ESPORTES

Sinop contrata Advogado do Flu para reverter situação do rebaixamento

Publicados

em

No último domingo o Sinop venceu a equipe do Luverdense mas não conseguiu evitar a queda para a segunda divisão. O time hávia perdido 4 pontos no julgamento de primeira instância, onde o clube era acusado de ter escalado jogadores irregulares na estréia do Campeonato Mato-grossense de Futebol 2015.

marioBitencoutMas o presidente do clube Agnaldo Turra já tinha dito que iria recorrer da decisão, o prazo foi até ontem. O Julgamento do recurso do Galo do Norte deve ser marcado para esta sexta-feira. A grande novidade é a contratação do Advogado Mário Bittencourt, conhecido por livrar o time do Fluminense da Cidade do Rio de Janeiro do rebaixamento para série B do Brasileiro em 2013. 

Bittencourt já está à par do caso e deve formular um recurso nos próximos dias. A principal alegação do clube é que a documentação dos atletas foram enviadas a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), que demorou para publicar. Outro fator importante é que o presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Helmute Lawisch teria dado sua palavra não só ao Sinop, mas aos outros clubes que também estavam com problemas na documentação dos jogadores, poderiam escalar seus jogadores que não teriam problemas. 

Turra falou sobre tudo isso: O Mário nos orientou à não falar mais nada, confiamos agora no trabalho dele e vamos até onde for para reverter isso. Foi uma sacanagem o que fizeram com o Sinop, confiamos na palavra do Helmute e deu no que deu. Finalizou. -(Juliano Britto) 

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Inscrições para o ‘Amadorzão’ terminam na segunda-feira

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Dourado perde para o Furacão e cai para a 16ª posição

Publicados

em

Em confronto direto contra o rebaixamento, o Athletico (PR) fez valer o mando de campo, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e venceu o Cuiabá, por 1 a 0, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro em jogo atrasado da 35ª rodada.

O gol da vitória foi marcado por Pedro Rocha, que praticamente confirmou a permanência do atual Campeão da Copa Sul-Americana na elite nacional e se afastou do Z-4, com 45 pontos somados. Já a equipe Auriverde aparece na 16ª posição, com 43 pontos.

O jogo

O Athletico ditou o ritmo do primeiro tempo na Arena da Baixada, mas encontrou dificuldades para furar o bloqueio adversário. Sem achar os espaços, a equipe paranaense optou pelas jogadas aéreas e pelos chute de média distância, estratégia que quase surtiu efeito na cabeçadas de Pedro Henrique e em arremate de Nikão. Do outro lado, o Cuiabá assustou em duas tentativas de Jenison, a primeira foi para fora e a segunda parou no goleiro Santos.

Depois das conversas nos vestiários, o Furacão manteve o domínio das ações, mas dessa vez foi efetivo no ataque para construir o resultado. Antes da rede balançar em Curitiba, Erick e Nikão tiveram chances para o time da casa. Mas foi com Pedro Rocha que o Athletico balançou as redes.

Aos 12 minutos, após cruzamento na área, o goleiro do Dourado afastou parcialmente o perigo e, no rebote, o atacante apareceu para completar para o fundo do gol: 1 a 0. Com a vantagem, o Rubro-Negro passou a cadenciar o jogo e conseguiu segurar a vitória até o apito final.

Com o resultado, o Furacão subiu para a 12ª colocação, com 45 pontos, e agora encara o Palmeiras, na próxima segunda-feira e pode sacramentar o risco matematicamente.

A situação do Cuiabá, que parecia confortável há algumas rodadas, ganhou uma reviravolta. O Dourado caiu para a 16ª posição, com 43, três pontos à frente do Bahia, que abre o Z4. Na próxima partida, recebe o Fortaleza.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

Athletico 1 x 0 Cuiabá

Local: Arena da Baixada, Curitiba-PR
​Data/horário: 03 de dezembro de 2021, às 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistente 1: Éder Alexandre (SC)
Assistente 2: Thiaggo Americano Labes (SC)
Quarto árbitro: Leonardo Sígari Zanon (PR)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Gols marcados: Pedro Rocha (1-0) (12’/2T)
Cartões amarelos: Nico González, Fernando Canesin (Athletico), Walter, Marllon, João Lucas, Rafael Gava, Clayson, Elton (Cuiabá)

Athletico Paranaense: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolás Hernández (Bissoli – intervalo); Marcinho, Erick, Léo Cittadini (Fernando Canesin 26’/2T) e Abner Vinícius; Terans (Pedrinho 35’/2T), Nikão e Pedro Rocha (Zé Ivaldo 35’/2T).

– Técnico: Alberto Valentim.

Cuiabá: Walter; João Lucas, Marllon (Uillian Correia 40’/2T), Paulão e Uendel; Camilo, Rafael Gava (Yuri Lima 21’/2T) e Pepê (Cabrera 17’/2T); Max (Clayson 18’/2T), Felipe Marques e Jenison (Élton 18’/2T).

– Técnico: Jorginho.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dourado perde para o Esquadrão de Aço na Série C
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA