SEGUE NA LIDERANÇA

Cuiabá vence a Ponte Preta e dispara na liderança

Publicados

em

Em partida valida pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No Estádio Governador José Fragelli, a “Arena Pantanal” na tarde noite desta sexta-feira (9), o Cuiabá confirmou o excelente momento, e venceu a Ponte Preta por 2 a 1, com dois gols do atacante Felipe Marques e disparou na liderança da Série B.

Com a vitória, o Cuiabá chegou aos 32 pontos e voltou a abrir seis pontos do segundo colocado da Série B, a Chapeconese, com 26 pontos, que empatou com o Figueirense, em 0 a 0, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

O América subiu para a terceira posição, com 26 pontos e a Ponte Preta caiu para a quarta posição, com 24 e ainda pode ser ultrapassada por Juventude e Paraná, ambos com 23 pontos e que jogam neste sábado contra Brasil (RS) e CSA, respectivamente.

A partida foi marcada pelo forte calor de Cuiabá. O jogo começou com o termômetro marcando 42ºC, às 17h30 em Cuiabá, e terminou com 38ºC.

O jogo

A expectativa de uma boa partida foi confirmada logo nos primeiros momentos. Antes mesmo dos 15 minutos, o Cuiabá assustou com Elton e a resposta da Ponte veio com João Paulo, em lance que triscou o poste de João Carlos.

Quando o Dourado acertou, ele foi mortal. Elvis recebeu na área, achou Felipe Marques sozinho e o atacante não desperdiçou, 1 a 0.

A vantagem poderia ter sido ampliada antes do intervalo, mas Ivan salvou. No cruzamento da esquerda, Elton desviou e o camisa 1 fez milagre.

Na etapa final o Cuiabá ampliou aos 12 minutos. De fora da área, Felipe Marques arriscou e acertou o cantinho de Ivan, 2 a 0.

Se o coletivo não funcionava, a Ponte só voltou para o jogo na bola parada. Apodi levantou, a bola passou por todo mundo e Luizão completou para o gol, 2 a 1.

Com a necessidade de buscar o empate, a Ponte não conseguia penetrar na zaga rival. O jeito foi apostar nos chutes de fora da área. Na melhor finalização, Pato arriscou e João Carlos fez boa defesa.

O Cuiabá volta a campo já na próxima terça-feira (13), quando vai a Campinas enfrentar o Guarani, no Estádio Brinco de Ouro, às 21h30 (horário de Brasília), pela 16ª rodada da Série B.

A Ponte Preta volta a campo na próxima segunda-feira (12), às 20h, quando enfrenta o Náutico nos Aflitos.

Ficha Técnica

Cuiabá 2 x 1 Ponte Preta

Local – Arena Pantanal, Cuiabá (MT)
Árbitro – Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Assistentes – Flavio Gomes Barroca (RN) e Francisco de Assis da Hora (RN)
Cartão Amarelo: Luiz Gustavo (Cuiabá)
Gol: Felipe Marques, aos 25 minutos do 1º tempo e 12 do 2º tempo (Cuiabá), Luizão (Ponte Preta), aos 21 minutos do 2º tempo.

CUIABÁ – 2

João Carlos; Hayner, Ednei, Anderson Conceição (Everton Sena) e Romário; Luiz Gustavo, Matheus Barbosa e Elvis (Ferrugem); Yago (Lucas Ramon), Elton (Jenison) e Felipe Marques (Maxwell).
– Técnico: Marcelo Chamusca

PONTE PRETA – 1

Ivan; Apodei, Luizão, Alisson e Guilherme Lazaroni; Luiz Oyama (Bruno Reis), Dawhan e João Paulo; Moises (Camilo), Matheus Pexito e Bruno Rodrigues (Luan Dias).
– Técnico: Marcelo Oliveira

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Clubes de MT decidem vaga na Copa do Brasil de Futsal
Propaganda

ESPORTES

Ação e Grêmio na 1ª Divisão de 2021

Publicados

em

O Atlético Mato-grossense, que precisava apenas de um empate para ser finalista da Segunda Divisão de Mato Grosso e subir para a elite do futebol estadual cumpriu a promessa feita por seus dirigentes no sábado e não viajou para o jogo desta tarde em Sorriso, contra o Grêmio Sorriso e acabou perdendo por W.O., permitindo desta forma que o adversário ficasse com a vaga para a grande final contra o Ação Santo Antônio e a vaga para a elite de 2021.

Na sexta-feira, na sede da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), a diretoria do Atlético Mato-grossense ficou sabendo o time seria punido por ter utilizado em sua estreia o volante Diego Chagas, que em 2019 jogava pelo Dom Bosco e havia sido expulso no último jogo daquela competição e não cumprido a pena de quatro jogos. Como atuou agora pela Segunda Divisão ele estava em condição irregular.

Diante da situação e já sabendo que não poderia disputar o titulo da Segundona e nem mesmo subir para elite, a diretoria tomou a decisão de não mandar o time para Sorriso, dispensando todos os jogadores. Assim não houve jogo no Estádio Egídio José Preima, em Sorriso.

O árbitro Jean Maciel Latorraca cumpriu o regulamento e encerrou a partida, após aguardar os trinta minutos regulamentares.

Com isso, o Grêmio Sorriso retorna à primeira divisão do Campeonato Mato-grossense do próximo ano e disputará o título contra o time de Santo Antônio do Leverger.

Ação na 1ª Divisão de 2021

Já a cidade de Santo Antônio do Leverger terá no ano que vem um time disputando a Primeira Divisão do futebol mato-grossense. É o Ação Santo Antônio, que jogando neste domingo, no Estádio Dito Souza, em Várzea Grande goleou o time do Santa Cruz, de Barra do Bugres por 4 a 0.

Com o resultado, além de garantir vaga para a elite, o time levergense ganhou ainda o direito de disputar o título da Segunda Divisão estadual contra o Grêmio Sorriso, que nem precisou suar a camisa, pois o Atlético Mato-grossense não compareceu para o compromisso das semifinais.

Os gols da goleada do Ação foram marcados por Paulinho Mingau (2) e Igor Vieira (2) .

A Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) divulgará nos próximos dias datas, horários e locais do confronto.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Convocação da Seleção Brasileira será na sexta-feira (23)
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA