EMBATE DIRETO

Emanuel enganou até especialistas; Janaína corrige; “Quer se impor como liderança, mas não é líder”

Publicados

em

Emanuel Pinheiro até que faz uma boa administração a frente da Prefeitura Municipal de Cuiabá.

Não por conta com uma boa avaliação junto a população cuiabana, mas pelo fato de fazer um bom trabalho nos bairros da capital: recuperação de praças, asfalto nos bairros periféricas e outros serviços prestados a comunidade.

O prefeito de todos os cuiabanos tem explicado bem as experiências e mudanças que tem feito na administração pública municipal. Tem falado do relacionamento com os edis da Capital, do que ocorre com os seus secretariados. Basta, por exemplo, buscar as suas recentes entrevistas que foram divulgadas pelos veículos de comunicação da Capital.

Tem-se um bom staff de secretariado, tem-se uma boa avaliação da população, conta com uma boa arrecadação de impostos municipais, há tempos não contava a oportunidade de se colocar como um dos principais candidatos para disputar o Governo do Estado em 2022, é difícil compreender os motivos de sua verborragia a respeito de temas que fogem do seu trabalho dia a dia.

Toda vez que abre a boca para discutir o indiscutível, como tirar os méritos dos trabalhos de outros gestores públicos ou equiparar o nível dos deputados estaduais, o prefeito de todos os cuiabanos Emanuel Pinheiro reforça a ideia de prefeito que não ingeriu bem a sua votação na reeleição da Prefeitura de Cuiabá.

Há um cansaço desse circo que o Prefeito de Cuiabá inaugurou: briga com o governador Mauro Mendes Ferreira (DEM), briga com seu partido, o MDB, briga com os deputados estaduais.

É um circo contra tudo o que compreendemos como civilizatório, talvez o alcaide cuiabano esteja flertando com um modelo autoritário. O quanto isso tem de fanfarronice é o quanto de conteúdo é que muitos não conseguem entender.

O emedebista Emanuel Pinheiro está fazendo uma coisa meio adolescente despreparado. Exemplo: dois jovens estão discutindo um tema e aí um ofende a mãe do outro que está doente e o outro ofende a mãe que morreu. É uma conduta que não é da esfera da discussão do tema. É uma conduta que não é da esfera pública, e não é conduta que se espera de um prefeito de uma Capital. As últimas conduta do Prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro, não tem compostura do cargo.

É curioso estes fatos, porque essas declarações descabidas, em outros parecem, ter uma única intenção: exaltar suas conquistas, seus feitos que não carecem de exaltação e reconhecimento.

O passado de Emanuel Pinheiro, como prefeito pode ser brilhante e está ali imutável. Ninguém pode tirar essas conquistas.

Se quiser olhar para o futuro, Emanuel Pinheiro deveria se preocupar apenas com a Prefeitura Municipal de Cuiabá, administrar a Capital de todos os mato-grossenses.

Embate n° 9

Janaína Riva X Emanuel Pinheiro

Para Emanuel Pinheiro o partido do MDB, que por enquanto ainda é seu partido, precisa se unir e ser reconstruído.

Para a parlamentar estadual do MDB, Janaína Greyce Riva, o prefeito de Cuiabá quer enfraquecer o MDB. Não vejo ambiente para que Emanuel Pinheiro continue no partido, palavras de Jana.

Emanuel não concorda com nada que os políticos e as siglas partidárias fazem.

Janaína:

Emanuel quer se impor como líder, mas não é líder. Liderança é uma conquista. Emanuel não tem na Assembleia Legislativa. Acha que 6 mil votos sobre Abílio supera o paletó“.

A entrevista foi concedida pela deputada do MDB Janaína Greyce Riva recentemente nos corredores do Palácio Paiaguas. E após as palavras da parlamentar do MDB, em relação a Nenel no qual disse:

Eu tenho sentido no Emanuel muito fígado, muita raiva, nas falas dele, muita mágoa, muita angústia“, afirmou a parlamentar emedebista.

A equipe de jornalista do Blog do Valdemir conversou com um médico que esteve pelas bandas do Palácio Paiaguas e fez um questionamento a respeito dos sintomas para saber se apenas com algumas palavras e declarações pode-se saber se a pessoa está com raiva.

O médico amigo do Blog do Valdemir de longas datas, passou uma lista para perguntar para a pessoa, assim poderíamos descobrir.

Bom…, então vamos lá as perguntas preparadas pelo nosso medico amigo.

Então prefeito Emanuel Pinheiro, como está difícil nós nos encontramos, vamos as perguntas em público: o sangue ferve, a respiração fica ofegante, a cara fica sisuda, o seu dia parece que acaba no exato momento em que ouve ou vê Mauro Mendes ou Janaína Riva?

Se a resposta for positiva, o senhor está com raiva.

Mas tem cura. O problema é que quando não é trabalhada psicologicamente a raiva gera rancor, mágoa e até dor física, que podem levar a doença como depressão e estresse, além de prejudicar os relacionamentos.

Nota da redação

Emanuel Pinheiro, as pisadas na bola fazem parte da vida. Pode ser por falha de sintonia ou de comunicação entre duas pessoas ou mesmo por falta de honestidade ou de caráter da parte de uma delas, mas o fato é rolar uma mágoa com alguns deles.

Mas a causa, vamos cutucar Nenel.

Prefeito Emanuel Pinheiro, diga a verdade, qual o desabafo que você quer fazer, não faz porque não está preparado? Bingo!

Desculpa aí prefeito, mas o que quer falar e está entalado na garganta, o que te impede de abrir o coração e botar tudo isso para o Blog do Valdemir?

Prefeito Emanuel Pinheiro toma cuidado. Enquanto você espera, a angústia cresce e um sentimento ruim toma conta de você.

Porque alimentar mais mágoa, mais frustrações, mais negatividade. Isso pode refletir na sua Saúde física, você sabe disso né?

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Disputa proporcional será uma "Caixa de Surpresa"
Propaganda

Destaques

Propostas dos pantaneiros serão avaliadas pelo Comitê de Gestão do Fogo

Publicados

em

A segunda reunião para elaboração do plano de prevenção de incêndios florestais no Pantanal Mato-grossense integrou os Guardiões do Pantanal, Sindicato Rural de Poconé, Sesc Pantanal, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) e Polícia Ambiental. Os principais temas discutidos foram a formação de brigadistas e ainda melhoria na estrutura organizacional e logística para situações de emergência.

O coronel do Corpo de Bombeiros, Dércio Santos da Silva, explicou durante o encontro convocado pelos Bombeiros, realizado na ultima quinta-feira (21), que o Governo do Estado está na fase de coleta de propostas, que serão todas avaliadas e uniformizadas pelo Comitê de Gestão do Fogo e, em seguida, encaminhadas para as Pastas responsáveis.

Por enquanto, segundo coronel Dércio Santos, não existe um valor estipulado para as ações que envolvem as fases de prevenção, preparação (capacitação dos agentes), resposta e responsabilização. Porém, as perspectivas são otimistas.

Conforme a agenda do governo, no final da próxima semana, as secretarias vão apresentar o Plano Plurianual e, nele, já serão contempladas algumas ações. No caso da Sema, exemplifica o coronel, haverá a demanda pela locação de viaturas e áreas para os militares operacionalizarem as etapas do trabalho.

Foi uma reunião de governo que contou com os órgãos responsáveis diretamente, Sema, Sesp e Casa Civil e convidamos alguns agentes para que eles pudessem participar com propostas. Todas as sugestões foram de muito valor porque buscam a uniformidade e a integração de forças em busca do bem comum, disse o coronel do Corpo de Bombeiros, Dércio Santos da Silva.

Para o presidente do Sindicato Rural de Poconé e integrante grupo Guardiões do Pantanal, Raul Santos Costa Neto, a oportunidade dada pelo Estado, de participação dos pantaneiros no processo, é de suma importância para evitar a tragédia vivenciada pela região durante os incêndios florestais de 2020, que consumiram 2,3 milhões de hectares na região.

Nossa preocupação imediata é com a capacitação de brigadistas. No ano passado, sentimos muita falta desta qualificação e queremos habilitar pessoas para atuar no enfrentamento caso ele seja necessário. Também queremos agir de forma mais organizada, otimizando os recursos financeiros e humanos, para conseguirmos mais eficiência, afirmou Raul Santos.

A união faz a força

A superintendente do Sesc Pantanal, Christiane Caetano, explica que há 23 anos o Sesc faz o planejamento prévio para o combate de incêndios durante a estiagem e tem a sua própria equipe de brigadistas, além de funcionários treinados em diversos setores. Contudo, a complexidade da situação vivida no ano passado mostrou ser essencial uma maior integração com o governo, moradores e entidades locais.

De acordo com a superintendente, o Sesc, que está presente desde a primeira reunião, quer participar das tratativas, contribuir no que for necessários e atuar em ações organizadas. Vale lembrar que durante os incêndios florestais do ano passado, o Sesc abrigou em sua área o centro de Coordenação da Operação de Combate ao Fogo.

1º Encontro

Na ultima quinta-feira (13), houve uma primeira reunião de alinhamento que integrou a Defesa Civil do Estado e do Município, Sesc Pantanal, Prefeitura de Poconé, Sindicato Rural de Poconé e Guardiões do Pantanal. Nela, foram avaliadas algumas ações realizadas no ano passado e iniciada a construção das propostas que seriam apresentadas ao governo do Estado.

Guardiões do Pantanal

Os Guardiões do Pantanal são um grupo formado por integrantes das cadeias produtivas do Pantanal Mato-grossense. Eles se uniram após o desastre ambiental das queimadas, vivido em 2020, e pretendem realizar e apoiar ações que contemplem o desenvolvimento sustentável da região e a valorização da cultura pantaneira.

Também irão acompanhar e cobrar mudanças na legislação e a implantação dos projetos de infraestrutura que auxiliem a sobrevivência e evitem que a região seja consumida pelo fogo.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Fecomércio promove diálogo entre candidatos à Prefeitura de Cuiabá e classe empresarial do comércio
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA