O ETANOL MAIS BAIXO DO PAÍS

Etanol é mais vantajoso que a gasolina em todos os estados da Região Centro-Oeste

Publicados

em

De acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), a Região Centro-Oeste manteve o preço do etanol em baixa também para agosto, seguindo o ritmo do mês de julho. O combustível é o mais vantajoso em todos os estados frente à gasolina na relação 70/30.

O Mato Grosso apresentou o valor mais barato para o combustível, sendo encontrado nas bombas a R$ 2,706. Já nos outros estados, o etanol teve média de R$ 2,865 em Goiás, R$ 3,113 no Distrito Federal e chegou a R$ 3,261 em Mato Grosso do Sul, mesmo o estado tendo apresentado diminuição de 0,4% no valor se comparado a julho.

Mato Grosso do Sul também apresentou o maior valor para a gasolina, podendo ser encontrada a R$ 4,615 nos postos do estado, com um aumento de 2,6% comparado ao mês anterior. Os motoristas do Distrito Federal pagaram pelo litro da gasolina mais barato da região, registrando a média de R$ 4,398. O Estado de Goiás teve o maior aumento frente a julho, 6,2%, fechando em R$ 4,475 e o Mato Grosso teve aumento de 2,4% na gasolina com o combustível foi encontrado a R$ 4,438.

Desde que avançaram a retomada de algumas atividades no País, a gasolina tem apresentado um comportamento de alta. O anúncio mais recente da nova composição para o combustível também pode ter influenciado na relação de vantagem para o etanol na região Centro-Oeste, aponta Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

O diesel e o Diesel S-10 tiveram os valores mais caros registrados no Mato Grosso, fechando em R$ 3,888 e R$ 3,877 respectivamente, apresentando aumento de 4,5% e 3,2%. Os valores mais baixos para os combustíveis foram encontrados nos postos goianos, o estado teve o diesel vendido a R$ 3,497 e o Diesel S-10 a R$ 3,569, tendo aumento de 3,4% e 3,8% comparado a julho.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais 25 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em encontro com Bolsonaro, Fávaro defende da chegada da ferrovia Ferronorte a Cuiabá
Propaganda

ECONOMIA

Municípios recebem a segunda parcela do FPM de setembro

Publicados

em

Os municípios de Mato Grosso vão receber R$ 15.184.848,00 nesta sexta-feira (18) referentes à segunda parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de setembro.

O repasse é 5,79% maior que o realizado período do ano passado, quando foram transferidos às prefeituras R$ 14.354,077,00.

Apesar do aumento, a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) está alertando os prefeitos para possíveis quedas nos repasses.

O primeiro repasse de setembro apresentou uma redução grande nos valores. Apesar desse aumento sensível na segunda parcela, o Tesouro Nacional estima que em âmbito nacional, a diferença para o mês de setembro será superior a R$ 2,2 bilhões. O cenário só deve começar a apresentar melhoras em novembro”, disse o presidente da entidade, Neurilan Fraga.

Em outubro, o cenário apresenta uma melhora, porém, ainda deve registrar queda de quase 2%, uma diferença de R$ 104 milhões, também comparado ao mesmo período de 2019. Por outro lado, em novembro, a estimativa aponta que o FPM deve ter de crescimento de 0,8%.

As perdas serão amenizadas por recomposição dos valores até o mês de novembro. A complementação foi garantida por meio de mobilização municipalista nacional, garantindo um nível pelo menos igual ao de 2019 no limite de até R$ 16 bilhões de verba.

A orientação é para que os gestores mantenham cautela com os gastos, pois o valor não deve cobrir a queda esperada nas receitas dos entes locais.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Vacina polêmica manterá testes em brasileiros
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA