DE VOLTA PRA CASA

Eduardo Henrique é o novo técnico do Mixto

Publicados

em

Com experiência no futebol profissional e nas categorias de base, Eduardo Henrique é o novo técnico do Mixto Esporte Clube, e assume o Alvinegro da Vargas para ajudar na implantação de uma filosofia de jogo, que vai nortear todas as categorias dentro do clube.

Eduardo Henrique tem 41 anos e tem experiência principalmente no futebol mato-grossense. Tem graduação em educação física e possui a licença B da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Realizou o curso de especialização de treinamento esportivo da entidade máxima do futebol brasileiro.

O presidente do Mixto Esporte Clube, Vinícius Falcão acredita no potencial do novo treinador, que não vai colaborar apenas dentro de campo.

Ele vai nos ajudar a fazer toda a reestruturação. Fazer a integração das categorias de base com o profissional. Vamos estipular estilo de jogo e formação tática que o clube deve jogar e isso deverá ser utilizado em todas as categorias. Conhecemos a capacidade do Eduardo e sabemos que ele vai nos ajudar muito na implantação dessa filosofia”, destacou o presidente.

Eduardo Henrique teve passagem pelo Mixto há oito anos. Em 2012 foi o técnico responsável pelo título da Copa Mato Grosso, atual Copa FMF. Em 2013 estava na vice-liderança do Campeonato Mato-grossense pelo Alvinegro, mas foi trocado pela diretoria na época.

Clubes que já treinou

Matsubara-PR; União Bandeirantes-PR; Puseng Go-Coreia do Sul; Uberaba-MG; Independente-SP; Vila Aurora; Sorriso; Cacerense; União; Luverdense; Operário Várzea-grandense; e Cuiabá.

O seu último trabalho foi no Cuiabá, onde ficou cinco anos. Comandava as categorias de base do clube e chegou a treinar o time profissional por algumas oportunidades.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Farra no futebol acabou e Globo perde Libertadores
Propaganda

ESPORTES

Mixto Feminino realiza ação solidária durante a “Pandemia”

Publicados

em

A “Pandemia do Covid-19” interrompeu uma tradição cuiabana: sentar e conversar com os amigos e vizinhos, comer um delicioso bolo de arroz, tomar o famoso cafezinho com os amigos, fumar um cigarro de palha. Trouxe ainda consequências mais preocupantes: doença, desemprego e fome. Mas situações de crise também criam oportunidades.

Uma ação solidária foi criada como um instrumento para transformar o desejo de quem quer ajudar, ainda que isolado em sua casa, pessoas que estão enfrentando imensas dificuldades nesta realidade imposta pela pandemia do novo “Coronavírus“.

O time do Mixto Feminino desenvolve ação e arrecada kits básicos às famílias de atletas em situação de vulnerabilidade. Cerca de 34 kits foram distribuídas em prol de amenizar o impacto financeiro durante a pandemia do novo Coronavírus.

O período de “Pandemia” do novo Coronavírus tem afetado diretamente muitas famílias. Uma ação desenvolvida pelo Mixto Feminino resultou na doação de kits de cestas básicas, com alimentos e produtos de limpeza à famílias de atletas de 12 a 25 anos cadastradas no Projeto Toque de Letra.

Ao todo, 34 kits foram doadas pela Associação Mato-grossense de Esportes Olímpicos (Ameco) e distribuídas aos atletas.

Vivemos dias de dificuldades em razão da propagação do vírus. Como não foi possível fazermos a entrega dos kits coletivamente, mantivemos o compromisso e fizemos uma força tarefa para que sejam entregues em domicílio. O Kit não cessará a fome das famílias, porém, por alguns dias os pais e a mães das atletas contempladas terão pelo menos o básico para colocar na mesa, destacou Renner Benevides.

O Projeto Toque de Letra atende 62 meninas de oito a 20 anos, e tem como objetivo descobrir novos talento do futebol feminino em Mato Grosso. O projeto é coordenado pelos professores Celso Nunes e Renner Benevides.

O Mixto Feminino projeta a próxima ação, com o objetivo de doar 100 marmitas para andarilhos que estão em situação de vulnerabilidade em Cuiabá. O projeto ressalta a importância de colaboradores e parceiros.

Para mais informações e doações, entrar em contato através dos seguintes números: (65) 99307 2494 e (65) 9980 11982.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cuiabá fica só no empate com o Brasil de Pelotas
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA