PALESTRA EM CUIABÁ

Bernardinho vem a Cuiabá para falar sobre Cultura da Excelência em evento da Fecomércio-MT

Publicados

em

Na próxima semana, no dia 19 (quarta-feira), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio/MT), realizará uma palestra gratuita com o ex-técnico da seleção brasileira masculina de voleibol, Bernardo Rocha de Rezende, conhecido como Bernardinho, é um ex-jogador, treinador de voleibol, economista e empresário, que falará na oportunidade sobre a Cultura da Excelência. O evento será on-line e transmitido do auditório da federação a partir das 19h. As inscrições podem ser feitas pelo Instagram da Fecomércio-MT pelo link da Bio.

Na oportunidade, o multicampeão abordará temas como liderança e trabalho em equipe, relacionando as experiências ao longo dos muitos anos à frente das equipes com as quais trabalhou. Também dará destaque às referências e pessoas que o inspiraram, para seguir buscando a evolução contínua e a excelência em tudo que faz.

Segundo o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, o evento, que será transmitido pelo canal da federação no Youtube, será uma oportunidade para aprender técnicas utilizadas por um grande líder de equipes.

Estamos iniciando mais um ciclo e, para isso, precisamos nos cercar de boas e novas possibilidades, sempre buscando excelência em nossas ações e serviços”, afirmou o presidente.

Bernardo Rezende

Bernardinho, como treinador, é um dos maiores campeões da história do voleibol, acumulando mais de trinta títulos importantes em 22 anos de carreira, dirigindo seleções brasileiras feminina e masculina. Como empreendedor, possui diversos negócios de sucesso, incluindo a maior rede de academias de América Latina, restaurantes, bem como projetos sociais como o Instituto Compartilhar, que visa desenvolver jovens de comunidades carentes por meio do esporte.

Leia Também:  Primeira final acontece neste sábado entre União e Cuiabá

Sorteio de prêmio

Os inscritos no evento vão concorrer ao sorteio de uma diária, com acompanhante, no Hotel Sesc Porto Cercado (Sesc Pantanal). Para isso, o participante deverá estar inscrito na página da Fecomércio-MT no Instagram.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Médica orienta cumprir esquema vacinal para evitar casos de meningite

Publicados

em

Meningites e pneumonias podem ser causadas por vírus, fungos e bactérias. No caso desse último agente infeccioso, existem vacinas que oferecem proteção contra alguns dos sorotipos mais comuns de meningococos e pneumococos, responsáveis por manifestações graves dessas doenças”.

Considerada pelo Ministério da Saúde como doença endêmica no Brasil, a meningite ocorre com maior intensidade na forma bacteriana no inverno e na forma viral no verão. No entanto, o que preocupa é que apesar de ter cobertura, os dados do Plano Nacional de Imunização (PNI) evidenciam que 73% do público-alvo da vacina meningocócica forma mais grave da doença e distribuída gratuitamente pelo SUS não tomou todas as doses dos imunizantes.

A responsável pelo setor de terapia intensiva do sistema Hapvida, Franciane Gonçalves, explicou que a meningite é uma doença tratável.

E que, por isso, parte do problema está exatamente no não cumprimento do esquema vacinal completo, principalmente nas crianças.

É importante que tomem o reforço, pois com o tratamento incompleto fica mais suscetível da pessoa ser acometida de uma infecção”.

A médica reforça ainda que esta é uma doença que pode ser evitada.

Porém, para isso precisamos manter o calendário de proteção atualizado”, reafirmou.

Para evitar confusões, ela pontua que na hora de consultar o cartão de vacinação é recomendável pedir ajuda a atendentes.

Eu sempre explico que às vezes a pessoa lê e não compreende as doses que faltam. O ideal é que o paciente peça auxílio para identificar o que ainda precisa ser feito”, recomendou.

A profissional ainda destacou que na meningite ocorre uma inflamação da meninge, que é uma espécie de película que recobre o cérebro. Ela pode ser causada por vírus, bactérias, parasitas ou fungos.

Leia Também:  PLANTÃO DE INFORMAÇÕES -- ÁGUAS CUIABÁ

Os sintomas são variados quando o tipo é viral e são parecidos com um resfriado comum; febre, falta de apetite e fadiga. Já quando é bacteriana os sintomas são mais fortes.

É importante lembrar que a meningite meningocócica é a mais grave, podendo inclusive levar à morte. Então essa é a mais preocupante e é preciso ficar atento aos principais sintomas que são febre alta e persistente, dificuldade de colocar o queixo no pescoço, rigidez de nuca da criança e umas manchas vermelhas que aparecem pelo corpo”, completou.

Ela orienta que, neste caso, é necessário levar o paciente de imediato para o atendimento médico.

A doença é tratável, mas não pode ficar em casa, com esses sintomas”, resumiu.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA