ESPORTES

XIII Sul-Americano de Beisebol começa neste sábado

Publicados

em

Deste sábado 28 de fevereiro até o dia 07 de março, Cuiabá será o palco do XIII Sul-Americano de Beisebol maior e mais importante evento de Beisebol da América do Sul. A cerimônia de abertura do torneio será às 8h, no Campo dos Sonhos, em Várzea Grande, seguida do confronto entre Brasil e Peru. O evento é uma iniciativa da Federação Mato-Grossense de Beisebol, em parceria com o Governo do Estado e as Prefeituras Municipais de Cuiabá e Várzea Grande. Entrada Franca.

basebol2A seleção brasileira, que foi a primeira a chegar em Cuiabá, ainda na quarta-feira, já realizou dois treinos na capital. De acordo com o técnico, Luiz Cobas, a equipe está bastante animada e não deve se abater com o clima quente da capital. "O clima é duro e muda rapidamente, mas estamos preparados para superar esta dificuldade. Os atletas já estavam conscientes de como seria e vão dar tudo para garantir esse título".

De acordo com o capitão da Seleção Brasileira, Jean Tomé, a equipe peruana é bastante técnica e possui bons arremessadores. Ele disse que a experiência de outros campeonatos será bastante útil neste momento, mas ele sente que a equipe está bastante preparada. "Estou tranquilo, pois tenho muita confiança nos meus companheiros e na preparação que realizamos para este campeonato".

O torneio contará com a presença do presidente da Confederação Brasileira de Beisebol, Jorge Otsuka. Participam da competição equipes do Brasil, Argentina, Peru, Bolívia e Colômbia. Quem vencer, terá vaga garantida no Pan-Americano de Toronto, no Canadá.

O Campo dos Sonhos em Várzea Grande está localizado junto a Federação Mato-Grossense de Beisebol e Softbol (FMBS) na Rua Castro Alves, 144, bairro Jd. Imperador.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Campeonato Mato-grossense Martinello 2019: 8ª rodada

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Eliminatórias da Copa não terá público nesta quinta-feira

Publicados

em

Para facilitar a logística e otimizar o tempo de preparação da Seleção Brasileira de Futebol, a cidade de Quito no Equador, começou a receber os primeiros integrantes da Seleção Brasileira, para os próximos dois jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar.

A primeira leva a desembarcar na capital equatoriana teve o meia Éverton Ribeiro e o atacante Gabigol, ambos do Flamengo, além do técnico Tite e dos membros da comissão técnica da Seleção. A primeira partida será contra a seleção dona da casa o Equador, nesta quinta-feira e contra o Paraguai na próxima terça-feira (1) no Mineirão.

Os demais atletas, todos que atuam na Europa, viajaram em voo fretado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A única exceção é o goleiro Weverton, do Palmeiras, que jogou neste domingo e também viaja nesta segunda, em voo de carreira.

O Comitê de Operações de Emergência (COE) do Equador decidiu que a partida entre a seleção local e o Brasil, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar, ocorrerá sem público. A bola rola na quinta-feira, às 18h (de Brasília), no Estádio Rodrigo Paz Delgado, também conhecido como Casa Blanca, em Quito.

A Federação Equatoriana de Futebol (FEF) tinha solicitado às autoridades de saúde do país a liberação de 60% da capacidade do estádio, que ao todo comporta aproximadamente 40 mil pessoas. A entidade citou em seus argumentos até mesmo o fato de que a Seleção Brasileira terá disponível 100% da capacidade do Mineirão para o seu próximo jogo, no dia . Mesmo assim, o pedido foi negado.

De acordo com as análises realizadas e conforme as informações técnicas disponíveis e a situação epidemiológica atual, a sugestão é que a partida se realize sem público a fim de preservar a saúde e o bem-estar da população, evitando um possível pico nos casos de Covid-19“, informou a COE em seu comunicado.

Quito anunciouAlerta Laranja em razão da Pandemia de Covid-19 entre os dias 24 e 31 de janeiro, o que limita a capacidade de locais como bares e restaurantes a 30% da capacidade, sempre seguindo protocolos de segurança. O Alerta Laranja é o segundo mais grave, atrás somente do Vermelho. Também há Amarelo e Verde“.

A Federação Equatoriana já tinha comercializado aproximadamente 20 mil ingressos em dezembro e precisará reembolsar os torcedores.

O jogo contra o Brasil, que já está classificado para o Mundial, vale pela 15ª rodada das Eliminatórias. A seleção equatoriana está em terceiro na classificação, com 23 pontos. Caso vença o Brasil, precisará somar só mais um ponto nas três rodadas finais para sacramentar sua vaga no Qatar.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Copa América 2019; Brasil vence o Peru e é Campeão
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA