PALESTRA EM CUIABÁ

Bernardinho vem a Cuiabá para falar sobre Cultura da Excelência em evento da Fecomércio-MT

Publicados

em

Na próxima semana, no dia 19 (quarta-feira), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio/MT), realizará uma palestra gratuita com o ex-técnico da seleção brasileira masculina de voleibol, Bernardo Rocha de Rezende, conhecido como Bernardinho, é um ex-jogador, treinador de voleibol, economista e empresário, que falará na oportunidade sobre a Cultura da Excelência. O evento será on-line e transmitido do auditório da federação a partir das 19h. As inscrições podem ser feitas pelo Instagram da Fecomércio-MT pelo link da Bio.

Na oportunidade, o multicampeão abordará temas como liderança e trabalho em equipe, relacionando as experiências ao longo dos muitos anos à frente das equipes com as quais trabalhou. Também dará destaque às referências e pessoas que o inspiraram, para seguir buscando a evolução contínua e a excelência em tudo que faz.

Segundo o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, o evento, que será transmitido pelo canal da federação no Youtube, será uma oportunidade para aprender técnicas utilizadas por um grande líder de equipes.

Estamos iniciando mais um ciclo e, para isso, precisamos nos cercar de boas e novas possibilidades, sempre buscando excelência em nossas ações e serviços”, afirmou o presidente.

Bernardo Rezende

Bernardinho, como treinador, é um dos maiores campeões da história do voleibol, acumulando mais de trinta títulos importantes em 22 anos de carreira, dirigindo seleções brasileiras feminina e masculina. Como empreendedor, possui diversos negócios de sucesso, incluindo a maior rede de academias de América Latina, restaurantes, bem como projetos sociais como o Instituto Compartilhar, que visa desenvolver jovens de comunidades carentes por meio do esporte.

Sorteio de prêmio

Os inscritos no evento vão concorrer ao sorteio de uma diária, com acompanhante, no Hotel Sesc Porto Cercado (Sesc Pantanal). Para isso, o participante deverá estar inscrito na página da Fecomércio-MT no Instagram.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  CBF recebe novo pedido de socorro financeiro de 20 clubes da Série C
Propaganda

Geral

Veículos serão removidos se estacionar em local prioritário

Publicados

em

Estacionar o veículo em local proibido, não usar cinto de segurança ou até usar o celular conduzindo um automóvel, mesmo que seja só por um minutinho, pode resultar em multa e alguns pontos na carteira. O Comando de Polícia Polícia Militar (PM/MT), assim como a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) tem alertado a população quanto a estas infrações do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o que têm sido registradas com frequência o desrespeito. Além da aplicação das sanções previstas, o veículo pode ser guinchado ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e ao pátio da SEMOB.

Nesta semana, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) retoma a “Operação Tolerância Zero” contra motoristas e motociclistas que estacionam em vagas reservadas para idosos, pessoas com deficiência (PCD) ou com mobilidade reduzida. De acordo com o secretário de Mobilidade Urbana (Semob), Juares Samaniego, as primeiras operações serão orientativas, mas, no mês de fevereiro os agentes de trânsito começam a aplicação do auto de infração.

Os agentes também orientarão os motoristas quanto ao não uso das calçadas e a entrada e saída de veículos como estacionamento.

Aos que que não respeitarem a Lei de Trânsito, os veículos poderão ser autuados e removidos. Para o secretário de Mobilidade Urbana, Juares Samaniego, alguns motoristas ainda insistem em “errar” e praticar a infração que é também uma “falta de educação” no trânsito.

Infelizmente, a falta de bom senso ou falta de educação continuam sendo praticadas por alguns motoristas/motociclistas. Todos os dias há alguns motoristas usando vagas prioritárias. Recebemos muitas reclamações dos cidadãos com deficiência ou idosos que se veem impedidos de utilizarem essas vagas porque estão sendo usadas por aqueles que não necessitam delas. Infelizmente, esses cidadãos são os que mais reclamam dos agentes, mas não olham para os próprios erros cometidos no dia-a-dia no trânsito. Para esses motoristas eu peço, tenham consciência“, lamentou o secretário.

Estacionar em vagas reservadas aos deficientes e idosos sem credencial pode resultar na remoção do veículo, 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e R$ 293,47 de multa.

Os agentes também orientarão os motoristas quanto ao não uso das calçadas e a entrada e saída de veículos como estacionamento. A fiscalização ocorrerá também dentro dos shoppings e supermercados da capital. A fiscalização nestes locais é legal e consta no artigo 21 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e nos estatutos dos idosos e PCD.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Contas de luz terão acréscimo em novembro
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA