AUTÓDROMO BOM FUTURO

Brasileiro de Velocidade na Terra em Cuiabá terá show de Bruna Viola

Publicados

em

Cuiabá será a capital nacional de Velocidade na Terra. No próximo fim de semana, 25, 26 e 27 de novembro, acontece a etapa única do Brasileiro. Serão, aproximadamente, 100 pilotos na disputa pelo título no Kartcross e Autocross, no autódromo do Bom Futuro.

Ainda existem vagas a serem preenchidas e lista de espera para determinada categoria. O número expressivo de piloto aponta a evolução da categoria no Brasil, apoiada pela Confederação Brasileira de Automobilismo e que passa a ser gerida por uma empresa formada pelos pilotos Fernando Maggi Scheffer e Reck Junior.

Nessa nova fase do Velocidade na Terra, já temos uma amostra da força que a modalidade tem. As inscrições no Kartcross são a prova material de que a semente plantada no passado começa a dar seus frutos e que estamos no caminho certo. Queremos retribuir a confiança dos pilotos entregando um campeonato incrível. Este novo ciclo vem sendo desenhado desde 2017. Estamos trabalhando duro e vamos fazer história”, destacou Gian Pasquali, CEO da SR Promoção de Eventos.

Essa edição do Brasileiro vai misturar nomes de pilotos já consagrados na terra e outros que ainda buscam espaço. No Kartcross, os campeões das últimas quatro edições confirmaram presença. São eles:

– Alan Synthes – o atual campeão – (2017 e 2020), Felipe De Nadai (2018) e Marcos Beck (2019).

No Autocross, estarão presentes Ricardo Basso, Adroaldo Weisheimer, Vanderlei Reck, Gilliard Scheffer, Wellington Antunes, entre outros campeões nacionais. E, no Turismo VNT, há uma grande renovação e um engajamento muito forte dos pilotos da casa e de estados como Rio Grande do Sul, Bahia e Espírito Santo.

O campeonato deste ano deve ser marcado por grandes disputas, que serão transmitidas ao vivo pelos canais digitais da categoria, e também pelo retorno do público ao evento.

Atrações

Três atrações vão abrilhantar a decisão do título nacional da temporada 2021 do Velocidade na Terra. Bruna Viola, Rafa Garcia e Felipe & Ferrari serão os responsáveis por animar ainda mais a festa do título no encerramento do campeonato no sábado (27), no Autódromo Bom Futuro.

O público poderá acompanhar as corridas e os shows de duas maneiras: arquibancada e área VIP. Na primeira opção os ingressos devem ser trocados por 1kg de alimento não perecível no dia do evento. A arquibancada tem limite de 500 pessoas.

A programação do VNT Brasil começa na quinta-feira (25) com sessões de treinos livres para as três categorias em disputa: Autocross, Kartcross e Turismo VNT. Na sexta-feira (26) o público poderá assistir a quatro sessões de classificação e seis corridas ao longo da tarde e da noite.

No sábado (27), dia das decisões, serão mais quatro classificatórias e seis corridas. Os shows acontecem após o término das atividades de pista.

Credenciamento e Ingressos

Na área VIP os ingressos podem ser adquiridos pelo telefone (65) 98402-8520. Para a quinta-feira (25) e sexta-feira (26), o público pode acessar as arquibancadas gratuitamente.

Credenciamento de Imprensa

Os jornalistas e profissionais de mídias que tiverem interesse em acompanhar o evento presencialmente devem pedir o credenciamento até o dia 23/11 (terça-feira). Para solicitar o credenciamento, basta preencher o formulário do link: https://forms.gle/1u7TQktKZJZGJGq89.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  União e Poconé decidem vaga nesta quarta-feira
Propaganda

ESPORTES

Dourado perde para o Furacão e cai para a 16ª posição

Publicados

em

Em confronto direto contra o rebaixamento, o Athletico (PR) fez valer o mando de campo, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e venceu o Cuiabá, por 1 a 0, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro em jogo atrasado da 35ª rodada.

O gol da vitória foi marcado por Pedro Rocha, que praticamente confirmou a permanência do atual Campeão da Copa Sul-Americana na elite nacional e se afastou do Z-4, com 45 pontos somados. Já a equipe Auriverde aparece na 16ª posição, com 43 pontos.

O jogo

O Athletico ditou o ritmo do primeiro tempo na Arena da Baixada, mas encontrou dificuldades para furar o bloqueio adversário. Sem achar os espaços, a equipe paranaense optou pelas jogadas aéreas e pelos chute de média distância, estratégia que quase surtiu efeito na cabeçadas de Pedro Henrique e em arremate de Nikão. Do outro lado, o Cuiabá assustou em duas tentativas de Jenison, a primeira foi para fora e a segunda parou no goleiro Santos.

Depois das conversas nos vestiários, o Furacão manteve o domínio das ações, mas dessa vez foi efetivo no ataque para construir o resultado. Antes da rede balançar em Curitiba, Erick e Nikão tiveram chances para o time da casa. Mas foi com Pedro Rocha que o Athletico balançou as redes.

Aos 12 minutos, após cruzamento na área, o goleiro do Dourado afastou parcialmente o perigo e, no rebote, o atacante apareceu para completar para o fundo do gol: 1 a 0. Com a vantagem, o Rubro-Negro passou a cadenciar o jogo e conseguiu segurar a vitória até o apito final.

Com o resultado, o Furacão subiu para a 12ª colocação, com 45 pontos, e agora encara o Palmeiras, na próxima segunda-feira e pode sacramentar o risco matematicamente.

A situação do Cuiabá, que parecia confortável há algumas rodadas, ganhou uma reviravolta. O Dourado caiu para a 16ª posição, com 43, três pontos à frente do Bahia, que abre o Z4. Na próxima partida, recebe o Fortaleza.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

Athletico 1 x 0 Cuiabá

Local: Arena da Baixada, Curitiba-PR
​Data/horário: 03 de dezembro de 2021, às 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistente 1: Éder Alexandre (SC)
Assistente 2: Thiaggo Americano Labes (SC)
Quarto árbitro: Leonardo Sígari Zanon (PR)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Gols marcados: Pedro Rocha (1-0) (12’/2T)
Cartões amarelos: Nico González, Fernando Canesin (Athletico), Walter, Marllon, João Lucas, Rafael Gava, Clayson, Elton (Cuiabá)

Athletico Paranaense: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolás Hernández (Bissoli – intervalo); Marcinho, Erick, Léo Cittadini (Fernando Canesin 26’/2T) e Abner Vinícius; Terans (Pedrinho 35’/2T), Nikão e Pedro Rocha (Zé Ivaldo 35’/2T).

– Técnico: Alberto Valentim.

Cuiabá: Walter; João Lucas, Marllon (Uillian Correia 40’/2T), Paulão e Uendel; Camilo, Rafael Gava (Yuri Lima 21’/2T) e Pepê (Cabrera 17’/2T); Max (Clayson 18’/2T), Felipe Marques e Jenison (Élton 18’/2T).

– Técnico: Jorginho.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Clubes darão férias e negociarão salários individualmente de seus jogadores
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA