SEXTOU VACINA VG 2022

Segunda Edição do “Sextou Vacina VG” ficará aberto das 8h às 22h

Publicados

em

A vacinação em massa da população brasileira contra a Covid-19 será fundamental para a melhoria do ambiente de negócios e a retomada da economia brasileira de modo sustentado.

A imunização permitirá o retorno seguro dos brasileiros às atividades diárias e ao trabalho, a recuperação do mercado consumidor e dos investimentos e, consequentemente, a reativação de todos os setores da economia. Mais importante, permitirá que a população brasileira possa, enfim, contar com a proteção contra um vírus que tem trazido enorme custo humano para o país e para o mundo.

Alegria e esperança marcaram a retomada da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 em Várzea Grande. O clima também foi de tranquilidade nos pontos fixo e em sistema de drive-thru preparados pela Prefeitura Municipal da Cidade Industrial, por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

O prefeito da Cidade de Várzea Grande, Kalil sarat Baracat de Arruda (MDB), juntamente com seu vice, José Anderson Hazama (DEM), vem acompanhando os trabalhos, cumprimentando à comunidade e deixando sua mensagem de fé para todos os servidores públicos e os idosos imunizados.

O sentimento é de felicidade, esperança e gratidão, mas alertamos a população para que continue seguindo os protocolos de segurança, mantendo os cuidados com a doença. A prevenção entre os imunizados também deve ser mantida, até mesmo após a aplicação da primeira dose”.

Várzea Grande superou 12 mil pessoas vacinadas contra a COVID-19 em seis dias do ano de 2022 desde que foi retomada as ações em busca da imunização das pessoas, inclusive com a realização do Sextou Vacina VG / Largada 2022.

Essa é a demonstração de que a população quer se vacinar, quer estar imunizada e longe da COVID-19”, disse o prefeito em exercício, José Hazama frisando que o primeiro ano da gestão Kalil Baracat foi voltada para a vacinação que se iniciou no Brasil em janeiro de 2021.

José Hazama frisou que as atenções voltadas para a Saúde Pública como um todo permitiram que a segunda maior cidade de Mato Grosso fosse exemplo de eficiência e de resultados.

Estamos invariavelmente com prazos superiores desde outubro de 2021, com 15, 20 ou 25 dias, sem óbitos, o que demonstra estarmos no caminho certo, então a ordem do prefeito Kalil Baracat é reforçarmos a vacinação e as medidas de biossegurança como o uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social entre outras medidas para conter a pandemia que está avassaladora em todo o mundo”, disse.

Ele foi informado pelo secretário de Saúde, Gonçalo Barros, dos avanços nos primeiros dias deste ano e cobrou o encaminhamento a Secretaria de Saúde de Mato Grosso (SES/MT) e ao Ministério da Saúde (MS) de solicitações de reforços para atuar no combate a COVID-19 e também no surto da Síndrome Gripal que já afeta muitas pessoas e provoca corrida as unidades de Saúde, principalmente aquelas que funcionam 24 horas por dia durante todo o ano que são as UPAs IPASE e Cristo Rei e o Hospital Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande.

Segundo Gonçalo Barros, a campanha de imunização contra a Gripe Influenza tem planejamento estabelecido pelo Ministério da Saúde, através do Plano Nacional de Imunização (PNI), e sempre é realizada entre os meses de maio e junho todos os anos.

Já ouvimos reclamação de que não tem vacinas contra a Influenza nas unidades de saúde, mas essas vacinas são encaminhadas dentro de um planejamento realizado pelo Ministério da Saúde e as mesmas não preveem a existência de doses durante todo o ano contra a Gripe Influenza, mas apenas no período de imunização que varia entre um e até três meses”, explicou o titular da Saúde de Várzea Grande.

Gonçalo Barros sinalizou que vai solicitar as demais autoridades de Saúde um novo planejamento diante do surto de Síndrome Gripal e da Variante da COVID-19, a Ômicron.

Podemos ter aumento nos casos, mas é tácito que os efeitos são menores e sem graves consequências”, assinalou o secretário.

Fora isto, Várzea Grande, resolveu intensificar a vacinação nesta semana, de 9 a 15 de janeiro, pelo volume de pessoas que já estão aptas para se vacinarem respeitando os intervalos entre primeira, segunda, dose de reforço que foi reduzida de 150 dias para 120 dias ou dose de reforço da Vacina Janssen que inicialmente era para ser aplicada uma única vez e diante das mutações da COVID optou-se também pela dose de reforço.

Nesta semana a vacinação ocorrerá em 15 unidades de Saúde de Atenção Primária, em horário de expediente, entre 8h às 11h e das 13h às 16h. Já no Ginásio Poliesportivo Fiotão, o horário de segunda à quinta-feira, será das 8h às 16 h. Na sexta-feira (14) no ponto do Fiotão haverá a Segunda Edição do ano do Sextou Vacina VG, e ficará aberto das 8h às 22h.

As unidades estão extremamente organizadas e o Ginásio Fiotão, vai atender todas as sextas feiras, das 8 às 22h, nas edições do ‘Sextou Vacina VG”, e aos sábados vamos manter o drive thru, no Parque Berneck, funcionando das 8h às 16h. O alerta é para as pessoas que tomaram a vacina da Janssen, procurem, durante a semana, o ponto do Fiotão, que se tornou referência para aplicação deste imunizante. As unidades de Saúde não vão aplicar este imunizante. Porém nas edições do Sextou VG e aos sábados no Parque Berneck, a vacina da Janssen também será aplicada. Esta organização se faz necessária, em decorrência da exigência do fabricante, que requer um acondicionamento diferenciado das outras vacinas. Nas unidades as demais vacinas estão sendo aplicadas como também nos demais pontos, explicou o secretário.

Outra preocupação da Saúde Municipal, se refere ao aumento de casos de Covid-19, positivados no município, por isso a aceleração e o chamado, para que as pessoas completem seu ciclo vacinal.

A cada 100 pessoas atendidas na Upa do Ipase com sintomas gripais, somente neste final de semana, 50% positivou para Covid-19 e 50% positivou para gripe. Um dado preocupante, que colocou a Saúde em alerta. Por outro lado, as pessoas que estão contraindo a Covid-19, e que estão vacinadas, estão em tratamento em casa, com baixa na internação. Os casos mais graves são das pessoas que não se vacinaram. Por isso a importância de colocar em dia a vacinação contra a Covid-19. O Município passa pela pandemia da Covid-19 e o surto da gripe Influenza A H3N2. Nossas unidades estão equipadas com medicamentos, estão realizando testes e fazendo exames de imagem, nos casos necessários, e na Upa do Ipase montamos novamente o Centro de Triagem tanto para a Covid-19, como para a Síndrome Gripal, com o aumento de médicos em atendimento, enfermeiros e exames, explicou o secretário.

Locais de Vacinação

Nesta semana, a vacinação será realizada nos seguintes locais em horário de expediente, entre 8h às 11h e das 13h às 16h

• Centro Saúde Nossa Senhora da Guia;
• UBS Santa Isabel;
• UBS Cabo Michel;
• Clínica Atenção Primária Jd Glória;
• Policlínica Atenção Primária Cristo Rei;
• ESF Jardim Manaíra;
• UBS Ouro Verde;
• Clínica de Atenção Primária 24 de Dezembro;
• Policlínica Atenção Primária Parque do Lago;
• PSF Capão;
• Centro de Saúde Cohab Cristo Rei;
• Policlínica Marajoara;
• UBS Aurília Curvo;
• UBS São Mateus;
• UBS do Água Vermelha.

Ginásio Poliesportivo Fiotão

Segunda à quinta-feira (10 a 13 de janeiro)
Das 8h às 16h.
Na sexta-feira (14 de janeiro) Segunda Edição do ‘Sextou Vacina VG’
Das 8h às 22h.

Parque Berneck

No sábado (15 de janeiro), a vacinação ocorre no Parque Berneck em sistema Drive Thru
Das 8h às 16h

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Queda na arrecadação: pagamento salarial dos servidores no mês de abril fica incerto
Propaganda

Destaques

371 mil eleitores de Mato Grosso estão com títulos cancelados

Publicados

em

Em anos não eleitorais, a Justiça Eleitoral verifica no cadastro nacional quais eleitoras e eleitores não votaram nem justificaram a ausência nos três últimos turnos. Essa verificação é chamada de depuração do cadastro e implica o cancelamento do título eleitoral em caso de não regularização, exceto nos casos em que o voto é facultativo. A Justiça Eleitoral realiza a depuração do cadastro com o objetivo de atualizar o cadastro nacional do eleitorado.

Na última depuração do cadastro, em maio de 2019, 674.500 (93,98%) pessoas não quitaram suas pendências e tiveram o título automaticamente cancelado pela Justiça Eleitoral. Esse número representa 2,04% do eleitorado total do Estado.

Suspensão do cancelamento

Devido à Pandemia do Coronavírus, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu as consequências para as pessoas que não votaram nem justificaram a ausência nas Eleições 2020. Desse modo, mesmo quem deixou de pagar multas referentes aos dois turnos desse pleito poderá emitir certidões de quitação eleitoral, o que pode ser feito de forma online. A suspensão do cancelamento é válida enquanto o atendimento for realizado de forma remota ou houver nova deliberação do TSE.

Títulos cancelados

No Estado de Mato Grosso, atualmente cerca de 2,2 milhões de eleitores estão em situação regular e poderão votar nas Eleições de 2022. Em contrapartida, 371.676 eleitores estão com os títulos cancelados por motivos que podem ser regularizados até a data final de 04 de maio.

Os títulos cancelados, 101.503 deles, são decorrentes de ausência às urnas nos três últimos pleitos, e 270.173 por não comparecimento à revisão do eleitorado, isto é, não fizeram a biometria.

É importante ressaltar que a coleta biométrica continua suspensa pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em função da Pandemia de Covid-19, mas isso não impede a regularização da situação. Portanto, é fundamental que as pessoas procurem o atendimento virtual o quanto antes para poderem participar do processo eleitoral.

Prazo para regularização até 04 de maio

Os eleitores que precisam regularizar o título eleitoral, solicitar transferência de endereço ou mesmo aqueles que desejam tirar a primeira via do documento, precisam se atentar ao prazo final. Esses procedimentos e qualquer outra alteração no cadastro eleitoral precisam ser feitos até o dia 04 de maio de 2022.

A data, que corresponde a 151 dias antes do pleito deste ano, é estipulada para que a Justiça Eleitoral consiga organizar o pleito. Qualquer uma destas solicitações pode ser feita pelo sistema TítuloNet. Basta preencher o requerimento online e aguardar o retorno da Justiça Eleitoral.

O atendimento virtual é orientado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT), no intuito de evitar aglomerações nos Cartórios Eleitorais, como medida de prevenção à Covid-19.

Os interessados também podem tirar dúvidas entrando em contato com os Cartórios Eleitorais, por telefone, e-mail ou WhatsApp, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30. Há ainda o Disque Eleitor (0800 647-8191), cujo atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, entre 7h30 e 18h.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Queda na arrecadação: pagamento salarial dos servidores no mês de abril fica incerto
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA