ESPORTES

Transmissão de jogos ao vivo desestimula ida dos torcedores à Arena Pantanal

Publicados

em

Ridículo o público que tem acompanhado as partidas de futebol pelo Campeonato Estadual Mato-grossense na Arena Pantanal. Isso, porém, tem explicação: a Rede Globo estabeleceu que todas as suas afiliadas façam a cobertura dos jogos dos campeonatos estaduais alegando “incentivo aos times locais” e uma tentativa de fazer o público retornar aos estádios.

torcidaDomBoscoArenaSó que, em Mato Grosso o que parece impossível acontece. A emissora global simplesmente transmite ao vivo para todo o Estado, inclusive a Baixada Cuiabana, os jogos que são disputados na Arena Pantanal.

Em sã consciência, como esperar que o público compareça “em massa”? É óbvio que, dessa forma, apenas as torcidas organizadas, os convidados (que não pagam ingresso), os profissionais de imprensa, algumas “testemunhas” e vendedores ambulantes vão ao estádio, uma vez que é muito mais cômodo ficar sentado no sofá de casa, comendo pipoca, tomando uma cerveja, ou seja lá o que for, do que pagar penitência na Arena Pantanal, onde até para usar o banheiro é preciso andar quase um quilômetro.

Diferente do que acontece nos grandes centros, Rio, São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, onde as partidas que são disputadas nas capitais não são transmitidas para o público local, apenas para o interior, em Mato Grosso isso não ocorre e a afiliada da Globo faz, na realidade, um desserviço ao futebol local, tornando os jogos menos atrativos nos estádios e mais vistos pela TV.

Essa prática deixa claro que os jogos do interior, que deveriam passar ao vivo na TV quando ocorresse uma partida na Arena Pantanal, não são transmitidos por que geram despesas para a empresa com o deslocamento de equipes, técnicos, engenheiros, câmeras, auxiliares, enfim todo o corpo profissional que envolve uma cobertura desse nível.

Por conta disso, a maioria da população é obrigada a “engolir” goela abaixo esse trabalho mal feito, uma vez que por conta disso, a Band, outra emissora que cobre o futebol, não pode transmitir jogos dos campeonatos paulista e carioca, para não “atrapalhar” a ida de torcedores ao estádio. Enquanto isso, por descaso, por desrespeito ou por burrice mesmo, a afiliada da Globo transmite ao vivo as partidas da Arena Pantanal. Seria risível, não fosse um abuso.- (Pingo no i)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mirassol contrata Danilo Boza de Rondonópolis para disputar Campeonato Paulista

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Volta do “Estadual 2020” só final do ano

Publicados

em

Faltando 14 partidas para que fosse conhecido o Campeão Mato-grossense de 2020, tudo esta caminhando para ser estendido até o fim do ano. Por enquanto, a Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) aguarda a flexibilização das medidas de isolamento e a liberação das praças esportivas no Estado.

É preciso que seja definido quem irá garantir vagas na Copa do Brasil e Série D do Brasileirão. A intenção da Federação Mato-grossense é terminar a competição dentro de campo, já que além do vencedor.

Com o avanço da Pandemia do Coronavirus em todo o Estado de Mato Grosso, a Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) segue acompanhando e entende que os casos ainda continuam a aumentar pelo Estado. Mesmo assim, as conversas com as prefeituras seguem mantidas, na expectativa de que uma data para o retorno seja definida.

O Campeonato Mato-grossense de 2020 foram até agora jogados 76% das partidas disputadas, restando 14 partidas, 8 das quartas de final e 4 das semis e duas da final.

Diogo Carvalho diretor e competições da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) acredita que até lá a “Pandemia” tenha sido dissipada o que vai liberar os clubes da necessidade de realizar testes.

Como ainda resta pouco, prevemos que conseguimos terminar dentro de campo. Não temos pressa, pode terminar até o fim do ano. Não precisa de agilidade neste momento e é importante para que não vire mera especulação de quem poderá ficar com a indicação”.

Sobre a possibilidade de se realizar todos os jogos em uma sede única, como a Arena Pantanal, Diogo Carvalho disse que por enquanto esta descartada.

Iremos voltar assim que tiver a autorização das autoridades de Saúde e sempre prezando pela Saúde de todos os envolvidos”.

Os clubes também consideram esta possibilidade, o que poderá gerar uma economia a seus cofres. Cuiabá Esporte Clube, na Série B, Luverdense Esporte Clube e Clube Esportivo Operário Varzea-grandensse na Série C, ao contrário, terá de promover os testes em todos os jogadores e comissão técnica, pois estarão participando de competições nacionais como Copa do Brasil, Copa Verde e as Série B e D do Campeonato Brasileiro.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Volta do "Estadual 2020" só final do ano
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA