DE VOLTA SERIE A

Botafoguenses cuiabanos preparam festa para retorno à Série A do Brasileirão 2022

Publicados

em

A torcida do Botafogo de Futebol e Regatas, em Mato Grosso, pretende fazer uma grande festa, nesta segunda-feira (15), para comemorar o retorno do clube ao Brasileirão da Séria A, em 2022. A concentração foi preparada pela subsede Cuiabá da Torcida Fúria Jovem do Botafogo (60ª Canil), a segunda maior organizada do clube.

No local preparado pela Fúria Jovem, muitos vão assistir à partida do Fogão contra o Operário (PR), a partir das 15 horas de hoje, em concentração improvisada na antiga Casa do Papai Noel, Avenida Rússia, número 282, Bairro Santa Rosa, região Oeste de Cuiabá.

O presidente da Fúria Jovem-MT, João Paulo Ortega, afirmou que a ideia é oferecer um local aconchegante, para a galera alvinegra.

É certo que o Botafogo retornou para a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro, dentro de campo de onde nunca deveria ter saído”, observou ele.

Embora seja haja provocação dos rivais por causa do tamanho, João Paulo Ortega argumentou que a galera do Fogão é “a sexta ou talvez a sétima maior” da Região Metropolitana de Cuiabá. Ele lembra que, na Baixada Cuiabana, como em Brasília (DF), clubes do Rio de Janeiro por décadas, sempre arregimentaram o maior contingente de torcedores.

João Paulo Ortega crê que a imensa torcida do Glorioso, existente em Mato Grosso, vai fazer uma festa inesquecível pelo acesso, nesta segunda-feira; e, depois, pela conquista do bicampeonato da Série B. O Botafogo possui dois títulos do Brasileirão da Série A (1968 e 1995) e um na Série B, conquistado em 2015.

O primeiro título do Botafogo, na Série B, foi obtido então sob o comando do técnico Ricardo Gomes. Um dado marcante foi que, em 2015, cerca de 800 torcedores do Botafogo seguiram de Cuiabá, para Lucas do Rio Verde, em caravana de ônibus e veículos privados, para comemorar o acesso do clube. Na época, vitória sobre o Luverdense, com gol de Ronaldo, houve grande festa alvinegra, no Estádio Passo das Emas.

Em 2003, o clube de General Severiano foi vice-campeão. Na final, perdeu o Botafogo perdeu para o Palmeiras, por 2 a1, no antigo Estádio Parque Antarctica, em São Paulo, posteriormente demolido, em 2011, e substituído atualmente pela Arena Alianz Parque.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Novo Decreto altera horário de funcionamento do comércio e toque de recolher
Propaganda

ESPORTES

Dourado perde para o Furacão e cai para a 16ª posição

Publicados

em

Em confronto direto contra o rebaixamento, o Athletico (PR) fez valer o mando de campo, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e venceu o Cuiabá, por 1 a 0, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro em jogo atrasado da 35ª rodada.

O gol da vitória foi marcado por Pedro Rocha, que praticamente confirmou a permanência do atual Campeão da Copa Sul-Americana na elite nacional e se afastou do Z-4, com 45 pontos somados. Já a equipe Auriverde aparece na 16ª posição, com 43 pontos.

O jogo

O Athletico ditou o ritmo do primeiro tempo na Arena da Baixada, mas encontrou dificuldades para furar o bloqueio adversário. Sem achar os espaços, a equipe paranaense optou pelas jogadas aéreas e pelos chute de média distância, estratégia que quase surtiu efeito na cabeçadas de Pedro Henrique e em arremate de Nikão. Do outro lado, o Cuiabá assustou em duas tentativas de Jenison, a primeira foi para fora e a segunda parou no goleiro Santos.

Depois das conversas nos vestiários, o Furacão manteve o domínio das ações, mas dessa vez foi efetivo no ataque para construir o resultado. Antes da rede balançar em Curitiba, Erick e Nikão tiveram chances para o time da casa. Mas foi com Pedro Rocha que o Athletico balançou as redes.

Aos 12 minutos, após cruzamento na área, o goleiro do Dourado afastou parcialmente o perigo e, no rebote, o atacante apareceu para completar para o fundo do gol: 1 a 0. Com a vantagem, o Rubro-Negro passou a cadenciar o jogo e conseguiu segurar a vitória até o apito final.

Com o resultado, o Furacão subiu para a 12ª colocação, com 45 pontos, e agora encara o Palmeiras, na próxima segunda-feira e pode sacramentar o risco matematicamente.

A situação do Cuiabá, que parecia confortável há algumas rodadas, ganhou uma reviravolta. O Dourado caiu para a 16ª posição, com 43, três pontos à frente do Bahia, que abre o Z4. Na próxima partida, recebe o Fortaleza.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

Athletico 1 x 0 Cuiabá

Local: Arena da Baixada, Curitiba-PR
​Data/horário: 03 de dezembro de 2021, às 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistente 1: Éder Alexandre (SC)
Assistente 2: Thiaggo Americano Labes (SC)
Quarto árbitro: Leonardo Sígari Zanon (PR)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Gols marcados: Pedro Rocha (1-0) (12’/2T)
Cartões amarelos: Nico González, Fernando Canesin (Athletico), Walter, Marllon, João Lucas, Rafael Gava, Clayson, Elton (Cuiabá)

Athletico Paranaense: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolás Hernández (Bissoli – intervalo); Marcinho, Erick, Léo Cittadini (Fernando Canesin 26’/2T) e Abner Vinícius; Terans (Pedrinho 35’/2T), Nikão e Pedro Rocha (Zé Ivaldo 35’/2T).

– Técnico: Alberto Valentim.

Cuiabá: Walter; João Lucas, Marllon (Uillian Correia 40’/2T), Paulão e Uendel; Camilo, Rafael Gava (Yuri Lima 21’/2T) e Pepê (Cabrera 17’/2T); Max (Clayson 18’/2T), Felipe Marques e Jenison (Élton 18’/2T).

– Técnico: Jorginho.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Tricolor vence o arquirrival nos pênaltis e é Campeão da Taça Rio
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA