RETORNO DO SHOW DAS ÁGUAS

Show das águas no Parque das Águas será retomada no mês de outubro

Publicados

em

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb), planeja retomar o show das águas, no Parque das Águas, até o mês de outubro. Atualmente, a atração está suspensa por conta da Pandemia da Covid-19. Agora, com os recentes dados do Informe Epidemiológico nº 23/2021, que apontou a Capital com risco baixo de contaminação, o prefeito Emanuel Pinheiro autorizou o retorno da atividade.

Neste momento estão em andamento licitações para contratação de empresa especializada na manutenção da fonte e também aquisição dos materiais necessários à realização dos reparos necessários, já que o equipamento está há mais de um ano e meio desativado.

Esse é um trabalho que feito rotineiramente. Mas, precisamos fazer um novo contrato, já que o anterior chegou ao fim”, explica o administrador do parque, Filipe de Oliveira Campos.

Segundo o adjunto de Zeladoria, João Hauer, a previsão é de que os processos licitatórios sejam concluídos ainda neste mês e a ordem de serviços para execução da manutenção seja assinada na sequência.

Estamos fazendo um processo que vai atender de forma imediata todas as fontes de Cuiabá, incluindo o Parque das Águas. Será feito o reparo e, como parte do contrato, também está garantida a manutenção preventiva, relata o adjunto.

Recentemente, o Parque das Águas passou por uma reforma nos banheiros, bebedouro, manutenção do túnel de água e Splash Zone (Área de respingo). Também foi feita a reforma do teto do banheiro, troca de vidros quebrados nas janelas, melhoria no sistema de iluminação, substituição de mictórios e torneiras danificadas, além de uma nova pintura nas áreas interna e externa.

Conforme o diretor-presidente da Limpurb, Vanderlúcio Rodrigues, a Prefeitura de Cuiabá tem sempre feito sua parte para manter o espaço de lazer em bom estado de uso. Todavia, ele destaca que a população também deve colaborar com o cuidado com o parque. Segundo o gestor, há poucas semanas, por exemplo, foi identificada a depredação de jacaré cenográfico, que a população usa para tirar fotos.

Infelizmente, ainda falta a conscientização de algumas pessoas. A administração flagrou alguns jovens tirando peça do material cenográfico para colocar em um skate. Isso foi um absurdo. Em outra ocasião, jogaram óleo na ciclovia, com o intuito de derrubar algum ciclista. São vândalos que não pensam no coletivo, não pensam que podem causar acidente e ainda estão dando prejuízos aos cofres públicos, comenta Vanderlúcio.

O PARQUE

Em homenagem a Júlio Domingos Campos, o Parque das Águas foi batizado de “Seo Fiote”. O espaço possui uma extensão total de 270 mil metros quadrados, com 1.500 metros de pista de caminhada e 1.600 metros de ciclofaixa. Além disso, o local abriga áreas destinadas para bares e restaurantes, academia ao ar livre, quadra de areia e dois amplos estacionamentos que, juntos, chegam a aproximadamente mil vagas.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Terceira parcela da CBF de apoio aos árbitros se transforma em antecipações e doação
Propaganda

Geral

“Operação Lei Seca” prende sete motoristas e apreende 49 veículos

Publicados

em

Na “Operação Integrada da Lei Seca“, realizada na Avenida do CPA, próxima ao bairro Baú, na noite desta quarta-feira (15), foram fiscalizados 116 veículos e aplicados 116 testes de alcoolemia. Sete motoristas foram presos dirigindo embriagados e 49 veículos foram removidos, sendo 41 carros e oito motocicletas. A ação começou as 23h30.

Dez pessoas foram flagradas conduzindo veículo sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), 22 estavam dirigindo sob efeito de álcool (quantidade inferior para caracterizar crime de trânsito), outros 19 motoristas estavam com veículo sem registro ou sem o licenciamento. Ao todo foram aplicados 76 Autos de Infração de Trânsito.

Doze motoristas se recusaram a realizar o teste do bafômetro.

Em Cuiabá, a Operação Lei Seca foi realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp), Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Detran, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) e a policiais penais do Serviço de Operações Especiais Penitenciárias (SOE).

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  No Dito Souza, Chicote e Águia Negra fica no zero a zero
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA