EDITAIS PRORROGADOS

Lei Aldir Blanc: Editais da Cultura têm prazo de inscrição prorrogado

Publicados

em

Os editais lançados pelo Governo de Mato Grosso para execução da Lei Aldir Blanc receberam um incremento de R$ 4,35 milhões, totalizando agora R$ 29,35 milhões em recursos. O reforço permitiu que a quantidade de projetos beneficiados subisse de 513 para 588, motivando a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) a prorrogar a data final para inscrição nos editais. Com a retificação do prazo, a apresentação de propostas pode ser feita até a próxima segunda-feira (16).

O acréscimo é proveniente da reversão ao Estado da verba destinada a municípios mato-grossenses que não se inscreveram na plataforma +Brasil disponibilizada para execução das ações da lei federal de socorro ao setor cultural.

Agora vamos aprovar um número maior de projetos, são mais chances para os profissionais da cultura mato-grossense. E pudemos oferecer mais quatro dias de inscrição para que consigam apresentar suas propostas, aproveitando inclusive o fim de semana. É uma oportunidade de retomada do setor que precisa ser aproveitada, ressalta o titular da Secel, Alberto Machado.

No edital Conexão Mestres da Cultura serão selecionados 70 projetos em vez dos 60 previstos inicialmente. A seleção pública conta agora com R$ 7 milhões para homenagear personalidades mato-grossenses.

O maior de todos os editais, o MT Nascentes, recebeu um incremento de R$ 2,6 milhões para atender mais 55 propostas de vários segmentos culturais. Com a atualização, estão disponíveis R$ 16,35 milhões que irão beneficiar 445 projetos.

Já no edital Circuito de Mostras e Festivais, a quantidade passou de 28 para 36 projetos beneficiados. Houve um complemento de R$ 650 mil no valor total, que atualmente é de R$ R$ 3,4 milhões.

Para a seleção de propostas na área de economia criativa o reforço permitiu que mais dois projetos de até R$ 50 mil sejam atendidos. No total corrigido, serão investidos R$ 1,6 milhões para impulsionar 32 projetos de criação e desenvolvimento de produtos, serviços e processos inovadores em Mato Grosso.

O único edital que não recebeu alterações foi o Conexão Cultura Jovem, que continua com investimento de R$ 1 milhão para instalação cinco laboratórios de comunicação e cultura (LabCom) em comunidades com índices de vulnerabilidade social.

As inscrições online estarão abertas até a meia noite do dia 16 de novembro na plataforma formularios.cultura.mt.gov.br. Já as inscrições presenciais ou via Correios devem ser protocoladas até esta mesma data na sede da Secel, em Cuiabá, das 8h às 12h ou das 14h às 18h.

Os editais, seus anexos e formulários, bem como as retificações de prazo e valores, estão disponíveis nos sites leialdirblanc.cultura.mt.gov.br e www.cultura.mt.gov.br/editais.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Unemat inaugura Centro de Inovação e Redes Inteligentes em Cáceres
Propaganda

Geral

“Natal Sem Fome”: 1ª dama abre doações do 4º ano da campanha

Publicados

em

O ser humano é um animal fantástico. Fala de si até quando demonstra solidariedade a alguém. Inclusive nos discursos de velório. Nas homenagens, então, a coisa sai do controle: nos aniversários, celebrações de casamento, anúncios de promoções ou premiações alheias, tem sempre alguém correndo ao Facebook para contar a todo mundo como a pessoa foi importante para ELE, como deu ensinamentos para ELE, como foi fundamental para que ELE conseguisse superar as barreiras e brilhar na vida e por aí vai.

Perto do Natal, somos todos invadidos pelo espírito da solidariedade virtual. É como um sprint de maratonista: tentamos sempre, na velocidade, compensar na reta final o que não fizemos.

A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, abre as doações da ano da campanha Natal Sem Fome destinada à arrecadação de alimentos para famílias em vulnerabilidade social. A ação de envolvimento popular é uma das bandeiras sociais da Prefeitura de Cuiabá presente no calendário de final de ano.

Esse ano a campanha tem uma maior necessidade devido à Pandemia do novo Coronavírus que deixou centenas de pessoas desempregadas ou sem fonte de renda.

Enquanto o prefeito coloca em prática o plano de recuperação da economia, nós precisamos olhar para essas pessoas. A campanha, como todos os anos, irá contribuir para ajudar todos os cuiabanos que necessitarem de atendimento”, explicou a primeira-dama.

Ao todo, nas três edições de 2017 à 2019, a campanha arrecadou mais de 900 mil quilos de alimentos tendo como público alvo quase 50 mil famílias inseridas em 150 entidades sociais cadastradas na Casa de Conselho, composto por oito conselhos municipais e ligado à Secretaria de Assistência Social e da Pessoas com Deficiência que distribui a quantidade de alimentos de acordo com a necessidade de cada entidade.

Peço o apoio de toda a população cuiabanas para as doações, principalmente nesse ano difícil para todos nós. Muitas pessoas perderam seus empregos, sua renda e o sustento familiar, a Prefeitura tem atendidos dentro da sua obrigação e competência, entretanto, como cidadãos, também podemos contribuir para o bem-estar da sociedade, frisou.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Federação Mato-grossense muda estatuto depois de quase 50 anos
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA