Geral

Abertura da 25ª Anprotec terá espetáculo de Trilhas de Cinema

Publicados

em

Uma imersão sonora e visual no universo da sétima arte. Assim pode ser definido o espetáculo de abertura da 25ª Conferência da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) que será apresentado nesta terça-feira (20.10), às 20h, no Centro de Eventos do Pantanal. Com direção artística e regência do maestro Fabrício Carvalho, o concerto Trilhas de Cinema une a música da Orquestra Sinfônica da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) às artes cênicas do Grupo Tibanaré. O evento é aberto à população e a entrada é gratuita.

                  
aprotecEscolhemos como tema deste concerto o cinema, uma atividade que envolve conhecimento humano, tecnologia e inovação. É, portanto, um espetáculo que se insere na proposta da Anprotec ”, explica Carvalho. Um palco de cerca de 100 metros quadrados irá abrigar músicos e atores. Enquanto cenas de nove filmes são exibidas em um telão de Led, a Orquestra executará a trilha sonora ao vivo. Três destas produções terão os episódios mais marcantes interpretados pelos integrantes do Grupo Tibanaré.
                                       
Em se tratando de tecnologia e inovação, para abrir o concerto nada mais apropriado que 2001 – Uma Odisseia no Espaço, de Stanley Kubrick, um clássico da ficção científica. Em seguida serão apresentadas as trilhas de Coração Valente, dirigido e protagonizado por Mel Gibson, e O Poderoso Chefão, de Francis Ford Coppola, sendo que esta última terá a participação dos atores.
                                     
O espetáculo prossegue com Jurassic Park e Lendas da Paixão, filmes que antecipam mais uma trilha sonora encenada, desta vez a do premiadíssimo E.T. – O Extraterrestre, de Steven Spielberg. Titanic, de James Cameron, e O Senhor dos Anéis, de Peter Jackson, vêm em seguida. Para encerrar em grande estilo, a música de Piratas do Caribe, de Gore Verbinski, se une à interpretação dos atores do Tibanaré.
                                                        
O espetáculo tem uma hora de duração, mas é bastante dinâmico e envolvente. Será interessante levar algo diferente para o público e mostrar a potencialidade cultural de Mato Grosso. Além disso, associar tecnologia e cultura tem tudo a ver com o evento no qual este concerto está inserido”, observou o maestro. “A Anprotec é, na minha opinião, um divisor de águas. Um evento cultural de peso, com todo cuidado e esmero artístico, é fundamental para ilustrar como a cultura pode estar associada à construção de Mato Grosso”, acrescentou Carvalho, que é também o pró-reitor e Cultura, Extensão e Vivência da UFMT.
                                                      
O espetáculo Trilhas de Cinema é uma realização da UFMT em parceria do Governo de Mato Grosso por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), que também estará presente na 25ª Anprotec com o MT Criativo, programa de desenvolvimento da economia criativa no estado.
                                               
Maior evento de empreendedorismo inovador da América Latina, a conferência reúne, até o dia 23, representantes da União Europeia e da África do Sul nos debates. Além de ser considerado um ambiente propício para o empreendedorismo inovador, Mato Grosso apresentou-se como opção para receber a conferência devido à determinação de construção do Parque Tecnológico no estado.
                                             
A Anprotec 2015 tem apoio do Governo do Estado de Mato Grosso por meio da Seciteci. São parceiras nesta edição a Arca Multincubadora, Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Proprietários têm 60 dias para retirarem veículos do pátio

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Geral

Márcia Pinheiro lança programa “Cuiabá de Prato Cheio”

Publicados

em

A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, por meio do seu Núcleo de Apoio, em conjunto com a Prefeitura de Cuiabá (Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e das Pessoas com Deficiência), lançou o programa “Cuiabá de Prato Cheio”. Por meio dessa iniciativa, a Prefeitura de Cuiabá passa de 1,2 mil para 26 mil refeições distribuídas por mês para pessoas de toda a capital.

O principal conceito do projeto, idealizado pela primeira-dama, descentralizou a política de segurança alimentar, ao levar para 14 bairros a alimentação social para população vulnerável inserida no Cadastro Único do município.

A grande diferença será a descentralização. Não vai ser somente um restaurante popular oferecendo alimentação social no Centro de Cuiabá. Serão 20 restaurantes oferecendo refeições para mais de 15 mil famílias que vivem em vulnerabilidade social, segundo estimativa da Prefeitura“, disse a primeira-dama.

Os restaurantes locais dos respectivos bairros e regiões apontados no escopo do projeto podem se habilitar para serem parceiros por meio do Chamamento Público.

Leia Também:  Secretaria de Saúde acompanha ações locais sobre “Coronavírus”

A proposta da Prefeitura de Cuiabá, é subsidiar quase 80% do valor das refeições e a contrapartida das pessoas em vulnerabilidade social será de simbólicos R$ 2,00.

Para o consumo local a Prefeitura pagará R$ 13 e para viagem R$ 10 e o beneficiário arcará com o valor social de R$ 2,00. Todas essas pessoas são referenciadas pela Prefeitura e grande parte recebe auxílio financeiro do Governo Federal, o que torna o projeto financeiramente sustentável, mesmo para população carente da Capital, explicou Márcia.

O projeto piloto também possui viés econômico, uma vez que fomenta o comércio local e impulsiona a economia dos bairros, gerando renda extra, emprego e valorização dos micro empreendimentos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA