NOVO REFORÇO

Ex-Corinthians e Bahia é anunciado junto com pacotão de reforços

Publicados

em

O Natal já foi comemorado há alguns dias nas mais diversas partes do planeta, mas o Cuiabá reservou os maiores presentes para o torcedor nos últimos dias de 2021, oficializando a chegada de oito reforços ao plantel que irá disputar a próxima temporada.

Dentre os nomes contratados, aquele que conta com o maior potencial de badalação é o meio-campista Rodrigo Eduardo Costa Marinho, mais conhecido como Rodriguinho, ex-Corinthians, Cruzeiro e que teve como sua última equipe o Bahia.

O Dourado informa oficialmente os nomes dos jogadores que seguem no clube e os novos atletas que chegam para reforçar o grupo, entre eles o meia Rodriguinho, ex-Bahia e Corinthians. O clube comunica ainda que negocia com o Lyon a renovação de empréstimo do volante Camilo e espera um desfecho positivo nos próximos dias”, informou o Cuiabá.

Em um vídeo produzido pelo Dourado em que constam alguns lances do atleta de 33 anos de idade vestindo a camisa do clube baiano, o jogador aparece comemorando a sua chegada ao clube do Centro-Oeste:

Passando para dar uma boa notícia para vocês: sou o novo reforço do Cuiabá e estou ansioso para fazer um grande trabalho“.

Além de Rodriguinho, a equipe que disputará pela segunda vez na sua história a Copa Sul-Americana também contratou o zagueiro paraguaio Juan Ojeda, o lateral-esquerdo Igor Cariús, os meio-campistas Christian Rivas e Marcão além dos atacantes Marquinhos, André Luis e Alesson.

Em 2021 pelo Bahia, Rodriguinho atuou 56 vezes, marcou 10 gols e contribuiu com 8 assistências. Na próxima temporada, o Cuiabá viverá pela primeira vez uma maratona de competições, sendo cinco ao todo.

Novos contratos

Goleiro Walter

ZagueiroJuan Ojeda (ex-12 de Octubre-PAR)

Lateral-direito João Lucas (adquirido do Flamengo com vínculo até 31/12/2025)

Lateral-esquerdoIgor Cariús (ex-Atlético-GO, CRB e Paraná)

Volantes Cristhian Rivas (ex-Estudiantes de Mérida-VEN) e Marcão (ex-Sport, Cuiabá, Atlético-GO e Criciúma)

MeiaRodriguinho (ex-Bahia e Corinthians)

Atacantes Marquinhos (ex-Corinthians e Sport), André Luis (ex-Atlético-GO, Corinthians e Fortaleza) e Alesson (ex-Vila Nova-GO)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Brasileiros faturam a primeira etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross Country no Catar
Propaganda

ESPORTES

Eliminatórias da Copa não terá público nesta quinta-feira

Publicados

em

Para facilitar a logística e otimizar o tempo de preparação da Seleção Brasileira de Futebol, a cidade de Quito no Equador, começou a receber os primeiros integrantes da Seleção Brasileira, para os próximos dois jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar.

A primeira leva a desembarcar na capital equatoriana teve o meia Éverton Ribeiro e o atacante Gabigol, ambos do Flamengo, além do técnico Tite e dos membros da comissão técnica da Seleção. A primeira partida será contra a seleção dona da casa o Equador, nesta quinta-feira e contra o Paraguai na próxima terça-feira (1) no Mineirão.

Os demais atletas, todos que atuam na Europa, viajaram em voo fretado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A única exceção é o goleiro Weverton, do Palmeiras, que jogou neste domingo e também viaja nesta segunda, em voo de carreira.

O Comitê de Operações de Emergência (COE) do Equador decidiu que a partida entre a seleção local e o Brasil, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar, ocorrerá sem público. A bola rola na quinta-feira, às 18h (de Brasília), no Estádio Rodrigo Paz Delgado, também conhecido como Casa Blanca, em Quito.

A Federação Equatoriana de Futebol (FEF) tinha solicitado às autoridades de saúde do país a liberação de 60% da capacidade do estádio, que ao todo comporta aproximadamente 40 mil pessoas. A entidade citou em seus argumentos até mesmo o fato de que a Seleção Brasileira terá disponível 100% da capacidade do Mineirão para o seu próximo jogo, no dia . Mesmo assim, o pedido foi negado.

De acordo com as análises realizadas e conforme as informações técnicas disponíveis e a situação epidemiológica atual, a sugestão é que a partida se realize sem público a fim de preservar a saúde e o bem-estar da população, evitando um possível pico nos casos de Covid-19“, informou a COE em seu comunicado.

Quito anunciouAlerta Laranja em razão da Pandemia de Covid-19 entre os dias 24 e 31 de janeiro, o que limita a capacidade de locais como bares e restaurantes a 30% da capacidade, sempre seguindo protocolos de segurança. O Alerta Laranja é o segundo mais grave, atrás somente do Vermelho. Também há Amarelo e Verde“.

A Federação Equatoriana já tinha comercializado aproximadamente 20 mil ingressos em dezembro e precisará reembolsar os torcedores.

O jogo contra o Brasil, que já está classificado para o Mundial, vale pela 15ª rodada das Eliminatórias. A seleção equatoriana está em terceiro na classificação, com 23 pontos. Caso vença o Brasil, precisará somar só mais um ponto nas três rodadas finais para sacramentar sua vaga no Qatar.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Estado de Mato Grosso registra redução de 30% em crimes de roubo
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA