COPA SÃO PAULO

Grêmio sofre, mas vence o Mixto

Publicados

em

O Grêmio estreou muito bem na Copa São Paulo de Futebol Júnior, pois derrotou o Mixto Esporte Clube por 2 a 0, nesta segunda-feira (3) no Estádio Zezinho Magalhães, em Jaú.

Com o triunfo, o Tricolor Gaúcho assumiu a liderança do Grupo 10 com os mesmos 3 pontos do Castanhal, que, também nesta segunda, superou o XV de Jaú por 1 a 0.

O Grêmio começou melhor na partida e teve a primeira oportunidade aos cinco minutos. Kaká tocou para Gabriel Silva, que dominou e arriscou chute. Logo depois, Rubens acionou Lucas Kawan. O atacante arriscou de fora da área e levou perigo.

O duelo ficou equilibrado, com o Mixto conseguindo se fechar bem no campo defensivo. O Imortal retornou para o ataque somente aos 33 minutos, em mais uma arremate de longe, desta vez com Rubens.

Aos 42′, Lucas recebeu livre na direita, explorou o corredor e levantou na área. Kauan Kelvin subiu de cabeça e abriu o placar para os sulistas.

Na segunda etapa, o Mixto voltou melhor e começou a ter as rédeas da partida, mas sem levar perigo. Aos 11′, Lucas Kawan puxou pro meio e soltou a bomba para Lucão espalmar.

Logo depois do lance, novamente o duelo ficou morno, sem grandes chances para os dois lados. O Mixto teve uma boa oportunidade em cobrança de falta. Carioca bateu direto, Thiago Beltrame não conseguiu segurar e mandou para escanteio.

No fim da partida, o meia Zinho, que entrou na segunda etapa, aproveitou boa oportunidade e deu números finais à partida: 2 a 0.

Outros resultados desta segunda:

Ferroviária 1 X 0 Rondoniense
XV de Jaú 0 X 1 Castanhal
São Carlos 2 x 0 São-Carlense
América-MG 1 x 1 Falcon

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dourado perde e acumula sua 10ª derrota no torneio
Propaganda

ESPORTES

Eliminatórias da Copa não terá público nesta quinta-feira

Publicados

em

Para facilitar a logística e otimizar o tempo de preparação da Seleção Brasileira de Futebol, a cidade de Quito no Equador, começou a receber os primeiros integrantes da Seleção Brasileira, para os próximos dois jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar.

A primeira leva a desembarcar na capital equatoriana teve o meia Éverton Ribeiro e o atacante Gabigol, ambos do Flamengo, além do técnico Tite e dos membros da comissão técnica da Seleção. A primeira partida será contra a seleção dona da casa o Equador, nesta quinta-feira e contra o Paraguai na próxima terça-feira (1) no Mineirão.

Os demais atletas, todos que atuam na Europa, viajaram em voo fretado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A única exceção é o goleiro Weverton, do Palmeiras, que jogou neste domingo e também viaja nesta segunda, em voo de carreira.

O Comitê de Operações de Emergência (COE) do Equador decidiu que a partida entre a seleção local e o Brasil, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar, ocorrerá sem público. A bola rola na quinta-feira, às 18h (de Brasília), no Estádio Rodrigo Paz Delgado, também conhecido como Casa Blanca, em Quito.

A Federação Equatoriana de Futebol (FEF) tinha solicitado às autoridades de saúde do país a liberação de 60% da capacidade do estádio, que ao todo comporta aproximadamente 40 mil pessoas. A entidade citou em seus argumentos até mesmo o fato de que a Seleção Brasileira terá disponível 100% da capacidade do Mineirão para o seu próximo jogo, no dia . Mesmo assim, o pedido foi negado.

De acordo com as análises realizadas e conforme as informações técnicas disponíveis e a situação epidemiológica atual, a sugestão é que a partida se realize sem público a fim de preservar a saúde e o bem-estar da população, evitando um possível pico nos casos de Covid-19“, informou a COE em seu comunicado.

Quito anunciouAlerta Laranja em razão da Pandemia de Covid-19 entre os dias 24 e 31 de janeiro, o que limita a capacidade de locais como bares e restaurantes a 30% da capacidade, sempre seguindo protocolos de segurança. O Alerta Laranja é o segundo mais grave, atrás somente do Vermelho. Também há Amarelo e Verde“.

A Federação Equatoriana já tinha comercializado aproximadamente 20 mil ingressos em dezembro e precisará reembolsar os torcedores.

O jogo contra o Brasil, que já está classificado para o Mundial, vale pela 15ª rodada das Eliminatórias. A seleção equatoriana está em terceiro na classificação, com 23 pontos. Caso vença o Brasil, precisará somar só mais um ponto nas três rodadas finais para sacramentar sua vaga no Qatar.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mixto é tricampeão Mato-grossense Feminino
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA