COMUNICAÇÃO CRM-MT

CRM-MT recomenda aos hospitais privados que mantenham suspensas as cirurgias eletivas

Publicados

em

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso (CRM-MT) publicou nova Circular recomendando que os hospitais privados de Mato Grosso mantenham a suspensão dos procedimentos cirúrgicos eletivos que demandem a internação do paciente na unidade hospitalar, como medida de contenção à pandemia do novo coronavírus.

O documento é direcionado aos diretores técnicos das unidades hospitalares, que de acordo com o art. 1º da Resolução do CFM nº 2.147/2016, são responsáveis pela garantia das condições técnicas de atendimento nas instituições públicas ou privadas, e respondem perante o Conselho Regional de Medicina.

A recomendação não deve alcançar as cirurgias oncológicas e cardiovasculares, dada as suas especificidades, assim como os atendimentos de Urgência e Emergência.

De acordo com a Presidência do CRM-MT, o teor da recomendação será reavaliado em 15 (quinze) dias, após análise da evolução da “Pandemia” no Estado de Mato Grosso.

Veja comunicado:

http://crmmt.org.br/images/pdf/2020/circular%2021-2020%20-%20dt%20-%20hospitais%20privados%20-%2009.07%201.pdf

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mato Grosso está ingressando na fase de “platô” na “Pandemia da Covid-19”
Propaganda

Geral

Comitê de Enfrentamento aponta para redução no número de óbitos

Publicados

em

A reunião de avaliação do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID-19) foi aberta com duas novidades. O relato do infectologista de Várzea Grande, Francisco Kennedy, de que nos últimos 07 dias, portanto mensurando uma semana, já se percebe uma redução no número de óbitos e os mais de quatro mil procedimentos realizados em dois bairros, no Parque do Lago (05 e 06 de agosto) e José Carlos Guimarães (07 e 08 de agosto) em forma de Blitz de Saúde para levar o atendimento as pessoas.

O Plano de Ação Várzea Grande contra a “COVID-19“, foi desenvolvido a partir dos resultados das barreiras sanitárias nas entradas da cidade para se ter um conhecimento amplo da doença e sua propagação e agora vem sendo levado aos bairros para se promover atendimento de todos e evitar a movimentação desnecessária das pessoas que podem realizar trabalhar em Home Office, ou seja, em casa.

Várzea Grande superou na semana passada os 80% do total de casos curados, um dos índices considerados mais importantes na corrida contra a doença e também redução nos óbitos da semana passada se comparado com as últimas semanas.

Na oportunidade a prefeita Lucimar Sacre de Campos reafirmou não apenas essa como outras medidas realizadas e sinalizou que a ordem que está sendo rigorosamente cumprida por toda a administração municipal é atender a demanda daqueles que necessitam do Sistema Único de Saúde (SUS), sem nenhum tipo de custo e com transparência total nos gastos e ações.

Todos os dados sejam eles de atendimentos, aquisições, investimentos, do que realizamos até o momento em relação a pandemia da COVID-19 estão no Portal Transparência COVID-19. Só não vê quem não quer ou aposta no quanto pior melhor, de olho apenas nas eleições, quando o foco deveria ser na pandemia”, disse a prefeita de Várzea Grande.

Ela lembrou que apenas entre maio, junho e julho, 300 novos funcionários da área de saúde ou foram empossados por terem passado em concurso público ou foram contratados para fazer frente a este momento em que a demanda por atendimentos cresceu uma média de 48%.

Atendendo recomendação da prefeita, o Comitê está analisando a realização de nova blitz, provavelmente na região do Grande São Mateus que por seu tamanho e distância do centro de Várzea Grande aconteceria em quatro dias.

Estamos analisando para que todos os serviços possíveis continuem sendo prestados a população de uma maneira em geral”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes, apontando que em média são 47 servidores apenas de sua área e que devem movimentar várias ações, como testes rápidos, vacinas H1N1, medicamentos, teleconsultas ou mesmo consultas presenciais.

Diógenes Marcondes lembrou que os resultados têm se demonstrado representativos, sendo que para isto, a administração municipal necessita de uma ampla logística para atender as pessoas dentro das regras necessárias de distância de 1,5 metros; uso de máscaras constantemente e de luvas quando necessários e meios de biossegurança e higienização rigorosa.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos fez questão de lembrar aos vereadores, o médico, Miguel Angel, presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal e Rogério França Martins, que os dedicados esforços de todos os servidores tem que ser reconhecidos principalmente naqueles da área de saúde e de segurança que tem sido incansáveis em sua missão diuturna de ajudar a combater a COVID-19 e a curar milhares de moradores de Várzea Grande e de outras cidades atendidos na rede pública municipal.

Mais do que parabéns, eles têm que ser reconhecidos pelo esforço e principalmente por serem destemidos e implacáveis em sua missão de salvar vidas junto conosco”, disse Lucimar Sacre de Campos.

Plano de Ação VÁRZEA GRANDE CONTRA COVID-19 (Parque do Lago 05 e 06 de agosto)

• Total de testes realizados: 880
• Total de resultados positivos: 111
• Total de vacinações: 297
• Medicação: 59
• Profissionais envolvidos: 47 (ACS, Enfermeiros, Fiscais da Vigilância Sanitária, Médicos).
• Guardas Municipais, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

Plano de Ação VÁRZEA GRANDE CONTRA A COVID-19 (José Carlos Guimarães 07 e 08 de agosto)

• Total de teses realizados: 1.699
• Total de resultados positivos: 170
• Total de vacinações: 693
• Medicação: 101
• Profissionais envolvidos: 47 (ACS, Enfermeiros, Fiscais da Vigilância Sanitária, Médicos).
• Guardas Municipais, Polícia Militar de Mato Grosso, Corpo de Bombeiros

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Artista cuiabana é indicada à concorrida bolsa de Poesia
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA