ESPORTES

Estadual tem menos de 800 torcedores por jogo

Publicados

em

A média do Campeonato Mato-grossense 2015, que registrou 2.149 torcedores por jogo na 1ª rodada, fechou a 1ª Fase com apenas 747,82 pagantes por partida. Em 40 jogos a competição levou um total de 29.913 pagantes aos estádios.

arenaA queda veio rodada após rodada. O maior público ainda é o da rodada dupla que abriu a competição, no dia 1º de fevereiro: 6.659 pagantes nos jogos Cuiabá 1×0 Dom Bosco e Operário 3×0 Mixto.

Depois disso, o que mais se aproximou do recorde foi o jogo Sinop 0 x 0 Mixto, dia 22 no Estádio Gigante do Norte, que registrou 3.032 pagantes. A rodada dupla do último domingo, que repetiu os confrontos inaugurais do certame, recebeu somente 1.275 torcedores.

Individualmente, o time com melhor média pagante continua sendo o Sinop – 1.604 por jogo. O Poconé, com média de 766,2 e o Cacerense, com 627,7, vêm em seguida.

Os recordes negativos do ano são do REC: 58 testemunhas no 0x0 como Cuiabá e 61 na goleada de 4×0 sobre o Cacerense, além de 92 pagantes na vitória sobre o Dom Bosco (2×0).

Cuiabá e Várzea Grande

Como os jogos de Mixto, Dom Bosco, Cuiabá e Operário envolveram várias rodadas duplas, optamos por fazer uma média geral das partidas da Arena Pantanal e do Estádio Presidente Dutra. O resultado, em 20 jogos, mostra um total de 13.961 pagantes, com média de 698,05.

A melhor solução é mesmo a realização de rodadas duplas na Arena. Foram seis até agora, com um total de 10.735 pagantes e média de 1,789.

Em jogos isolados, sem rodada dupla, o desempenho dos times da Baixada Cuiabana continua sendo pífio:

O Operário fez apenas uma partida (1×0 no LEC), com 575 pagantes.

O Mixto, em dois jogos (1×2 Sinop e 2×1 Poconé) registrou média de 432,5 torcedores.

O Dom Bosco, em apenas um jogo (2×0 com o REC), teve 365 pagantes.

O Cuiabá, também em um jogo apenas (0x0 REC), recebeu 157 torcedores.

Interior

A média dos times do interior em jogos em casa na 1ª Fase do Estadual foi a seguinte:

Sinop – 1.604 pagantes por jogo

Poconé – 766,2

Cacerense – 627,7

Luverdense – 469,7

União – 429

REC – 70,3

(Craques do Rádio).

 

Leia Também:  Copa FMF 2020: Mixto 2020 terá 9 destaques

 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Dourado perde para o Furacão e cai para a 16ª posição

Publicados

em

Em confronto direto contra o rebaixamento, o Athletico (PR) fez valer o mando de campo, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e venceu o Cuiabá, por 1 a 0, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro em jogo atrasado da 35ª rodada.

O gol da vitória foi marcado por Pedro Rocha, que praticamente confirmou a permanência do atual Campeão da Copa Sul-Americana na elite nacional e se afastou do Z-4, com 45 pontos somados. Já a equipe Auriverde aparece na 16ª posição, com 43 pontos.

O jogo

O Athletico ditou o ritmo do primeiro tempo na Arena da Baixada, mas encontrou dificuldades para furar o bloqueio adversário. Sem achar os espaços, a equipe paranaense optou pelas jogadas aéreas e pelos chute de média distância, estratégia que quase surtiu efeito na cabeçadas de Pedro Henrique e em arremate de Nikão. Do outro lado, o Cuiabá assustou em duas tentativas de Jenison, a primeira foi para fora e a segunda parou no goleiro Santos.

Depois das conversas nos vestiários, o Furacão manteve o domínio das ações, mas dessa vez foi efetivo no ataque para construir o resultado. Antes da rede balançar em Curitiba, Erick e Nikão tiveram chances para o time da casa. Mas foi com Pedro Rocha que o Athletico balançou as redes.

Aos 12 minutos, após cruzamento na área, o goleiro do Dourado afastou parcialmente o perigo e, no rebote, o atacante apareceu para completar para o fundo do gol: 1 a 0. Com a vantagem, o Rubro-Negro passou a cadenciar o jogo e conseguiu segurar a vitória até o apito final.

Com o resultado, o Furacão subiu para a 12ª colocação, com 45 pontos, e agora encara o Palmeiras, na próxima segunda-feira e pode sacramentar o risco matematicamente.

A situação do Cuiabá, que parecia confortável há algumas rodadas, ganhou uma reviravolta. O Dourado caiu para a 16ª posição, com 43, três pontos à frente do Bahia, que abre o Z4. Na próxima partida, recebe o Fortaleza.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

Athletico 1 x 0 Cuiabá

Local: Arena da Baixada, Curitiba-PR
​Data/horário: 03 de dezembro de 2021, às 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistente 1: Éder Alexandre (SC)
Assistente 2: Thiaggo Americano Labes (SC)
Quarto árbitro: Leonardo Sígari Zanon (PR)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Gols marcados: Pedro Rocha (1-0) (12’/2T)
Cartões amarelos: Nico González, Fernando Canesin (Athletico), Walter, Marllon, João Lucas, Rafael Gava, Clayson, Elton (Cuiabá)

Athletico Paranaense: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolás Hernández (Bissoli – intervalo); Marcinho, Erick, Léo Cittadini (Fernando Canesin 26’/2T) e Abner Vinícius; Terans (Pedrinho 35’/2T), Nikão e Pedro Rocha (Zé Ivaldo 35’/2T).

– Técnico: Alberto Valentim.

Cuiabá: Walter; João Lucas, Marllon (Uillian Correia 40’/2T), Paulão e Uendel; Camilo, Rafael Gava (Yuri Lima 21’/2T) e Pepê (Cabrera 17’/2T); Max (Clayson 18’/2T), Felipe Marques e Jenison (Élton 18’/2T).

– Técnico: Jorginho.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dirigente do Mixto diz que cancelamento da Copa FMF é um desrespeito ao futebol
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA