CUIABÁ FORA DO G4

Cuiabá sofreu derrota para o CSA e ficou fora do G4

Publicados

em

O Cuiabá Esporte Clube perdeu a chance de voltar para o G4, a zona de acesso do Campeonato Brasileiro da Série B, neste sábado, pela 22ª rodada da competição ao ser derrotado pelo Centro Sportivo Alagoano, o CSA por 1 a 0, na Arena Pantanal, em Cuiabá, pela 22.ª rodada. Esse é o segundo revés em dois jogos sob o comando do técnico Allan Aal, que substituiu Marcelo Chamusca.

Sem vencer há três partidas na Série B, o Cuiabá tem os mesmos 37 pontos de Sampaio Corrêa e Juventude, mas aparece na quinta colocação porque leva a pior nos critérios de desempate. Já o CSA voltou a ganhar depois de duas derrotas e subiu para o nono lugar, com 31.

A expectativa de um jogo movimentado na Arena Pantanal não se confirmou. Pelo menos no primeiro tempo. Os dois times encontravam dificuldades para criar lances de perigo e o Cuiabá viu a situação ficar mais complicada quando Elvis sentiu uma lesão muscular e precisou ser substituído.

O placar foi aberto no primeiro chute ao gol. Aos 31 minutos, Rodrigo Pimpão viu o goleiro João Carlos adiantado e bateu por cobertura na entrada da área. A resposta do Cuiabá veio em cobrança de falta de Luiz Gustavo defendida por Matheus Mendes. Nos acréscimos, Norberto perdeu a chance de ampliar para o CSA ao acertar a trave.

O Cuiabá até voltou melhor do intervalo, mas tinha dificuldades para oferecer perigo ao goleiro Matheus Mendes. Por outro lado, o CSA esteve perto de ampliar aos 18 minutos. Rodrigo Pimpão recebeu de Paulo Sérgio e bateu forte e João Carlos desviou com as pontas dos dedos antes da bola explodir no travessão.

Aos 29 minutos, Jenison recebeu de Rafael Gava e bateu pela linha de fundo. O CSA recuou demais e não conseguia acertar o contra-ataque para matar o jogo. Por sua vez, o Cuiabá sentiu falta de um camisa 10 Elvis saiu machucado no início do jogo, e não produziu para chegar ao empate.

Os dois times voltam a campo nesta terça-feira, às 19h15, pela 23ª rodada. O Cuiabá enfrenta o Confiança, no Estádio Batistão, em Aracaju, enquanto que o Centro Sportivo Alagoano recebe o Operário (PR), no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

FICHA TÉCNICA

CUIABÁ 0 x 1 CSA

GOL – Rodrigo Pimpão, aos 31 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS – Hayner, Romário e Elvis (Cuiabá); Yago, Geovane e Andrigo (CSA).
ÁRBITRO – Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS).
RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.
LOCAL – Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).

CUIABÁ – João Carlos; Lenon (Yago), Ednei (Kunde), Anderson Conceição e Romário; Nenê Bonilha, Luiz Gustavo, Hayner e Elvis (Marcinho); Elton e Maxwell (Rafael Gava). Técnico: Allan Aal.

CSA – Matheus Mendes; Norberto, Lucas Dias, Cleberson e Diego Renan; Geovane, Yago (Cedric), Nadson (Marquinhos) e Andrigo (Rafael Bilu); Rodrigo Pimpão (Pedro Júnior) e Paulo Sérgio (Rone). Técnico: Mozart.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Tubarões de Fogo vence prova de natação da Maratona Aquática
Propaganda

ESPORTES

Atletas do Jiu-Jitsu Rotam da PM são contemplados com bolsa atleta do Governo de Mato Grosso

Publicados

em

Esta semana, atletas do projeto social Jiu-Jitsu Rotam da Polícia Militar foram contemplados com o apoio financeiro do Programa Bolsa Atleta do Governo do Estado. Com o recurso, Felipe Leonardo Costa Lima, de 17 anos, e Lucas Santana Nascimento, de 16 anos, poderão custear suas atividades esportivas.

Pela primeira vez, alunos atletas do projeto da PM desenvolvido pelo Batalhão Rotam foram aprovados e conquistaram o aporte financeiro do programa.

Felipe Leonardo, que é faixa azul, está no Jiu-Jitsu Rotam há seis anos, é um dos alunos mais antigos do projeto e já coleciona inúmeras vitórias no tatame.

Somente no ano de 2019, o jovem venceu quatro das seis lutas em que participou. Mesmo diante de um ano pandêmico, Felipe não parou de treinar, a dedicação ao jiu-jitsu levou o atleta mais uma vez a subir ao pódio; o atleta conquistou medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Esportivo (CBJJE), em São Paulo.

Atleta faixa azul, Lucas Santana do Nascimento está no projeto social da Rotam há três anos e já venceu competições importantes como Abu Dhabi Jiu- Jitsu PRO AJP e o primeiro lugar do Campeonato Estadual de Jiu-Jitsu.

Com o aporte financeiro, os dois jovens moradores do bairro Dom Aquino, na capital, poderão custear uniformes, materiais esportivos, transporte, alimentação, suplementação para alta performance, hospedagem para participar das competições, entre outras necessidades.

O Programa Bolsa Atleta da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer garante benefício financeiro com valores entre R$ 250 a R$ 1,6 mil pelo período de 12 meses. Mais dois atletas do projeto da Polícia Militar já estão na lista de espera para serem contemplados com o benefício. Para que os atletas fossem selecionados tiveram que preencher vários requisitos, onde foi elaborado currículo individual com todas as conquistas de cada participante.

Projeto Jiu-Jitsu Rotam

O projeto Jiu-Jitsu Rotam é coordenado por policiais militares e atende cerca de 200 crianças e adolescentes de seis a 17 anos de idade. Por meio da prática esportiva, a PM busca atender famílias carentes que através de aulas gratuitas de Jiu-Jitsu fomentam a importância do esporte e da cidadania, evitando a ociosidade.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Águas Cuiabá intensifica atendimento nos bairros
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA