BRASILEIRÃO SERIE A

São Paulo sofre pressão do Cuiabá e conta com boa atuação de Tiago Volpi

Publicados

em

Cuiabá e São Paulo encerram a 25ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira (11), às 20h (horário de Brasília), no famoso jogo de seis pontos, no Estádio Governador José Fragelli, a Arena Pantanal, na capital mato-grossense.

O time comandado pelo técnico Hernán Crespo vinha de uma boa atuação diante do Santos, na última quinta (7), mas que não foi suficiente para sair do Morumbi com a vitória. O Cuiabá vinha também de resultados ruins e saiu de uma posição confortável para começar a se preocupar com o rebaixamento. O técnico Jorginho teve o retorno do zagueiro Paulão, que cumpriu suspensão no confronto anterior.

O jogo

Cuiabá Esporte Clube com o São Paulo Futebol Clube ficaram mesmo no empate de 0 x 0, os paulistas ultrapassaram o Vovô na tabela. O Tricolor chegou a 30 pontos e assumiu a 13ª posição. Já o Alvinegro do Porangabuçu, que perdeu para o Atlético (MG) na 25ª rodada, caiu para 14º com 29 pontos conquistados. O Cuiabá segue na 12ª colocação com 31 pontos, pega o Sport, no mesmo dia e horário, novamente na Arena Pantanal.

O primeiro tempo foi de pouca emoção na Arena Pantanal. Os dois times não exigiram grandes defesas dos goleiros, mostrando imprecisão com a bola. O Cuiabá ameaçou em contra-ataques, enquanto o São Paulo buscou ter a bola, mas teve dificuldade para furar o bloqueio.

O Cuiabá teve as melhores chances na segunda etapa, parando em uma grande atuação de Volpi. O goleiro fez ao menos três defesas importantes, evitando o pior. A melhor chance do Tricolor veio com Luciano, que voleou e viu Walter defender.

FICHA TÉCNICA

CUIABÁ X SÃO PAULO

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data: 11 de outubro de 2021, segunda-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA-RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões amarelos: Jonathan Cafu (Cuiabá); Igor Gomes, Marquinhos (São Paulo)

CUIABÁ: Walter; João Lucas, Paulão, Alan Empereur, Uendel; Auremir, Camilo (Jonathan Cafu), Pepê (Rafael Gava); Clayson (Felipe Marques), Jenison (Elton) e Max
Técnico: Jorginho

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Gomes, Miranda, Léo, Welington; Luan (Liziero), Nestor (Benítez), Luciano, Gabriel Sara (Rojas); Rigoni (Marquinhos) e Calleri (Gabriel Neves).
Técnico: Hernán Crespo.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Nova Mutum enfrenta a Aparecidense de olho no resultado
Propaganda

ESPORTES

Dutrinha passará a contar com placar eletrônico em LED

Publicados

em

A reforma e reestruturação realizada pela gestão Emanuel Pinheiro no Estádio Eurico Gaspar Dutra, o Dutrinha, garante ao templo do futebol mato-grossense a instalação de um placar eletrônico em LED, que permitirá ao torcedor a visualização límpida de informações inerentes às partidas realizadas no local. O processo de aquisição do equipamento está em andamento e é efetuado por meio do Pregão Eletrônico 037/2021.

O edital montado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer em parceria com a Secretaria Adjunta Especial de Licitações e Contratos estabelece que o equipamento deve seguir especificações como medida de 6,50m x 2,50m e dígitos de 40cm, sendo possível mostrar a contagem de gols, nomes das equipes e tempo de partida. A abertura das propostas tem previsão de ocorrer na próxima sexta-feira (22).

A proposta vencedora do Pregão Eletrônico será aquela considerada a de menor preço do lote, seguindo os critérios fixados pela Lei Federal 8.666/93, que dispõe sobre as normas para licitações e contratos na Administração Pública.

Mediante a apresentação de documentos, a empresa deverá comprovar a capacidade técnica para execução do serviço, que terá que ser realizado em até 30 dias após assinatura da ordem de fornecimento.

É um equipamento imprescindível para a realização de jogos no local. Espera-se, com isso trazer novamente o Estádio Dutrinha ao cenário do futebol mato-grossense, bem como torná-lo um espaço moderno, adequado para torcedores e eventos, tornando-o mais agradável e confortável visando o fortalecimento do esporte na Capital”, justifica a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, no edital.

O Estádio Presidente Dutra, pertencente à Prefeitura de Cuiabá desde julho de 2011 e foi declarado, “Tombado como Patrimônio Histórico de Cuiabá-MT”, pela Lei Municipal 2.761 de 25/05/1990, de autoria do, na época, vereador Emanuel Pinheiro, como forma de preservá-lo. Entre 2010 e 2014 foi o principal Estádio de Mato Grosso devido a demolição do Estádio Verdão para dar lugar a atual Arena Pantanal.

Neste ano, o estádio chegou ser cedido, temporariamente, à Confederação Sul-Americana de Futebol e foi utilizado como centro de treinamento das seleções que participaram da Copa América.

Desde sua construção, em 1952, ele passa pela maior obra de reestruturação. A reforma foi iniciada em 2019 e recebe o investimento de aproximadamente R$ 2 milhões, aplicado pela gestão Emanuel Pinheiro.

Veja nos anexos abaixo o edital e o aviso de abertura licitação

https://www.cuiaba.mt.gov.br/download.php?id=143124

https://www.cuiaba.mt.gov.br/download.php?id=143125

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Arsec realiza audiência para debater possível reajuste da tarifa de água e esgoto
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA