SEM AUTORIZAÇÃO

Indea/MT e PRF apreendem carga de madeira ilegal em Barra do Garças

Publicados

em

Através de um trabalho em conjunto dos fiscais do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea/MT) com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Sema e Sefaz, foi apreendida uma carga de mais de 30m³ de madeira serra na cidade de Barra do Garças.

Conforme os fiscais do Indea/MT, que estavam na ação, a carga que estava em transporte possuía espécies não autorizadas no Documento de Origem Florestal, além de madeira com corte e comercialização proibidos.

Nós abordamos o caminhão Scania/R 440 A6x4, que transportava a madeira serrada e identificamos espécies sendo transportadas sem estarem autorizadas no Documento de Origem Florestal, o que se configura crime ambiental, afirmou um dos agentes fiscais.

A carga tinha como origem a cidade de Alto Paraíso/RO e como destino, a cidade de São Francisco/MG.

De acordo com os fiscais, após vistoria na carga, foram encontradas as seguintes Essências Florestais: Astronium sp. (Maracatiara), Sacoglottis sp (Uxi), hiectandra rubra (Canela parda), Apuleia sp (Garapeira), Caryocar sp (Pequi) e Bertholletia excelsa (Castanheira) sendo que estas últimas cinco essências não constam na Nota Fiscal e DOF, portanto, sendo desacobertadas.

Também foi encontrado a essência florestal Bertholletia excelsa (Castanheira), madeira que tem o corte e comercialização proibidos. conforme Lei Complementar Estadual 233 de 21/12/2005 artigo 65. Lei de Crimes Ambientais 9.605 de 12/02/1998 artigo 46parágrafo Único e Decreto Federal 5.975 de 30/11/2006 artigo 29.

Após os fatos e a constatação de crime ambiental, a ocorrência foi encaminhada para Polícia Civil de Barra do Garças/MT.

A vistoria nos documentos e na carga foi efetuada pelos agentes fiscais do Indea/MT, Aelço Antônio da Silva e Demilson Pereira Borges, com apoio do agente fiscal Filogenio da Rocha Neto e Wagner Passarinho, responsável pelo apoio total no Posto Fiscal de Barra do Garças.

Na oportunidade, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal (Sintap/MT), que representa os servidores do Indea e Intermat, Rosimeire Ritter, parabenizou os fiscais do Indea pelo trabalho.

Nossos parabéns a esses guerreiros que estão na linha de frente para combater esse tipo de crime. Que não medem esforços no cumprimento de sua missão, disse ela.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bolsonaro descarta fim do seguro-defeso
Propaganda

Geral

Av. Fernando Corrêa da Costa passa a contar com faixa exclusiva de ônibus

Publicados

em

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informa que a partir desta segunda-feira (21) passa a vigorar a faixa exclusiva de ônibus ao longo da Avenida Fernando Corrêa da Costa.

O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 6h às 8h30 e das 16h30 às 19h. Aos sábados das 6h às 8h30. A faixa atende os horários de pico, divididos entre manhã e tarde, sendo a primeira implantada nesse modelo.

Durante 30 dias, o monitoramento será apenas educativo e informativo. O local estará devidamente sinalizado para maior atenção dos condutores que trafegam pela via.

Atualmente, Cuiabá conta com faixas exclusivas nas principais avenidas da cidade: Getúlio Vargas, Isaac Póvoas, Generoso Ponce, Tenente Coronel Duarte (Prainha) e Historiador Rubens de Mendonça (Av. do CPA).

Nessas faixas exclusivas também podem circular táxis (com passageiros), ambulâncias, viaturas policiais e vans escolares, devidamente vistoriados pela Semob.

Os corredores foram implantados com o objetivo de proporcionar maior celeridade e com isso menos atraso nos horários estipulados para cada linha de ônibus.

Desde a implantação, segundo estudos, a medida reduziu consideravelmente os atrasos nesses pontos. Somente na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, conforme a Secretaria, houve 30% de otimização de chegada entre o terminal de ônibus do CPA I até o centro da cidade.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Série B: Cuiabá derrota o Oeste e assume a liderança
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA