APOIO

Unemat apoia a vida, o bem maior

Publicados

em

A Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) Carlos Alberto Reyes Maldonado vem a público manifestar seu apoio à vida em primeiro lugar, sempre! A sociedade brasileira e mundial vive um momento de caos social e de perdas irreparáveis por conta da Pandemia da Covid-19 e, em razão desse momento, medidas muitas vezes consideradas duras, são necessárias. Em Mato Grosso não tem sido diferente, pois estamos vivendo dias dramáticos com o aumento do contágio e de mortes por conta do Coronavírus.

Nesse sentido, pautado pelas recomendações dos órgãos de ciência de que o isolamento social e o distanciamento são as medidas mais eficazes para conter o avanço, foram editadas nos últimos dias medidas amargas, mas necessárias para controlar a propagação do vírus.

Em Cáceres, cidade mãe da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) e sede da Reitoria da instituição, a Prefeita Eliene Liberato editou o Decreto nº 307/2021 acompanhando uma determinação estadual e também uma decisão judicial que determinou quarentena obrigatória. Essa medida gerou revolta de um grupo de pessoas, e com isso ela passou a receber ameaças. Necessitou-se, portanto, de adoção de medidas protetivas para assegurar a vida e o patrimônio público.

A Unemat, nesse momento, se solidariza com a Prefeita Eliene Liberato e reiteramos que entendemos que para superar esse momento de crise sanitária é preciso se pautar no que a ciência tem demonstrado eficiente, avançarmos na vacinação da população e fazermos o distanciamento social. Ameaças contra a vida em qualquer instância é um atentado. Ameaçar uma mulher é um ato de violência ainda maior, ainda mais por ela estar investida de autoridade que lhe foi dada pela população por meio de voto democrático. É dever dos nossos governantes cuidar e zelar pelo coletivo, é responsabilidade social zelar pela vida um dos outros.

A Universidade do Estado de Mato Grosso defende intransigentemente a vida e, nesse momento de pandemia, zelado com mais cuidado ainda pela vida da comunidade acadêmica, assegurando que as atividades de ensino, pesquisa e extensão sejam realizadas prioritariamente por meio remoto.

Estamos adotando diversas ações no sentido de garantir os direitos dos nossos acadêmicos, realizando colações de grau on-line, cursos, aulas, reuniões e conselhos remotos. Ao mesmo tempo estamos atuando com campanhas com doações e arrecadação de materiais de limpeza e alimentos, máscaras. Também estamos contribuindo com nossos servidores em pesquisa, realização de exames, atendimento psicológico, formação na área da saúde, participação em comitês e em todas as frentes nas quais possamos contribuir com a população de Mato Grosso em diferentes municípios e comunidades.

A vida é o nosso bem mais precioso. Cuidemo-nos todos.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cuiabá perde e se distancia do G4
Propaganda

Geral

Cuiabá lança campanha de vacinação contra Influenza nesta segunda-feira (19)

Publicados

em

Após o surto dos vírus Zika, Dengue e Chikungunya pelo mosquito Aedes Aegypti, o centro das atenções passou a ser novamente a gripe Influenza A (H1N1). Ela já é bem conhecida pelos médicos e pela população mundial, após o surto da doença que ocorreu em 2009 e 2010. Por ser uma mutação da gripe comum, ela possui sintomas parecidos, além da alta taxa de transmissão.

Prevenção

A Influenza A (H1N1) tem sua transmissão feita assim como qualquer outra gripe, e por isso segue as mesmas diretrizes de prevenção, porém deve ter sua atenção redobrada. É preciso lavar sempre as mãos com água e sabão, e evitar o contato com olhos, boca e outras mucosas; não compartilhar itens de uso pessoal como toalhas, copos, talheres e escovas de dentes, e evitar contato próximo com pessoas que estejam doentes.

Tratamento

O tratamento para a gripe (H1N1) é feito através de remédios via oral, que são indicados por um médico e regulamentados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), para combate especifico da doença. Outras medidas como repouso, reposição de líquidos e boa alimentação podem ajudar na recuperação do paciente.

Vacinação

A Secretaria Municipal de Saúde vai lançar nesta segunda-feira (19) a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. O lançamento será realizado na UBS Parque Ohara, às 9h. Neste ano a Prefeitura de Cuiabá decidiu atrasar em uma semana o começo da campanha em decorrência da abertura dos novos polos de vacinação contra o coronavírus.

Neste primeiro momento a campanha de vacinação da Influenza contemplará os seguintes grupos: Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas. A previsão é que a campanha aconteça até o dia 9 de julho.

Nesta segunda faremos o lançamento na UBS do parque Ohara, mas a campanha começará em todos os postos de saúde a partir desta terça-feira (20), com exceção de alguns locais onde não há condições de fazer a separação entre os pacientes de COVID e os que vão ser vacinados”, revela Valéria de Oliveira, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

Pelo fato das campanhas de vacinação contra a Influenza e contra o Coronavírus estarem sendo realizadas ao mesmo tempo, a vacinação contra o Coronavírus deve ter prioridade.

O Informe Técnico da Influenza alerta para a importância da priorização da vacina COVID-19, para pessoas contempladas no grupo prioritário para a Influenza e que ainda não foram vacinadas contra a COVID-19. Nestas situações, deve-se agendar a vacina Influenza, respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas, explica a coordenadora.

A partir de terça-feira (20) todos os postos de saúde realizarão a vacinação contra a Influenza a partir das 7h, com exceção das seguintes unidades: PSF Osmar Cabral / Liberdade, PSF Nova Esperança, PSF Pedra 90 lll e lV e PSF São Gonçalo, na região Sul; PSF Novo Horizonte e CS Ana Poupina, na região Leste; PSF Santa Amália /Jd. Araçá, PSF Santa Isabel I e II e PSF Santa Isabel III, na região Oeste.

Em todo Brasil foram disponibilizadas 75 milhões de doses e o objetivo é atingir 90% de cada um dos grupos prioritários. A vacina previne contra três tipos de Influenza: Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Juiz interdita casa noturna em Cocalinho
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA