PROTEÇÃO

Barreiras sanitárias para enfrentamento da “Covid-19” em Leverger

Publicados

em

A Prefeitura de Santo Antônio de Leverger, através da Secretaria Municipal de Saúde está tomando medidas mais severas, como forma de combater e prevenir a população da “Pandemia do Coronavírus“, realizando barreiras sanitária na principal via de acesso ao município.

A Organização Mundial de Saúde (OMS), juntamente com a Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Mato Grosso (ES/MT), orienta os municípios à realização de barreiras sanitárias para prevenção e controle do “Covid-19“, doença causada pelo “Coronavírus“.

As barreiras são realizadas em pontos estratégicos, pelas vigilâncias sanitárias estadual e municipais em conjunto com servidores remanejados de outras secretarias, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e voluntários, para reforçar a vigilância nas portas de entrada das cidades.

A barreira é muito importante para orientação dos viajantes em relação ao que o decreto estabelece, principalmente no que tange o isolamento social de 15 dias. Além das orientações sobre sinais e sintomas de “Covid-19“, e, em caso de sintoma, há a orientação de comunicar imediatamente à vigilância epidemiológica do município“, disse uma das integrante da barreira sanitária na entrada do município de Santo Antonio do Leverger.

Ela ainda reforça que na abordagem também são coletados dados dos viajantes para que haja uma rápida rastreabilidade em caso de confirmação de casos suspeitos.

Na ação, os profissionais da Saúde que estão devidamente equipados, além de aplicar álcool na mão das pessoas, orientam sobre o uso das máscaras e os cuidados com a higienização. Na oportunidade, falam sobre as novas medidas dos Decreto Municipal, que restringe o funcionamento de pesqueiros e restaurantes da região, como forma de evitar aglomerações.

A barreira sanitária está sendo realizada todos os dias, nos horários de pico, nas proximidades do Posto Policial da MT 040, onde até temperaturas estão sendo aferidas nas pessoas que passam pela via“.

O objetivo desta barreira é de orientar tanto os visitantes, quantos os moradores sobre as medidas preventivas e protetivas, individuais e coletivas acerca da COVID-19 na cidade.

Caso alguém apresente os sintomas do vírus, a equipe irá promover o encaminhamento dos casos suspeitos de COVID-19 à Unidade de Saúde, para realização de exames e isolamento dos pacientes.

Sintomas COVID-19“: temperatura corporal igual ou superior a 37,8º, tosse seca, dor de garganta, dor muscular (mialgia), dor de cabeça (cefaleia) e prostração, dificuldade para respirar.

O município de Santo Antônio de Leverger teve um registro de caso confirmado de COVID-19, porém, a Secretaria Municipal de Saúde informou que o paciente já se recuperou e passa bem.

Hoje o município não apresenta nenhum caso confirmado de “COVID-19“.

O prefeito Valdir Castro Filho desde o princípio da Pandemia do Coronavírus no Estado, vem tomando medidas seguindo as normas da Organização Mundial da Saúde (OMS), com objetivo de proteger a vida do povo de Leverger.

Pedimos a todos que tomem cuidado, estamos fazendo a nossa parte, mas um tem que cuidar do outro, não esqueçam de lavar constantemente as mãos, evitar aglomerações, só sair de casa se for necessário e com as máscaras, tenho fé em Deus, e em Santo Antônio que logo iremos sair mais fortalecidos desta situação, explicou Valdirzinho.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PGE pede investigação criminal contra "Fake News" de que Governo fecharia 300 escolas
Propaganda

Geral

Violência Contra o Idoso: Polícia Civil de MT integra operação nacional

Publicados

em

A violência contra os idosos no Brasil vêm aumentando. O fato pode estar sendo relacionado ao maior numero de pessoas nesse segmento de população, a criação dos canais de denuncias que facilitam a comunicação identificada ou anônima, através do Disque 100, ou ainda a reclusão social provocada pelo novo Coronavírus.

A Polícia Civil de Mato Grosso deflagrou, na manhã desta sexta-feira (04), a Operação Vetus, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em combate aos crimes de violência contra o idoso. A operação ocorreu nos 26 estados do país e no Distrito Federal.

Em Mato Grosso, a ação conta com o efetivo de onze policiais coordenados pelo delegado do Núcleo de Atendimento ao Idoso (NAI) de Cuiabá, Vitor Chab Domingues e pela delegada da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, Mariell Antonini Dias.

Na operação foram cumpridas, 13 medidas cautelares inominadas de afastamento de lar (nove em Cuiabá e quatro em Várzea Grande) e também realizada a checagem de denúncias anônimas em alguns pontos da região metropolitana. As equipes também realizarão a visita em dois abrigos de idoso de Cuiabá para verificar as condições do ambiente e de atendimento aos idosos.

Segundo o delegado do NAI, Vitor Chab Domingues, os principais crimes investigados pela Operação Vetus são maus tratos contra idosos, apropriação de proventos, retenção de cartão de crédito, abandono de idoso, omissão de socorro e discriminação por motivo de idade.

Desde o início da operação, no mês de abril até o momento, já foram apuradas 279 denúncias, realizados 800 atendimentos, 668 procedimentos nas delegacias, entre Inquéritos Policiais e Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) e 18 prisões.

Das ações realizadas pelo NAI em Cuiabá, foram 16 pessoas presas, 498 vítimas atendidas, 225 diligências, 216 denúncias apuradas, nove medidas inominadas de afastamento de lar, 501 inquéritos instaurados e 98 TCO’s lavrados.

Em Várzea Grande, duas pessoas foram presas, 84 vítimas atendidas, 63 diligências, 63 denúncias apuradas quatro medidas cautelares de afastamento de lar, 57 inquéritos policiais instaurados e 12 TCO’s lavrados.

Operação Vetus

A operação integrada, teve início no dia 1º de outubro (Dia Internacional do Idoso) e foi planejada tendo em vista o aumento de denúncias de abuso registradas durante o período da pandemia, pelo Disque 100, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cuiabá volta a perder e cai na classificação da Série B
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA