INFORMAÇÕES FALSAS

Acionado na Justiça, internauta se retrata por caluniar Prefeitura na internet

Publicados

em

Em tempos de “Fake News” quando tramita no Congresso Nacional projeto para impedir a disseminação de notícias falsas pela internet (PL 2630/2020), Mato Grosso teve um internauta interpelado judicialmente por cometer ofensas e publicar informações caluniosas contra a Prefeitura.

O caso ocorreu em Lucas do Rio Verde (distante 330 km de Cuiabá) e, nesta terça-feira (15.09), Ivan Gonçalves fez um post em seu perfil reconhecendo, por meio de uma retratação pública, que faltou com a verdade na divulgação de informações sobre o situação da “Covid-19” via Facebook e Instagram.

De acordo com o Procurador-Geral do município de Lucas do Rio Verde, Dr. Heitor Marquezi, ações como essa não só depreciam a imagem do Executivo como promovem pânico desnecessário na população que já sofre os reflexos da pandemia.

Desde o início do surto da COVID-19, há uma grande preocupação sobre a doença que se espalhou rapidamente em várias regiões do mundo, com diferentes impactos, não havendo planos estratégicos prontos para serem aplicados a uma pandemia desta gravidade. Nós aqui de Lucas, tomamos várias medidas justamente para assegurar à população o direito à saúde e a segurança necessária para passar pela pandemia. Esta municipalidade, sempre prezou pela transparência de seus atos, concedendo um atendimento ambulatorial e hospitalar digno à sociedade, de forma a fazer valer dos princípios que regem a administração pública. Produzir mentiras em redes sociais com conteúdo intencionalmente enganoso e/ou falso é crime e causa pânico na sociedade declarou Dr. Heitor Marquezi.

O secretário de Saúde municipal, tenente Rafael Bespalez, ressaltou que é obrigação constitucional do Poder Público dar publicidade às ações da administração pública e garantir o acesso de todos à informação.

Nosso município vem tomando diversas medidas de enfrentamento ao Coronavírus, entre elas, a publicação de mídias e impressão de panfletos com a finalidade de orientar, conscientizar a população sobre o contágio e como prevenir-se da doença, quais são os sintomas e as medidas que devem ser tomadas. Lamentável que alguns cidadãos ao invés de contribuírem com a ordem pública, ajudam a disseminar o pavor e gerar o caos social através de publicações mentirosas, expôs.

EM LUCAS

O município construiu 10 (dez) novos leitos de cuidados intensivos no Hospital São Lucas, custeados unicamente pela Prefeitura. Disponibilizou 22 leitos de enfermaria exclusivos para o “COVID-19“; comprou respiradores para o PAM (três unidades de atendimento exclusivas); garantiu fornecimento do Kit-Covid; contratou novos agentes de saúde; garantiu cestas-básicas para as famílias dos alunos matriculados; proibiu o corte no fornecimento de água entre outras medidas.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Águas Cuiabá celebra Dia do Cliente com atendimento humanizado e histórias de encantamento
Propaganda

Geral

Secel reabre inscrições para produção do 26º Salão Jovem Arte

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) retomou o edital para seleção de organizações interessadas em produzir o 26º Salão Jovem Arte. Com investimento de R$ 350 mil, as inscrições foram reabertas nesta sexta-feira (18) e prosseguem até 19 de outubro.

Realizado pela última vez em 2016, o Salão Jovem Arte tem como objetivo reunir, em mostra coletiva, obras de artistas amadores e profissionais e conceder prêmios aos conjuntos de obras dos participantes além de incentivar, fomentar e divulgar talentos. Neste ano, a seleção pública visa contratar uma Organização da Sociedade Civil (OSC) para gestão e produção da 26ª edição do evento cultural.

A reabertura do edital foi autorizada pelo governador Mauro Mendes no início da semana. Com isso, teremos mais uma importante ação para estimular e reconhecer artistas plásticos e visuais, um evento tradicional que merece ser retomado no estado. Estamos animados em contribuir mais uma vez com a arte mato-grossense, declara o titular da Secel, Alberto Machado.

A mostra irá contemplar artistas de diferentes linguagens, premiando nas categorias naif, contemporânea, escultura, fotografia, arte digital, grafite, xilogravura, aquarela/quadrinhos, instalação/performance.

Para garantir a natureza e a qualidade do Salão, a Secel definiu, em anexos do edital, valores das premiações principal e por categoria, e demais procedimentos obrigatórios, como curadoria, ajuda de custo para deslocamento das obras selecionadas, registro e homenagem in memorian.

O evento será realizado no Palácio da Instrução, em Cuiabá, por um período mínimo dois meses, em calendário a ser definido após a celebração do termo de cooperação.

As instituições interessadas em participar do processo seletivo, devem apresentar portfólio, proposta de trabalho e cronogramas de execução e de desembolso, dentre outras informações.

O evento

O Salão Jovem Arte foi montado pela primeira vez em 1976 como um símbolo de resistência da classe artística à ditadura militar no Brasil. Apesar de ter sido interrompido durante alguns anos, evento é uma tradição no cenário das artes plásticas mato-grossenses.

Sua realização revelou e reconheceu o trabalho de artistas de diferentes gerações, tais como Humberto Espíndola, Dalva de Barros, João Sebastião, Clóvis Irigaray, Adir Sodré, Gervane de Paula, Benedito Nunes, Nilson Pimenta, Marcelo Velasco, Adão Domiciano, Carlos Lopes, Márcio Aurélio Jonas Barros, Vitória Basaia e Regina Pena.

Edital para produção do 26º Salão Jovem Arte

Acesso ao edital: www.cultura.mt.gov.br/editais

Período de inscrições: 18/09 a 19/10/2020

Endereço para inscrições: Avenida José Monteiro de Figueiredo (Lava Pés), 510, Bairro Duque de Caxias, CEP: 78.043-300 – Cuiabá/MT (horário de expediente vigente)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em jogo remarcado pela 3ª rodada da Série B, CSA recebe o Cuiabá
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA