NA 1ª DIVISÃO DE 2021

Ação e Grêmio na 1ª Divisão de 2021

Publicados

em

O Atlético Mato-grossense, que precisava apenas de um empate para ser finalista da Segunda Divisão de Mato Grosso e subir para a elite do futebol estadual cumpriu a promessa feita por seus dirigentes no sábado e não viajou para o jogo desta tarde em Sorriso, contra o Grêmio Sorriso e acabou perdendo por W.O., permitindo desta forma que o adversário ficasse com a vaga para a grande final contra o Ação Santo Antônio e a vaga para a elite de 2021.

Na sexta-feira, na sede da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), a diretoria do Atlético Mato-grossense ficou sabendo o time seria punido por ter utilizado em sua estreia o volante Diego Chagas, que em 2019 jogava pelo Dom Bosco e havia sido expulso no último jogo daquela competição e não cumprido a pena de quatro jogos. Como atuou agora pela Segunda Divisão ele estava em condição irregular.

Diante da situação e já sabendo que não poderia disputar o titulo da Segundona e nem mesmo subir para elite, a diretoria tomou a decisão de não mandar o time para Sorriso, dispensando todos os jogadores. Assim não houve jogo no Estádio Egídio José Preima, em Sorriso.

O árbitro Jean Maciel Latorraca cumpriu o regulamento e encerrou a partida, após aguardar os trinta minutos regulamentares.

Com isso, o Grêmio Sorriso retorna à primeira divisão do Campeonato Mato-grossense do próximo ano e disputará o título contra o time de Santo Antônio do Leverger.

Ação na 1ª Divisão de 2021

Já a cidade de Santo Antônio do Leverger terá no ano que vem um time disputando a Primeira Divisão do futebol mato-grossense. É o Ação Santo Antônio, que jogando neste domingo, no Estádio Dito Souza, em Várzea Grande goleou o time do Santa Cruz, de Barra do Bugres por 4 a 0.

Com o resultado, além de garantir vaga para a elite, o time levergense ganhou ainda o direito de disputar o título da Segunda Divisão estadual contra o Grêmio Sorriso, que nem precisou suar a camisa, pois o Atlético Mato-grossense não compareceu para o compromisso das semifinais.

Os gols da goleada do Ação foram marcados por Paulinho Mingau (2) e Igor Vieira (2) .

A Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) divulgará nos próximos dias datas, horários e locais do confronto.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Novo Decreto é voltado exclusivamente para o horário de funcionamento do comércio em Cuiabá
Propaganda

ESPORTES

Atletas do Jiu-Jitsu Rotam da PM são contemplados com bolsa atleta do Governo de Mato Grosso

Publicados

em

Esta semana, atletas do projeto social Jiu-Jitsu Rotam da Polícia Militar foram contemplados com o apoio financeiro do Programa Bolsa Atleta do Governo do Estado. Com o recurso, Felipe Leonardo Costa Lima, de 17 anos, e Lucas Santana Nascimento, de 16 anos, poderão custear suas atividades esportivas.

Pela primeira vez, alunos atletas do projeto da PM desenvolvido pelo Batalhão Rotam foram aprovados e conquistaram o aporte financeiro do programa.

Felipe Leonardo, que é faixa azul, está no Jiu-Jitsu Rotam há seis anos, é um dos alunos mais antigos do projeto e já coleciona inúmeras vitórias no tatame.

Somente no ano de 2019, o jovem venceu quatro das seis lutas em que participou. Mesmo diante de um ano pandêmico, Felipe não parou de treinar, a dedicação ao jiu-jitsu levou o atleta mais uma vez a subir ao pódio; o atleta conquistou medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Esportivo (CBJJE), em São Paulo.

Atleta faixa azul, Lucas Santana do Nascimento está no projeto social da Rotam há três anos e já venceu competições importantes como Abu Dhabi Jiu- Jitsu PRO AJP e o primeiro lugar do Campeonato Estadual de Jiu-Jitsu.

Com o aporte financeiro, os dois jovens moradores do bairro Dom Aquino, na capital, poderão custear uniformes, materiais esportivos, transporte, alimentação, suplementação para alta performance, hospedagem para participar das competições, entre outras necessidades.

O Programa Bolsa Atleta da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer garante benefício financeiro com valores entre R$ 250 a R$ 1,6 mil pelo período de 12 meses. Mais dois atletas do projeto da Polícia Militar já estão na lista de espera para serem contemplados com o benefício. Para que os atletas fossem selecionados tiveram que preencher vários requisitos, onde foi elaborado currículo individual com todas as conquistas de cada participante.

Projeto Jiu-Jitsu Rotam

O projeto Jiu-Jitsu Rotam é coordenado por policiais militares e atende cerca de 200 crianças e adolescentes de seis a 17 anos de idade. Por meio da prática esportiva, a PM busca atender famílias carentes que através de aulas gratuitas de Jiu-Jitsu fomentam a importância do esporte e da cidadania, evitando a ociosidade.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Atletas do Jiu-Jitsu Rotam da PM são contemplados com bolsa atleta do Governo de Mato Grosso
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA