NO TOP 13 BRASIL

Dudu Cuiabaninho quer fechar 2021 dentro do top dez nacional

Publicados

em

Com 11 anos de idade, Dudu Cuiabano embarca para a II Copa Orthopride de Tênis, de 16 a 19 de setembro, válida pelo Circuito Nacional Infanto-Juvenil da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), no Novo Rio Country Clube, no Rio de Janeiro (RJ). E, na sequência, encarará a Taroii Juniors Cup, de 27/09 a 03 de outubro, no Itamirim Clube de Campo, em Itajaí (SC), e ainda o Torneio Gaspar, de 07 a 10 de outubro, no Guarani Esporte Clube, em Blumenau (SC).

Meu espírito de competição está forte e estou bastante confiante. Recém voltei de um torneio em São Paulo, onde tive partidas difíceis e ganhei experiência, e, desde então, treinei bastante focado em aperfeiçoar técnicas para os próximos torneios. O que reforçou ainda mais minha confiança e expectativa para obter novos resultados“, conta Livas Eduardo Damazio, o ‘Dudu Cuiabano’.

Apesar da pouca idade, na faixa etária de uma criança, 11 anos, Dudu Cuiabano já sabe o que deseja para a vida adulta e marcha, com passos firmes, em busca da concretização desse sonho, ser tenista profissional internacional. E enfrenta, sem qualquer pipilo, todos os obstáculos comuns aos meninos com o mesmo objetivo, bem como sofre entraves extras comuns de quem não reside nas grandes praças do tênis, como São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Para Livas Tarcilio Damazio, treinador do pequeno tenista, professor de tênis na academia Tennis Company, em Cuiabá, e profissional de educação física, Dudu Cuiabano passa pelos mesmos obstáculos de todo atleta, como, por exemplo, encarar a disciplina rígida de treinamento de longo prazo e a falta de apoio governamental, mas também encara barreiras extras, àquelas advindas de morar longe das cidades onde ocorrem os principais torneios.

Nossa logística provoca maior gasto financeiro. Isso se traduz em participar de menos torneios por ano por falta de recursos e então conquistar menos pontos para o ranking. Também há certo desgaste físico maior em viagens de cerca de dois mil quilômetros, como ir até Itajaí (SC) ou Porto Alegre (RS). Ainda assim, mesmo diante desse cenário, ele não fica para trás. Compete de igual numa categoria acima da idade. Ele possui 11 anos e joga contra meninos de 12 anos. Isso é muito significativo nessa faixa etária, explica o professor, Livas Damazio.

Dudu Cuiabano disputou 11 nacionais neste ano, tendo conquistado três troféus de vice-campeão e alcançado quartas de final noutras três oportunidades. O que acumulou 356 pontos e colocou o menino, atualmente, entre os 264 tenistas rankeados, na 13ª posição do ranking nacional infanto-juvenil da CBT.

Além disso, dentre os treze tenistas melhor ranqueados, apenas ele e mais um possuem 11 anos de idade, enquanto todos os demais são garotos de 12 anos.

A meta é de fechar 2021 no top dez. Neste ano, em alguns momentos, ele já oscilou para dentro do top dez. O que nos fez cogitar ampliar essa meta e buscar posições mais altas. Portanto, temos estudado uma estratégia que nos permita reajustar a meta para cima. Ele tem mais três torneios nas próximas semanas e estamos confiantes. O apoio de mais patrocinadores nos ajudaria na elaboração da estratégia“, diz o segundo treinador e irmão, Pedro Victor Damazio, 19 anos.

Patrocinador

Livas Eduardo Damazio, o ‘Dudu Cuiabano’, de 11 anos, conta com o suporte da OnLine Engenharia de Sistemas (pelo segundo ano juntos), da Unimed Cuiabá (2ª ano), da Humana Medicina Integral e da Florescer Moda Feminina.

Suporte sem o qual não seria possível participar da quantidade necessária de torneios para competir minimamente de igual para igual com os melhores do país.

Agradecemos demais pelo apoio dessas empresas. Seria mais difícil, se não impossível, sem o auxílio delas. Estamos esperançosos para o resultado desse ano, mas, principalmente, muito motivados frente aos planos para 2022. O Dudu estará com 12 anos e estará no seu auge nessa categoria de 12 anos. Isso significa muitos resultados. Além disso, planejamos participar do Sul-Americano e de uma Gira Europeia, será a primeira vez dele em torneios europeus, conta o treinador principal, Livas Tarcilio Damazio.

Contato

Instagram do tenista: @dudu_cuiabaninho
WhatsApp assessoria de imprensa: 65-99611-8288
Crédito Fotógrafo (Lei 9610/98): Junior Martins

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  TJ suspende lei que autorizava R$ 2 milhões aos clubes de MT
Propaganda

ESPORTES

Prefeito de Cuiabá recebe visita de atletas paralímpico e reitera fomento ao esporte

Publicados

em

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, recebeu a visita no Palácio Alencastro de dois grandes atletas paralímpicos na categoria de “Goalboll”, sendo esse um esporte criado exclusivamente para pessoas com deficiência visual. Romário Marques, 36 anos, medalhista de ouro na Paraolimpíadas de Tóquio 2020 e a atleta Ana Carolina Duarte, 32 anos, que perdeu a visão aos 12 anos, em decorrência de uma operação a que foi submetida para a retirada de um tumor cerebral.

Ambos vieram para Cuiabá para fortalecer as práticas desportivas.

É motivo de orgulho abrigar na capital esses grandes atletas que podem ser considerados como verdadeiros artistas. A inclusão social é uma das marcas da nossa gestão, voltada para a humanização dos serviços a fim de oferecer melhores condições e qualidade de vida à população cuiabana. Trabalhamos diuturnamente para alcançar esses objetivos”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

O encontro foi organizado pelo secretário-adjunto da Pessoa com Deficiência, Rubens da Silva, o Rubinho da Guia que trabalha sempre em busca da efetivação de políticas públicas voltadas as pessoas com algum tipo de deficiência.

Me sinto honrado por recepcionar esses dois grandes símbolos do “Goalbol” que mesmo diante das dificuldades não desistiram e já estão colhendo os louros. Esses exemplos devem servir de incentivo para às pessoas com deficiência visual, que é impossível praticar algum tipo de esporte. Eles provaram que é possível e vale a pena”, declarou o secretário-adjunto da Pessoa com Deficiência, Rubens da Silva.

Honrado com tamanha receptividade do prefeito Emanuel Pinheiro e secretários, Romário Marques reafirmou a vontade de fazer a diferença e de fomentar novos desportistas para representar Mato Grosso em todo o país.

Já são mais de dezesseis anos de luta e muitos desafios. Acredito que essa vasta experiência vai servir para muitos que se sentem incapazes e desmotivados em fazer algo diferente pelo Brasil”, afirmou o atleta Romário.

Já Carol, como é conhecida nas quadras, asseverou a fala do companheiro de esporte.

Após essa visita junto ao prefeito Emanuel Pinheiro nós temos a certeza que teremos todo apoio necessário para dar continuidade, como também abrir novos trabalhos e novas equipes de Goalbolls”, destacou ela.

A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob, hipotecou o apoio do Município.

Assumi a pasta com uma determinação do nosso prefeito Emanuel Pinheiro em elaborar projetos esportivos para as pessoas com deficiência. Vou precisar e muito do apoio deles. Nós entendemos das logísticas, mas somente eles que vivenciam as práticas sabem o que realmente precisa”, informou a secretária Carlina,

Quero aqui deixar registrada essa parceria. Do que vocês precisarem do poder público municipal, podem contar. Estamos abertos para ajudar no que necessário for”, finalizou.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Empresa frigorífica lança liquido preto no Rio Cuiabá
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA