VAGAS DE EMPREGO

Semana Brasil – CDL Cuiabá divulga centenas de vagas de emprego para a capital e VG

Publicados

em

Desde que iniciou a “Semana Brasil”, campanha criada pelo governo federal para estimular a economia do país, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá) vem desenvolvendo diversas ações no sentido de retomar com segurança a economia local. Entre essas ações, está a parceria com empresas para ofertas de vagas de empregos, que até o momento já aproximam de 500 cadastros no aplicativo lançado pela entidade para a capital e Várzea Grande. A expectativa é que esse número aumente até o final da semana.

O superintendente da CDL Cuiabá, Fábio Granja, explica que para ter acesso a essas vagas, é preciso baixar esse aplicativo, com o nome “CDL Cuiabá“, no aparelho celular. Nele é possível ter acesso a diversos serviços, além de acompanhar as principais notícias e novidades do comércio.

O usuário poderá ter acesso aos nomes das empresas e os cargos que estão ofertando vagas de empregos, além de anúncios de ofertas, opções de delivery e diversas outras informações a respeito da campanha Semana Brasil, que já iniciou e irá até o dia 13 de setembro com muitas promoções e sorteios das lojas participantes, as quais podem chegar até a 70% de desconto, lembrou o superintendente.

Os cargos disponíveis cadastrados até o momento no aplicativo são das mais diversas áreas. Segundo Granja, tem para auxiliar de limpeza, auxiliar de dentista, cozinheiro de restaurante, cabeleireiro, eletricista, consultor de vendas, motorista de caminhão, operador eletromecânico, operador de caixa, pedreiro, recepcionista, serralheiro, técnico em enfermagem, técnico em segurança do trabalho, torneiro mecânico, vendedor no comércio de mercadorias, entre outros. Também estão disponíveis vagas para Pessoas com Deficiência (PCD).

Foi feito um mapeamento das duas cidades onde foi possível identificarmos empresas de diversos segmentos que estão com vagas disponíveis, acrescentou ele.

Para contribuir com o aprimoramento técnico dos candidatos e outros até mesmo que já estão empregados, a CDL também está disponibilizando acessos gratuitos a uma plataforma on-line de cursos através da plataforma HSM.

Nossa expectativa é contribuir o máximo possível com a população que está desassistida no momento, sem emprego, sem renda. Queremos ver nossa economia em movimento e novos empregos sendo gerados, declarou o superintendente.

CURSOS GRATUITOS

Para ter acesso aos cursos, será necessário entrar no site da entidade www.cdlcuiaba.com.br, durante o período da campanha “Semana Brasil.

LINKS APP – Confira os links para baixar o aplicativo no seu aparelho celular:
IOShttps://apps.apple.com/br/app/cdl-cuiab%C3%A1/id1510366126
Android https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.tempotelecom.CdlCuiaba

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Nota MT; 1.005 consumidores foram sorteados
Propaganda

ECONOMIA

Municípios recebem a segunda parcela do FPM de setembro

Publicados

em

Os municípios de Mato Grosso vão receber R$ 15.184.848,00 nesta sexta-feira (18) referentes à segunda parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de setembro.

O repasse é 5,79% maior que o realizado período do ano passado, quando foram transferidos às prefeituras R$ 14.354,077,00.

Apesar do aumento, a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) está alertando os prefeitos para possíveis quedas nos repasses.

O primeiro repasse de setembro apresentou uma redução grande nos valores. Apesar desse aumento sensível na segunda parcela, o Tesouro Nacional estima que em âmbito nacional, a diferença para o mês de setembro será superior a R$ 2,2 bilhões. O cenário só deve começar a apresentar melhoras em novembro”, disse o presidente da entidade, Neurilan Fraga.

Em outubro, o cenário apresenta uma melhora, porém, ainda deve registrar queda de quase 2%, uma diferença de R$ 104 milhões, também comparado ao mesmo período de 2019. Por outro lado, em novembro, a estimativa aponta que o FPM deve ter de crescimento de 0,8%.

As perdas serão amenizadas por recomposição dos valores até o mês de novembro. A complementação foi garantida por meio de mobilização municipalista nacional, garantindo um nível pelo menos igual ao de 2019 no limite de até R$ 16 bilhões de verba.

A orientação é para que os gestores mantenham cautela com os gastos, pois o valor não deve cobrir a queda esperada nas receitas dos entes locais.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Nota MT; 1.005 consumidores foram sorteados
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA