NOVO ANO LETIVO

Período de matrículas na rede estadual termina nesta sexta-feira (14)

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) publicou a Portaria 567/21 que define o Calendário Escolar da Rede Pública Estadual de Ensino de 2022. O ano letivo iniciará no dia 07 de fevereiro de 2022 e será concluído no dia 16 dezembro de 2022.

Os servidores efetivos retornam no dia 20 de janeiro, quando inicia a semana pedagógica, momento de planejamento das atividades.

Entre as mudanças trazidas pela portaria está a implementação do Novo Ensino Médio para os estudantes do ano. A carga horária mínima será 1.000 horas, distribuídas por um mínimo de 200 (duzentos) dias letivos. Semelhante ao planejamento de anos anteriores, o Ensino Fundamental e as turmas de e ano do Ensino Médio terão carga mínima de 800 horas.

Encerramento de matriculas

Nesta sexta-feira (14) termina o prazo de solicitação de matrículas para novos alunos ou transferidos pela plataforma Matrícula Web 2022, ou pelo sistema presencial para as escolas que não aderiram ao sistema online.

Para fazer a solicitação da vaga é necessário que os pais ou responsáveis já tenham realizado o cadastro de usuário pelo site da Secretaria Estadual de Educação (Seduc). As aulas começam no dia 7 de fevereiro e serão 100% presenciais.

Em quatro dias de atendimento em todo o Estado, foram solicitadas 22.324 novas vagas – a confirmação deverá ser realizada de forma presencial na unidade escolar escolhida. Pela plataforma, ainda estão disponíveis 55.183 vagas para alunos novos ou transferidos.

As solicitações realizadas via Matrícula Web 2022 deverão ser confirmadas presencialmente na unidade escolar no mesmo período, até às 18h do dia 14 de janeiro de 2022.

Excepcionalmente as solicitações realizadas no período vespertino do dia 14, poderão ser confirmadas na unidade escolar até às 12h do dia 17 de janeiro.

Presencial

Para as escolas que não aderiram ao formato eletrônico, as solicitações de matrículas também se encerram nesta sexta-feira (14), tanto na Sede da Seduc, como nas unidades escolares e Diretorias Regionais de Ensino (DREs). Os pais que procurarem diretamente a unidade escolar para realizar o registro do aluno novo ou transferido não precisa realizar o procedimento de confirmação em um segundo momento.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Executivo assina o Decreto nº 7.956 com novas medidas de enfrentamento ao "Coronavírus"
Propaganda

Geral

Veículos serão removidos se estacionar em local prioritário

Publicados

em

Estacionar o veículo em local proibido, não usar cinto de segurança ou até usar o celular conduzindo um automóvel, mesmo que seja só por um minutinho, pode resultar em multa e alguns pontos na carteira. O Comando de Polícia Polícia Militar (PM/MT), assim como a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) tem alertado a população quanto a estas infrações do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o que têm sido registradas com frequência o desrespeito. Além da aplicação das sanções previstas, o veículo pode ser guinchado ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e ao pátio da SEMOB.

Nesta semana, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) retoma a “Operação Tolerância Zero” contra motoristas e motociclistas que estacionam em vagas reservadas para idosos, pessoas com deficiência (PCD) ou com mobilidade reduzida. De acordo com o secretário de Mobilidade Urbana (Semob), Juares Samaniego, as primeiras operações serão orientativas, mas, no mês de fevereiro os agentes de trânsito começam a aplicação do auto de infração.

Os agentes também orientarão os motoristas quanto ao não uso das calçadas e a entrada e saída de veículos como estacionamento.

Aos que que não respeitarem a Lei de Trânsito, os veículos poderão ser autuados e removidos. Para o secretário de Mobilidade Urbana, Juares Samaniego, alguns motoristas ainda insistem em “errar” e praticar a infração que é também uma “falta de educação” no trânsito.

Infelizmente, a falta de bom senso ou falta de educação continuam sendo praticadas por alguns motoristas/motociclistas. Todos os dias há alguns motoristas usando vagas prioritárias. Recebemos muitas reclamações dos cidadãos com deficiência ou idosos que se veem impedidos de utilizarem essas vagas porque estão sendo usadas por aqueles que não necessitam delas. Infelizmente, esses cidadãos são os que mais reclamam dos agentes, mas não olham para os próprios erros cometidos no dia-a-dia no trânsito. Para esses motoristas eu peço, tenham consciência“, lamentou o secretário.

Estacionar em vagas reservadas aos deficientes e idosos sem credencial pode resultar na remoção do veículo, 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e R$ 293,47 de multa.

Os agentes também orientarão os motoristas quanto ao não uso das calçadas e a entrada e saída de veículos como estacionamento. A fiscalização ocorrerá também dentro dos shoppings e supermercados da capital. A fiscalização nestes locais é legal e consta no artigo 21 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e nos estatutos dos idosos e PCD.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeitura de Cuiabá atende requerimento da Câmara solicitando prorrogação do IPTU 2020
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA