DINHEIRO NOVO EM CAIXA

Estado de Mato Grosso tem garantia de novos investimentos na ordem de R$ 54 mi

Publicados

em

Entre os dias 23 e 31 de dezembro, uma forte ação política foi desencadeada pelo Senador do Partido Liberal (PL), Wellington Antonio Fagundes, junto a vários ministérios, em Brasília, garantiu a liberação de recursos. Além de R$ 530 milhões de transferências asseguradas pela Lei Complementar 176/2020, referente às perdas da Lei Kandir, o trabalho parlamentar garantiu a Mato Grosso recursos adicionais para investimentos, na ordem de R$ 54,2 milhões, que deverão ser aplicados em obras estruturantes em várias cidades do Estado.

O maior volume chamados ‘extraorçamentários‘ foi assegurado junto à Superintendência de Desenvolvimento do Centro Oeste (Sudeco). Ao todo, são R$ 42,3 milhões. Destes, R$ 10 milhões serão destinados ao Governo do Estado para construção de pontes e melhoria da infraestrutura de transportes.

Outra obra importante assegurada no esforço parlamentar está na garantia financeira para a obra de construção do Centro Tecnológico do Bioma Pantanal. O projeto será desenvolvido junto com a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Essa é uma obra fundamental. Especialmente em função do que enfrentamos no ano passado e o que se prevê para este ano e seguintes, com os incêndios florestais. Precisamos criar estruturas que reúnam ciência e o conhecimento para ajudar nas ações de preservação do bioma, disse Fagundes, que presidiu no ano passado a Comissão Temporária Externa que acompanhou as ações de enfrentamento ao fogo no Pantanal.

O Pantanal vai receber ainda dois centros de triagens, no valor de R$ 2 milhões cada um, totalizando R$ 4 milhões. Fagundes lembrou que esses centros têm como finalidade pesquisar e tratar os animais que integram o bioma, duramente castigados pelas queimadas, que consumiram mais de 4 milhões de hectares.

Orla do Porto

Permanecer até às 20 horas do dia 31 de dezembro em Brasília, segundo o Senador do Partido Liberal (PL), foi importante para garantir os valores previstos para construção do Cais do Porto. Os recursos também serão usados em urbanização e iluminação. De acordo com o senador, essa etapa receberá R$ 5,8 milhões e avançará em muito a proposta de revitalização da Orla do Porto da capital.

Foram ainda garantidos pela ação parlamentar de Fagundes mais R$ 5,8 milhões que serão utilizados na pavimentação do Residencial Coxipó, um dos bairros mais populosos da Capital. Esses R$ 5,8 milhões serão liberados diretamente pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Marechal Rondon

Além disso, outra obra de valorização estrutural deve acontecer em Barão de Melgaço. Fagundes informou que a Sudeco reservou R$ 5 milhões para ampliação e reforma do Memorial Marechal Rondon. A ideia, segundo ele, está centrada no fortalecimento do turismo na região, a partir da conclusão da chamada “Estrada Verde”.

Para Rondonópolis, dos R$ 42,3 milhões assegurados na Sudeco, serão destinados R$ 5 milhões. Os recursos estão programados para serem investidos na Praça Marco Zero e na iluminação da Ponte Marechal Rondon.

Outros Investimentos

A cidade de Várzea Grande terá este ano, para reforço nos investimentos em infraestrutura, R$ 5 milhões. Os recursos devem ser investidos na pavimentação asfáltica. Os municípios de General Carneiro e Itanhangá, por sua vez, vão receber R$ 1 milhão cada para aquisição de equipamentos e pavimentação de vias.

Na fonte do MDR foram garantidos recursos para pavimentação de vias também nos municípios de Chapada dos Guimarães (R$ 2 milhões) e Dom Aquino, Araputanga e Sapezal, R$ 1 milhão cada. O município de Porto Alegre do Norte terá R$ 2 milhões destinado a revitalização de área pública.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Desafios: Brasil tem 31,3 milhões de pessoas sem água encanada e casas lotadas
Propaganda

ECONOMIA

Várzea Grande recebe R$ 2 milhões em emendas

Publicados

em

Várzea Grande investiu R$ 289.197 milhões na saúde pública em 2020, primeiro ano da pandemia da COVID-19, sendo que deste total que soma repasses federais e recursos próprios foram investidos R$ 39.524 milhões a maior do que o estabelecido na lei (15% das receitas próprias) para ser aplicado em um dos mais essenciais setores da administração municipal.

A informação partiu do Prefeito da Cidade Industrial, Kalil Baracat (MDB) que garantiu manter o repasse de recursos para a área de Saúde Pública a maior do que o previsto, assim como aconteceu nos seis anos de gestão da prefeita Lucimar Sacre de Campos, durante audiência com o Senador Carlos Henrique Baqueta Fávaro (PSD), com o coordenador da bancada federal de Mato Grosso, Neri Geller (PP), o deputado estadual Paulo Araújo e os vereadores Emerson Magalhães e Alessandro Moreira da Silva e membros das Executivas Partidárias do PSD e PP.

Vamos investir ainda mais e se possível e formos autorizados pela ANVISA e Governo Federal, queremos comprar vacinas para imunizar contra a COVID-19 para toda a população de nossa cidade de Várzea Grande e mais recursos serão colocados nas áreas essenciais como saúde, educação, segurança, social e obras”, disse o prefeito ao Senador Carlos Fávaro e o deputado federal Neri Geller.

Carlos Fávaro assinalou que tem obrigações com Mato Grosso e com Várzea Grande e que vai retribuir a votação obtida nas urnas na cidade com trabalho, empenho e dedicação, além de auxiliar ao prefeito Kalil Baracat e sua equipe.

Estamos anunciando aqui a inserção de R$ 2 milhões em emendas parlamentar impositivas de nossa autoria, aquelas que são obrigatórias de serem cumpridas pelo Governo Federal para a área de saúde de Várzea Grande acreditando que nos próximos 60 dias, estes valores já estarão disponíveis para serem aplicados pelo prefeito Kalil Baracat na área de saúde que sempre terá uma demanda reprimida”, disse Carlos Fávaro, para quem Várzea Grande tem que continuar avançando ainda mais por conta de sua posição estratégica para Mato Grosso.

Neri Geller lembrou que recentemente já havia anunciado R$ 2 milhões em emendas para outras ações em Várzea Grande e sinalizou que não vai fazer apoio para todos os prefeitos que procurarem os representantes da Bancada Federal de Mato Grosso.

Kalil Baracat sinalizou que não dispensa apoio e que todos os oito deputados federais e os três senadores já manifestaram publicamente a intenção de ajudar a sua gestão.

É claro que eles vão me ajudar, mas enquanto gestor público, pois o apoio e os recursos que nos forem confiados, serão todos aplicados em prol de Várzea Grande e de sua população. Todos foram votados em nossa cidade, portanto, todos tem compromisso com ela e com sua população”, assinalou Kalil Baracat.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  De maio a agosto, Prefeitura de Várzea Grande investe R$ 55,3 milhões em Saúde
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA