ESPORTES

Remo goleia Cuiabá e fica com mão na taça da Copa Verde

Publicados

em

E mais uma vez o Mangueirão foi palco de um grande jogo os primeiros 90 minutos da decisão entre o Dourado auriverde e o Leão azulino em busca do título da 2ª edição da Copa Verde. 5 gols, pênalti, expulsão, bolas na trave, tirada de gol em cima da linha… enfim, muita emoção.

remo_cuiabaDesde o começo pegado, o jogo foi tenso e agitado todo o tempo. Remo começou o 1º tempo tentando ataque, Levy mandou um lançamento a gol, Paty mandou uma bola levantada por Eduardo Ramos, um escanteio foi marcado para o Cuiabá, os dois goleiros fizeram boas defesas  tudo isso nos cinco minutos iniciais.

Ainda na primeira etapa: o Azulino contra-atacou; Nino Guerreiro (pelo Dourado) tentou marcar, mas estava impedido; Felipe Alves tomou um cartão amarelo; Ricardo Braz, um vermelho, por derrubar um jogador remista. O jogo estava equilibrado.

Aos 21 minutos, gol do Remo, Rafael Paty mandou uma bomba no meio do gol e o Leão do Baenão abre o placar no Estádio Edgar Augusto Proença, o Mangueirão. Dois minutos depois e mesmo com 10 em campo, o auriverde mato-grossense empatou com um gol de Kaique. Ele mandou sozinho pro fundo da rede, pela falha de Fabiano, que espalmou para o meio da área numa defesa do cabeceio de Nino Guerreiro.

Felipe Blau tentou, mas a bola bateu no segundo pau e o goleiro remista mandou pra fora. A partir dos 30, o Leão pressionou e o Cuiabá sentiu ter um a menos. Aos 33, Ratinho mandou no ângulo uma bomba que Willian Alves não conseguiu alcançar. 2 a 1 pro Remo.

Ainda no 1º tempo, Nino Guerreiro e Raphael Luz mandaram algumas bolas, com direito uma na trave que calou todos os milhares de remistas presentes. Mas aos 44 Rafael Paty de novo mandou pro fundo da rede, de voleio, quicando no chão: indefensável pro Willian Alves. Foi o gol do Clube do Remo, antes dos dois minutos de acréscimo.

No segundo tempo, logo de início, Rafael Paty, Ratinho (ambos do Remo) e o cuiabanista Raphael Luz tentaram ataques. A partir dos 10 minutos, Cuiabá tenta administrar a derrota na esperança de compensar com uma vitória exequível de 2 x 0 na Arena Pantanal. Eduardo Ramos explorou por várias vezes o ataque, aproveitando-se da retranca auriverde. Com ele, Ratinho e Levy chegaram junto.

Aos 29 minutos da etapa complementar, Marchiori decidiu colocar Grafite no lugar de Kaique e deu um fôlego novo a um possível contra-ataque do Dourado. Foi ele que mandou de cabeça no cantinho e quase marcou, se não fosse a tirada de Levy em cima da linha do gol.

Jadilson, que substituiu Alex Ruan aos 20 minutos do 2º tempo, participou bastante da ofensividade azulina na última meia hora de partida. Aos 43, Warian Santos recebeu passe de Val Barreto dentro da área e fez mais um pro time da casa. 4 a 1, mais medo para o Cuiabá e, apesar do escanteio e do tiro de Felipe Blau, foi esse o placar final.

Agora o Cuiabá tem o compromisso de fazer 3 gols de diferença em casa se quiser almejar o título. Quem está com a mão na Taça da Copa Verde é o Leão Azul.

FICHA TÉCNICA

REMO – Fabiano; Levy, Max, Igor João e Alex Ruan (Jadilson); Warian Santos, Ilaílson, Ratinho e Eduardo Ramos (Val Barreto); Bismark (Sílvio) e Rafael Paty. Técnico: Cacaio.

CUIABÁ – Willian Alves; Egon e Ricardo Braz; Gean, Bogé, Maninho e Felipe Blau; Raphael Luz, Kaique, Felipe Alves (Diego Macedo) e Nino Guerreiro (Murilo Ceará). Técnico: Fernando Marchiori.-(Anderson Lima)

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo lança plataforma para solicitação de auxílio emergencial da cultura

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Cuiabá recebe o Oeste na Arena Pantanal de olho na liderança

Publicados

em

Pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e de olho na liderança, o Cuiabá recebe neste sábado (19), o Oeste (SP) na Arena Pantanal, querendo reassumir a ponta da tabela.

O Cuiabá chega embalado para esta partida dentro de sua casa e quer engrenar na competição visando o acesso à elite do futebol brasileiro. Para isso acontecer, basta uma vitória simples para os mato-grossenses retomarem a liderança da competição.

Nos últimos 10 jogos disputados na condição de mandante a equipe do Cuiabá registrou uma campanha de 5 vitórias, 4 empates e apenas 1 derrota. Somando 14 gols marcados e 4 sofridos.

Este confronto põe frente a frente duas equipes em extremos opostos na tabela e que possuem ambições completamente distintas, enquanto o Rubrão luta para sair da zona de rebaixamento e respirar na competição, o Cuiabá depende apenas de suas próprias forças para assumir a liderança da Série B nesta rodada e é forte candidato ao acesso.

A equipe da casa ainda está invicta como mandante na Série B e conta com o retorno de três titulares importantes que desfalcaram o time nas primeiras rodadas da segunda divisão nacional.

Algo que o Oeste não possui a seu favor, tendo ainda uma das piores campanhas como visitante, não vencendo nenhum dos quatro jogos disputados até aqui.

No meio da semana, o Cuiabá fez o seu jogo atrasado e voltou a subir na classificação. Agora, o time se encontra na vice-liderança, com 18 pontos. Em caso de novo triunfo, o Dourado assume a ponta do torneio.

Já o Oeste quer embalar. Na última partida, o Rubrão venceu o CSA de virada e conseguiu sair da lanterna. Agora, a missão é somar mais três pontos e sair da zona de rebaixamento.

O Dourado ocupa atualmente a segunda colocação com 18 pontos, dois a menos, do que o Paraná que já jogou na rodada venceu o CRB por 2 a 0.

Cuiabá e Oeste se enfrentam neste sábado (19), às 20h (horário de MT), na Arena Pantanal.

Prováveis:

Cuiabá: João Carlos; Hayner, Ednei, Everton Sena e Lucas Hernández; Matheus Barbosa, Rafael Gava e Elvis; Felipe Ferreira, Maxwell e Jenison.

Oeste: Glauco; Éder Sciola, Matheus Dantas, Sidmar e Gustavo Salomão; Betinho, Yuri, Mazinho, Marlon e Luan; Bruno Lopes.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Com aval do JET, clubes aprovam adequações no regulamento
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA