MAIS ÁGUA NA TORNEIRA

Sistema de abastecimento é reforçado no Parque Nova Esperança 2

Publicados

em

A comunidade do Parque Nova Esperança 2, bairro da região Sul de Cuiabá posicionado entre o Pedra 90 e o Pascoal Ramos, inicia o mês de julho com duas ações voltadas aos serviços de saneamento básico. Em uma das frentes, profissionais da Águas Cuiabá cadastram moradores a serem interligados ao sistema público de fornecimento de água tratada. Na outra frente, são realizadas obras de expansão e melhoria das redes, garantindo a qualidade na entrega dos serviços.

Na fase de cadastro, colaboradores da Águas Cuiabá realizaram a visita às residências, tomando todos os cuidados de prevenção ao coronavírus. Essa fase foi concluída e, a partir de agora, os moradores também podem fazer contato com a concessionária, por telefone (0800 646 6115) ou mensagem de WhatsApp (17 99641-3259), para solicitar o serviço de interligação.

É prioridade do município de Cuiabá garantir saneamento de qualidade à população. Trabalhamos focados neste objetivo, atentos às necessidades específicas de cada região, observa Mayckel Pereira, gerente de Clientes da Águas Cuiabá.

No que se refere às obras, novas tubulações estão sendo instaladas para garantir o acesso de todas as famílias ao serviço de abastecimento. Além da instalação, os trabalhos incluem a substituição de redes antigas ou danificadas, zelando pela eficiência no abastecimento e, ao mesmo tempo, reforçando as ações de combate às perdas. Ao todo serão implantados mais de dois quilômetros de novas redes na localidade, cujo abastecimento de água tratada e fluoretada é proveniente da Estação de Tratamento de Água (ETA) Tijucal.

Sobre a Águas Cuiabá

Por meio de concessão plena com validade de 30 anos, em contrato firmado junto à Prefeitura Municipal, a Águas Cuiabá assumiu os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário na capital mato-grossense em 2012. A empresa atende a 613 mil pessoas e tem como objetivo universalizar o acesso da população à água de qualidade e à coleta e tratamento de esgoto. Desde 2017, faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em 37 municípios brasileiros e que alcança 6 milhões de pessoas com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.

Sobre a Iguá Saneamento

A Iguá Saneamento, controlada pela IG4 Capital, atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas.

Atualmente, está presente em 37 municípios de cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações que somadas beneficiam 6 milhões de pessoas. O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país.

Em 2019, foi eleita pelo terceiro ano consecutivo uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Grate Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” que dizer água. www.iguasa.com.br.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Debate: As dificuldades enfrentadas por professores e estudantes em aulas remotas
Propaganda

Geral

Comitê de Enfrentamento aponta para redução no número de óbitos

Publicados

em

A reunião de avaliação do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID-19) foi aberta com duas novidades. O relato do infectologista de Várzea Grande, Francisco Kennedy, de que nos últimos 07 dias, portanto mensurando uma semana, já se percebe uma redução no número de óbitos e os mais de quatro mil procedimentos realizados em dois bairros, no Parque do Lago (05 e 06 de agosto) e José Carlos Guimarães (07 e 08 de agosto) em forma de Blitz de Saúde para levar o atendimento as pessoas.

O Plano de Ação Várzea Grande contra a “COVID-19“, foi desenvolvido a partir dos resultados das barreiras sanitárias nas entradas da cidade para se ter um conhecimento amplo da doença e sua propagação e agora vem sendo levado aos bairros para se promover atendimento de todos e evitar a movimentação desnecessária das pessoas que podem realizar trabalhar em Home Office, ou seja, em casa.

Várzea Grande superou na semana passada os 80% do total de casos curados, um dos índices considerados mais importantes na corrida contra a doença e também redução nos óbitos da semana passada se comparado com as últimas semanas.

Na oportunidade a prefeita Lucimar Sacre de Campos reafirmou não apenas essa como outras medidas realizadas e sinalizou que a ordem que está sendo rigorosamente cumprida por toda a administração municipal é atender a demanda daqueles que necessitam do Sistema Único de Saúde (SUS), sem nenhum tipo de custo e com transparência total nos gastos e ações.

Todos os dados sejam eles de atendimentos, aquisições, investimentos, do que realizamos até o momento em relação a pandemia da COVID-19 estão no Portal Transparência COVID-19. Só não vê quem não quer ou aposta no quanto pior melhor, de olho apenas nas eleições, quando o foco deveria ser na pandemia”, disse a prefeita de Várzea Grande.

Ela lembrou que apenas entre maio, junho e julho, 300 novos funcionários da área de saúde ou foram empossados por terem passado em concurso público ou foram contratados para fazer frente a este momento em que a demanda por atendimentos cresceu uma média de 48%.

Atendendo recomendação da prefeita, o Comitê está analisando a realização de nova blitz, provavelmente na região do Grande São Mateus que por seu tamanho e distância do centro de Várzea Grande aconteceria em quatro dias.

Estamos analisando para que todos os serviços possíveis continuem sendo prestados a população de uma maneira em geral”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes, apontando que em média são 47 servidores apenas de sua área e que devem movimentar várias ações, como testes rápidos, vacinas H1N1, medicamentos, teleconsultas ou mesmo consultas presenciais.

Diógenes Marcondes lembrou que os resultados têm se demonstrado representativos, sendo que para isto, a administração municipal necessita de uma ampla logística para atender as pessoas dentro das regras necessárias de distância de 1,5 metros; uso de máscaras constantemente e de luvas quando necessários e meios de biossegurança e higienização rigorosa.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos fez questão de lembrar aos vereadores, o médico, Miguel Angel, presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal e Rogério França Martins, que os dedicados esforços de todos os servidores tem que ser reconhecidos principalmente naqueles da área de saúde e de segurança que tem sido incansáveis em sua missão diuturna de ajudar a combater a COVID-19 e a curar milhares de moradores de Várzea Grande e de outras cidades atendidos na rede pública municipal.

Mais do que parabéns, eles têm que ser reconhecidos pelo esforço e principalmente por serem destemidos e implacáveis em sua missão de salvar vidas junto conosco”, disse Lucimar Sacre de Campos.

Plano de Ação VÁRZEA GRANDE CONTRA COVID-19 (Parque do Lago 05 e 06 de agosto)

• Total de testes realizados: 880
• Total de resultados positivos: 111
• Total de vacinações: 297
• Medicação: 59
• Profissionais envolvidos: 47 (ACS, Enfermeiros, Fiscais da Vigilância Sanitária, Médicos).
• Guardas Municipais, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

Plano de Ação VÁRZEA GRANDE CONTRA A COVID-19 (José Carlos Guimarães 07 e 08 de agosto)

• Total de teses realizados: 1.699
• Total de resultados positivos: 170
• Total de vacinações: 693
• Medicação: 101
• Profissionais envolvidos: 47 (ACS, Enfermeiros, Fiscais da Vigilância Sanitária, Médicos).
• Guardas Municipais, Polícia Militar de Mato Grosso, Corpo de Bombeiros

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Novo Decreto altera horário de funcionamento do comércio e toque de recolher
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA