionais qualificados, o que nem sempre é possível no mercado atual. Por isso, queremos fazer essa “ponte” para auxiliar tanto a empresa quanto o colaborador, afirmou.

O superintendente da entidade, Igor Cunha, disse que o programa, já realizado anteriormente pelo Sindicato do Comércio Varejista de Material de Construção de Mato Grosso (Sindcomac-MT), possibilitou a inserção de dezenas de jovens no mercado de trabalho.

Esta ação possibilitará atender aos diversos segmentos filiados à Fecomércio-MT, colocando os jovens no mercado de trabalho e melhorando a situação econômica da região e de suas famílias”.

As atividades serão promovidas na sede da Fecomércio-MT, no período da tarde, das 14h às 17h. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 3648-1400.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA