SABORES E AROMA DO PANTANAL

1º Festival Gastronômico acontece em Poconé

Publicados

em

Com 19 pratos típicos e deliciosos para a população saborear, acontece nos dias 15 a 26 de setembro, na cidade de Poconé, localizada cerca de 104 Km da Capital Cuiabá, o 1º Festival Gastronômico de Poconé. Com sabores e aromas do Pantanal Mato-grossense ganham destaque em Mato Grosso.

O público presente poderá experimentar pratos criados especialmente para o festival que contará com a participação de 19 bares, restaurantes, hotéis e pousadas na cidade de Poconé.

O Festival Gastronômico é uma realização do Sebrae em Mato Grosso em parceria com o Senac e a Prefeitura Municipal de Poconé, e tem como o objetivo apoiar os pequenos negócios, atrair clientes, contribuir com a inovação e valorizar a cultura e os sabores locais.

De acordo com a analista técnica do segmento de turismo do Sebrae/MT, Fabíola Lima, o município de Poconé, que é o coração do Pantanal em Mato Grosso, é cercado de natureza por todos os lados e encanta pelo acolhimento e por uma culinária única que retrata o jeito de viver da região.

O Sebrae realiza um trabalho forte no turismo, um segmento muito afetado pela pandemia, que passou por um momento ainda mais difícil com as queimadas do ano passado. E o festival é uma oportunidade de atrair o turista regional, que está voltando a viajar”, disse Fabíola Lima.

Para preparar os bares, restaurantes, hotéis e pousadas o Sebrae ofereceu consultoria com o chef de cozinha Marcelo Cotrim, ex-participante do programa Mestre dos Sabores, para ajudar na confecção dos pratos, além de consultoria sobre biossegurança, boas práticas na manipulação de alimentos e orientações sobre todos os protocolos de segurança.

Segundo o chef o festival é uma oportunidade de mostrar toda a criatividade ao mesmo tempo em que estimula os produtos locais.

Todos usaram ingredientes regionais como: banana, pintado, pacú, piché, pequi, que fazem parte do seu dia a dia, porém de uma forma nova e saborosa. Assim valorizando ainda mais a tradição e a cultura mato-grossense. Estou muito feliz com o trabalho que todos desenvolveram e acho que a população vai se deliciar”, pontua Marcelo Cotrim.

Já a empresária e proprietária da Pastel Paulista, Eliane de Paula Silva, está confiante no sucesso da iniciativa e considera bem oportuna para esse momento em que o Pantanal está vivendo.

Estamos há um ano no mercado e essa será uma oportunidade de apresentar algo novo para o nosso público, já que criamos a panqueca de frango com pequi e a panqueca de carne seca com banana. E o melhor é que não precisamos gastar nada a mais, apenas utilizamos o que já tínhamos de uma maneira diferente e saborosa”, conta Eliane.

A gerente comercial da Pousada Rio Claro, localizada no quilometro 42 da Transpantaneira, Michelle Gahyva, também destaca a sustentabilidade nas escolhas dos ingredientes para confecção do prato.

Trabalhamos com peixes em nosso cardápio, porém com o pintado na mojica e o pacu na ventrecha, para o festival vamos fazer o pintado assado com vinagrete de manga e banana. A manga inclusive é algo que temos em abundância, já que possuímos vários pés na propriedade, então é fácil de usar ao mesmo tempo que é sustentável. Estamos muito felizes com o nosso prato e acho que será um sucesso, afirma.

Confira os empreendimentos, os participantes e seus pratos:

Açaí e Pizzaria Pantanal
– Pizza de frango com catupiry de pequi e Pizza Pantaneira: carne seca com banana.

Empório Pantaneiro
– Nhoque de pintado, molho de escabeche de pacu, banana frita e palha de mandioca.

Hotel Canoas
– Francisquito

Hotel Chalana
– Mané Pelado (Bolo de mandioca com queijo e coco)

Hotel Skala
– Torta de pequi com carne Seca Italianíssimo – Baguncinha Pantaneiro

Pastel Paulista
– Panqueca de frango com pequi e panqueca de carne seca com banana.

Praça 27 Beer
– Bolinho de carne seca com banana e queijo

Pousada Aymara Lodge
– Paleta de carneiro assada, jus de carneiro, couscous pantaneiro (couscous hidratado com molho pantaneiro + cabotiá glaciada no furrundú), coalhada de pequi e castanha de Barú.

Pousada Araras
– Tambaqui ao Velouté de Cabotiá e Urucum

Pousada Pantanal Lodge
– Pintado grelhado com creme de pequi, arroz de cambarú e farofa de limão e coentro.

Pousada Piuval
– Pintado grelhado, purê de banana, farofa de banana e vinagrete de banana.

Pousada Portal Paraíso
– Pacu seco com nata da Fazenda, banana frita e palha de mandioca e banana verde, acompanhado de arroz de couve

Pousada Recanto do Jaburu
– Bolo de Pixé, com calda de rapadura de leite e crumble de castanhas com Pixé.

Pousada Rio Claro
– Banda de pintado assado com vinagrete de manga e banana Pousada 3J – Pacu defumado e carne seca com bananas maduras e verdes.

Restaurante e Pousada Prime
– Purê de pequi e bolinho de costela com mandioca Vovó Giginha Café – Empadinha de carne seca com banana e carne seca com abóbora

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  342 condutores são notificados pelo Detran-MT para apresentar defesa em processo administrativo
Propaganda

Geral

“Operação Lei Seca” prende sete motoristas e apreende 49 veículos

Publicados

em

Na “Operação Integrada da Lei Seca“, realizada na Avenida do CPA, próxima ao bairro Baú, na noite desta quarta-feira (15), foram fiscalizados 116 veículos e aplicados 116 testes de alcoolemia. Sete motoristas foram presos dirigindo embriagados e 49 veículos foram removidos, sendo 41 carros e oito motocicletas. A ação começou as 23h30.

Dez pessoas foram flagradas conduzindo veículo sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), 22 estavam dirigindo sob efeito de álcool (quantidade inferior para caracterizar crime de trânsito), outros 19 motoristas estavam com veículo sem registro ou sem o licenciamento. Ao todo foram aplicados 76 Autos de Infração de Trânsito.

Doze motoristas se recusaram a realizar o teste do bafômetro.

Em Cuiabá, a Operação Lei Seca foi realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp), Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Detran, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) e a policiais penais do Serviço de Operações Especiais Penitenciárias (SOE).

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Consumo de alimentos ácidos aumenta o risco de erosão dentária
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA