APRESENTAÇÕES EM 2 HORÁRIOS

Show das Águas voltam a ocorrer no Parque das Águas

Publicados

em

A Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb) informa à população que retomou a programação de duas apresentações, por noite, do Show das Águas, conforme ocorria antes da Pandemia da Covid-19. A estrutura, que faz parte das atrações do Parque das Águas, está funcionando, atualmente, nos horários de 19h e 21h15.

Como medida de biossegurança e prevenção ao contágio da Covid-19, as exibições foram suspensas durante 2020, ano em que os números relacionados aos casos da doença estavam elevados. Em dezembro de 2021, o Show das Águas voltou a funcionar em horário especial para o fim de ano, com três apresentações.

A fonte luminosa tem 70 metros de extensão e está instalada no centro da Lagoa Paiaguás. Durante as apresentações, são lançados jatos de água de até 70 metros de altura, todos iluminados coloridamente e que “dançam” conforme o ritmo de três músicas, que fazem parte de um repertório de 20 canções incluídas na programação do equipamento.

Por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro tomamos todas as providências necessárias para retomar o Show das Águas. Foram feitos os reparos necessários, já houve um desgasta natural causado pelo tempo, e uma programação voltada para o fim de ano. Agora, as apresentações voltam ao normal, sempre abrilhantando ainda mais esse cartão postal, que é o Parque das Águas”, explica o diretor-presidente da Limpurb, Vanderlúcio Rodrigues.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Jogos Escolares da Juventude é cancelado pelo Comitê Olímpico Brasileiro
Propaganda

Geral

Veículos serão removidos se estacionar em local prioritário

Publicados

em

Estacionar o veículo em local proibido, não usar cinto de segurança ou até usar o celular conduzindo um automóvel, mesmo que seja só por um minutinho, pode resultar em multa e alguns pontos na carteira. O Comando de Polícia Polícia Militar (PM/MT), assim como a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) tem alertado a população quanto a estas infrações do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o que têm sido registradas com frequência o desrespeito. Além da aplicação das sanções previstas, o veículo pode ser guinchado ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e ao pátio da SEMOB.

Nesta semana, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) retoma a “Operação Tolerância Zero” contra motoristas e motociclistas que estacionam em vagas reservadas para idosos, pessoas com deficiência (PCD) ou com mobilidade reduzida. De acordo com o secretário de Mobilidade Urbana (Semob), Juares Samaniego, as primeiras operações serão orientativas, mas, no mês de fevereiro os agentes de trânsito começam a aplicação do auto de infração.

Os agentes também orientarão os motoristas quanto ao não uso das calçadas e a entrada e saída de veículos como estacionamento.

Aos que que não respeitarem a Lei de Trânsito, os veículos poderão ser autuados e removidos. Para o secretário de Mobilidade Urbana, Juares Samaniego, alguns motoristas ainda insistem em “errar” e praticar a infração que é também uma “falta de educação” no trânsito.

Infelizmente, a falta de bom senso ou falta de educação continuam sendo praticadas por alguns motoristas/motociclistas. Todos os dias há alguns motoristas usando vagas prioritárias. Recebemos muitas reclamações dos cidadãos com deficiência ou idosos que se veem impedidos de utilizarem essas vagas porque estão sendo usadas por aqueles que não necessitam delas. Infelizmente, esses cidadãos são os que mais reclamam dos agentes, mas não olham para os próprios erros cometidos no dia-a-dia no trânsito. Para esses motoristas eu peço, tenham consciência“, lamentou o secretário.

Estacionar em vagas reservadas aos deficientes e idosos sem credencial pode resultar na remoção do veículo, 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e R$ 293,47 de multa.

Os agentes também orientarão os motoristas quanto ao não uso das calçadas e a entrada e saída de veículos como estacionamento. A fiscalização ocorrerá também dentro dos shoppings e supermercados da capital. A fiscalização nestes locais é legal e consta no artigo 21 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e nos estatutos dos idosos e PCD.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Soltura de fogos de artifícios que emitem sons e dá multa de R$ 2 mil
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA