RAPIDEZ E EFICIÊNCIA NAS DEMANDAS

Justiça instala Centro de Solução de Conflitos para atender demandas da saúde

Publicados

em

Recursos insuficientes, problemas de gestão e, em 2020, a Pandemia de Coronavírus, que provocou caos no sistema de saúde brasileiro e, consequentemente, sobrecarregou o sistema de Justiça.

Diante desse quadro, o Poder Judiciário de Mato Grosso buscou uma forma de garantir rapidez e eficiência na solução nas demandas de saúde e marcou para o próximo dia 22 de novembro a instalação do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, o Cejusc da Saúde Pública.

O novo Cejusc funcionará em espaço anexo à Vara Estadual da Saúde, no Fórum de Várzea Grande, e terá como coordenador o juiz José Luiz Leite Lindote, que já responde pela Vara Especializada.

O Cejusc da Saúde Pública atuará no atendimento ao público, prestando orientações e informações (cidadania), e também na solução de conflitos pré-processuais e processuais, exclusivamente em demandas que tratem do direito à saúde.

A instalação do Cejusc também é uma forma de a Justiça Estadual estimular a participação ativa da comunidade na solução de disputas, utilizando métodos consensuais de resolução de conflitos, como negociação, conciliação e mediação. Com competência para atuar em demandas de todo o Estado, o Cejusc prestará atendimento tanto presencial quanto virtual, facilitando assim a resolução das demandas sem a necessidade de deslocamento do cidadão que reside em outra cidade, otimizando tempo e reduzindo custos.

Como resultado, a Justiça Estadual pretende reduzir o tempo de resposta aos atendimentos de cidadania; diminuir o tempo de tramitação dos procedimentos processuais e pré-processuais; ampliar a quantidade de pessoas beneficiadas pelas atividades relacionadas à composição amigável; aumentar a taxa de acordo nas reclamações pré-processuais e processos judiciais que tramitam no Cejusc; e, por fim, atender as demandas da saúde, especialmente pela constatação do aumento dos conflitos na área em função da Pandemia de Coronavírus.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Jefferson Gabriel sonha com biblioteca comunitária recebe doação de Xuxa
Propaganda

Geral

Todos os polos de vacinação podem aplicar a dose de reforço contra o Coronavírus

Publicados

em

A partir desta segunda-feira (6), todos as pessoas de 18 a 59 anos que tenham tomado a segunda dose de qualquer vacina contra o Coronavírus há 5 meses (150 dias) poderão receber a dose de reforço. Até então apenas trabalhadores da saúde e pessoas a partir de 60 anos estavam recebendo a terceira aplicação, mas com o recebimento de mais doses, a campanha Vacina Cuiabá – Sua Vida em Primeiro Lugar ampliou o público.

O anúncio foi feito pelo Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), na tarde desta ultima sexta-feira,3.

Com apoio de todos vocês, juntos, vamos vencer essa cruzada contra a Covid-19“, declarou o prefeito.

É como se estivéssemos começando novamente a campanha de vacinação, pois agora toda a população adulta poderá ser vacinada com a dose de reforço. Por isso pedimos encarecidamente que as pessoas verifiquem com cuidado a data que tomaram a segunda dose, para só comparecerem aos polos de vacinação para receber a terceira aplicação no prazo correto, que é de 150 dias após a segunda vacina”, explicou Valéria de Oliveira, coordenadora da campanha.

Em relação à segunda dose da Janssen, Valéria revelou que é necessário aguardar a chegada das vacinas.

Recebemos cerca de 15 mil doses de Janssen para aplicação de dose única na época e ela já foi toda usada, não temos mais nenhuma dose. Precisamos aguardar o envio da segunda dose para o público que recebeu essa vacina para darmos continuidade ao esquema vacinal”, disse.

A coordenadora aproveita para fazer o chamamento das pessoas que estão com a segunda dose ou a dose de reforço atrasadas.

Temos muitas pessoas que precisam comparecer aos polos de vacinação para completarem o esquema vacinal. Quem tomou a primeira dose de Pfizer ou Astrazeneca, pode tomar a segunda depois de 56 dias. Quem tomou a primeira de Coronavac, pode tomar a segunda após 28 dias. Pessoas acima de 12 anos que ainda não tomaram nenhuma dose, devem fazer o cadastro no site Vacina Cuiabá e comparecer a qualquer polo e se vacinar o quanto antes“.

Ela reforça a importância de se completar o esquema vacinal e tomar a dose de reforço.

Temos visto nos noticiários que vários países da Europa estão passando por mais uma onda da Covid-19 porque a cobertura vacinal está abaixo do esperado. O Brasil tem uma forte cultura de vacinação e já conseguiu controlar inúmeras doenças por meio da imunização. É essencial que as pessoas venham se vacinar, pois quanto mais pessoas imunizadas, menos risco corremos de passarmos por uma nova onda da pandemia. Quem se vacina, protege si mesmo e o próximo”, concluiu Valéria.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  100 kg de pescado irregular é apreendido pela SEMA no Teles Pires
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA