Geral

Conselho Regional de Educação Física fecha duas academias de forma cautelar em Várzea Grande

Publicados

em

O Conselho Regional de Educação Física da 17ª Região (CREF17/MT) voltou a fiscalizar estabelecimentos que oferecem atividades físicas na cidade de Várzea Grande.

A ação acontece durante toda a terça-feira (03) e até o momento duas academias já foram fechadas de forma cautelar. Ao todo mais de vinte estabelecimentos locais serão visitados.

Segundo relato do agente de orientação e fiscalização, Kleyber Moreno, o motivo principal do fechamento das academias foi a ausência de profissionais habilitados no acompanhamento dos alunos no momento da visita.

O CREF17/MT explica que é obrigatório que cada atividade nas academias sejam acompanhadas por um profissional ou estagiário, que deve ter um contrato de estágio e ser supervisionado pelo profissional. No caso de ausência de profissionais, as academias podem ser fechadas pelo Conselho.

Sempre orientamos que as pessoas procurem saber se os instrutores possuem capacitação para exercer a profissão“, declarou o agente de fiscalização.

As fiscalizações são feitas a partir de denúncias, que, segundo o CREF, costumam partir dos próprios frequentadores dos estabelecimentos. Em casos de detecção de irregularidades o conselho pode encerrar as atividades e até acionar órgãos responsáveis para dar continuidade às fiscalizações, como a Vigilância Sanitária, o Procon e o Ministério Público, que podem formalizar as interdições e aplicar multas aos donos.

O presidente do Conselho Regional de Educação Física, Carlos Eilert, volta a falar que, as fiscalizações são rotineiras e garantem que o usuário não seja exposto a condições precárias.

Assim como nós do CREF estamos frequentemente atentos a prática irregular do exercício é de suma importância que os alunos também fiquem de olho pois a ausência de profissionais qualificados no acompanhamento dos alunos e problemas de estrutura podem causar problemas graves nas pessoas que frequentam os estabelecimentos“, alertou Eilert.

Em dezembro do ano passado, outras duas academias foram fechadas de forma cautelar, no bairro Canelas e Jardim Glória, em Várzea Grande. As academias foram autuadas e possuem um prazo de quinze dias para que a situação seja regularizada.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Iniciativas ajudam MT Hemocentro a manter estoque de sangue

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Geral

Estado e Prefeitura se reúnem para alinhar ações da campanha de vacinação

Publicados

em

A Secretária Municipal de Saúde, Ozenira Felix juntamente com o secretário Estadual de Saúde (SES/MT), Gilberto Gomes Figueiredo, para alinhar a logística da campanha de vacinação contra o Coronavírus, que começará tão logo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) libere o uso dos imunizantes no Brasil.

Entre os assuntos discutidos estavam a questão de como será vacinação de profissionais de saúde do Estado e do Município, transporte dos imunobiológicos e logística de distribuição, capacidade de armazenamento, segurança dos locais, entre outros.

Conseguimos alinhar alguns pontos importantes para que possamos realizar uma campanha tranquila. Ainda precisamos preencher algumas lacunas, o que só será possível quando o Estado receber as doses”, disse a secretária.

O secretário Gilberto Figueiredo disse que ainda não recebeu um documento oficial do Governo Federal com o número de doses que Mato Grosso receberá, mas garantiu que assim que as vacinas chegarem, conseguirá fazer a distribuição para todo o estado em 2 dias.

Logo após a reunião com a SES, a secretária Ozenira Felix visitou a Vigilância Epidemiológica, acompanhada pela gerente da Vigilância, Flavia Guimarães e pela gerente de Imunização, Valéria de Oliveira.

A gestora esteve na unidade para avaliar as demandas do local e prepará-lo para receber as vacinas.

Nós temos uma câmara fria que usamos para manter o estoque de vacinas de rotina e estamos em processo de locação de outra para abrigar as vacinas contra o coronavírus, que receberemos em breve. Chamei o nosso diretor de Obras, que juntamente com a equipe técnica da Vigilância escolheu o melhor local para abrigar esta nova câmara. Ele já está autorizado a fazer as adequações necessárias para tudo ficar pronto em tempo hábil”, disse a secretária.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Vida Diagnóstico e Saúde investe R$ 20 milhões para se tornar referência em exames médicos em VG. 
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA