COM PRAZO

Águas Cuiabá suspende a cobrança da tarifa social

Publicados

em

Medida definida pela Iguá, controladora da empresa, isenta clientes de baixa renda da cobrança pelos serviços de água e esgoto

A Iguá Saneamento, controladora da Águas Cuiabá, suspendeu, por um prazo inicial de 60 dias, a cobrança da tarifa social dos serviços de água e esgoto de todas as cidades em que opera. A medida beneficia até quatro mil famílias de baixa renda inscritas no programa em cinco estados.

Se nossos clientes têm desafios, estaremos juntos para ajudá-los a superar. Temos atuado para não deixar o coronavírus avançar e, apesar das incertezas e dúvidas do momento, continuaremos servindo a população com abastecimento de água e esgotamento sanitário. Além disso, olharemos para os nossos clientes mais vulneráveis“, declara Gustavo Guimarães, presidente da Iguá Saneamento.

A isenção da tarifa social passa a vigorar a partir 1/4/2020 e será oferecida apenas aos clientes já inscritos do programa até a data. Quem se enquadra nessa categoria não precisará pagar as faturas emitidas em abril e maio, desde que o consumo de água não seja superior a 10 metros cúbicos por mês. Clientes contemplados pela medida e que ultrapassarem o consumo de 10 metros cúbicos (dez mil litros) deverão pagar o excedente.

Caso o cliente já tenha efetuado o pagamento da conta que vence em abril, ficará com crédito na concessionária para quitar faturas com vencimento a partir de junho. Em Cuiabá, 1.200 famílias serão contempladas pela medida, beneficiando aproximadamente 4 mil pessoas. Para os demais clientes, a cobrança e o vencimento permanecem inalterados.

Além da isenção da tarifa social e da suspensão do corte de água, esta última solicitada pela Prefeitura de Cuiabá, a Iguá e suas concessionárias têm atuado de forma ativa no combate à Covid-19. Em Mato Grosso, por exemplo, a companhia vem realizando doações de hipoclorito de sódio (água sanitária) para auxiliar instituições públicas em ações de descontaminação. Em São Paulo, tem auxiliado a desinfecção de ruas.

Quem tiver dúvidas sobre os novos procedimentos ou com cadastro desatualizado deve procurar nossa equipe de atendimento pelo 0800 646 6115 ou WhatsApp (17) 996413259“, explica o diretor geral da Águas Cuiabá, William Figueiredo, reforçando que atendimento não presencial também foi intensificado para atender a população remotamente.

Essas ações ajudam a evitar a propagação do vírus na nossa comunidade“, completa. Essenciais na prevenção à doença, o abastecimento de água e o tratamento e esgoto.

Sobre a Águas Cuiabá

Por meio de concessão plena com validade de 30 anos, a Águas Cuiabá assumiu os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário na capital mato-grossense em 2012. A empresa atende a 613 mil pessoas e tem como objetivo universalizar o acesso da população à água de qualidade e à coleta e tratamento de esgoto. Desde 2017, faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em 37 municípios brasileiros e que alcança 6 milhões de pessoas com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.

Sobre a Iguá Saneamento

A Iguá é uma nova companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas.

Atualmente, está presente em 37 municípios de cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações que somadas beneficiam 7,1 milhões de pessoas. O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país.

Em 2018, foi eleita pelo segundo ano consecutivo uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Great Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” quer dizer água. www.iguasa.com.br.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Rodízio de veículos, atendimento por CPF esta suspenso; Pinheiro apresenta nesta segunda-feira (6) projeto de barreiras sanitárias
Propaganda

Geral

PM frustra roubo com refém em clínica e prende suspeito em Cuiabá

Publicados

em

A Polícia Militar frustrou uma tentativa de roubo com refém em uma clínica odontológica, em Cuiabá na manhã desta sexta–feira (03). Os policiais interviram na ação criminosa, libertando funcionários e clientes que eram mantidos reféns pelos dois suspeitos.

Um homem de 38 anos foi alvejado na perna e preso, os policiais seguem em diligências pela região em busca do segundo suspeito.

Uma equipe de policiais do 10º Batalhão de Polícia Militar realizava patrulhamento de rotina no bairro Jardim Cuiabá quando identificaram uma ação suspeita nas proximidades de uma clínica odontológica na Avenida das Flores. Ao checar o local, os militares identificaram os dois suspeitos que haviam rendido funcionários e pacientes da clínica.

Os policiais cercaram o local e solicitaram apoio do Batalhão Rotam e interviram na ação criminosa, prendendo o suspeito que estava baleado na perna após um médico que tem porte de arma de fogo reagir. O homem presa já tem passagem pela polícia por crimes de roubo e homicídio, ele foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e conduzido ao hospital.

Os policiais localizaram os pertences pessoais das vítimas como celulares, dinheiro e joias que já estavam na mochila do suspeito. O outro comparsa fugiu com a arma de fogo utilizada para praticar o roubo.

De acordo com as vítimas, os suspeitos invadiram a clínica, renderam os funcionários para roubar. Uma das pessoas que era mantida de refém reagiu, entrou em luta corporal e atirou na perna do suspeito. O outro comparsa fugiu do local. Nenhuma vítima se feriu.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Associação Comercial de Cuiabá e demais entidades do comércio entregam manifesto contrário ao "Novo Decreto Municipal"
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA