CASAMENTO ABENÇOADO

“É uma alegria grande ver que mais de mil casais estão se unindo hoje pelo casamento”

Publicados

em

Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém separe”. (Mateus 19:6)

O casamento foi criado por Deus, se trata de uma instituição sagrada entre um homem e uma mulher. Essa instituição celestial deve ser tratada com respeito e reverência.

É muito comum os noivos transferirem toda a responsabilidade referente a bênção de Deus no casamento para outrem, seja o padre, o pastor ou o ancião.

Aliás, com a presença de um representante de Deus na cerimônia certamente o casamento será abençoado pelo Altíssimo.

Na tarde deste domingo (10), a expectativa era grande antes do tão esperado “sim” para os mais de 1.200 casais que se uniram em matrimônio no Casamento Abençoado. O evento, realizado pelo Governo do Estado de Mato Grosso, deu oportunidade para que muitos conseguissem a segurança jurídica por meio da regularização civil matrimonial e fortalecimento da união familiar.

O Governador do Estado de Mato Grosso, Mauro Mendes Ferreira (DEM) e a primeira-dama Virginia Mendes foram os padrinhos da cerimônia. O Corpo Musical da Polícia Militar foi responsável pelas músicas durante a programação.

É uma alegria grande ver que mais de mil casais estão se unindo hoje pelo casamento. Para nós [eu e Virginia], que estamos há 26 anos casados, sabemos o quanto isso é importante na vida das pessoas, além de uma oportunidade para que possam realizar um sonho. Quero agradecer também aos parceiros que trabalharam junto com a primeira-dama e as secretarias para realizar esta grande festa”, destacou o governador Mauro Mendes.

Cada detalhe do casamento foi coordenado diretamente pela primeira-dama, por meio da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (UNAF), e execução direta da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Estou muito feliz por realizar o sonho de muitas mulheres, homens e casais homoafetivos que estão participando da primeira edição do Casamento Abençoado. Aqui há muitas pessoas que moram juntas há muito tempo, mas não tinham condições de oficializar o matrimônio. Estou emocionada por poder compartilhar de um momento tão especial na vida de cada um deles”, afirmou a primeira-dama, Virginia Mendes.

Orlando Leite Cabral e Jacira dos Anjos Cabral estão entre noivos que a partir de agora começam uma nova jornada e comemoram o status de oficialmente casados. Eles se conheceram há sete meses.

É um momento muito especial e a realização de um sonho que tenho desde menina. Éramos vizinhos e nem imaginava que poderia estar me casando hoje”, relatou Jacira.

Mais de 30 cenários para fotos foram montados dentro do ginásio. As imagens ficarão disponíveis virtualmente por um período de três meses. Um camarim para a preparação de maquiagem, unha e cabelo também foi disponibilizado para os casais. Muitas flores e tapete vermelho enfeitaram o Ginásio Aecim Tocantins.

Quero parabenizar o governador e a primeira-dama Virginia Mendes por esse trabalho importantíssimo e por atender a todos esses casais. Que Deus possa abençoá-los não só neste momento, mas ao longo das vossas vidas. A palavra de Deus diz sobre o casamento: É como se o próprio Deus estivesse compartilhando conosco o projeto dele sobre a família”, afirmou o pastor Silas de Souza, responsável por conduzir a cerimônia.

A juíza de paz do Terceiro Ofício, Rita de Cássia também reforçou a importância da oficialização dos casamentos realizados no formato comunitário.

Para mim é honroso participar deste evento. Gostaria de salientar que eu tinha um sonho de me casar e me casei em 2007, também em um casamento comunitário como esse, e hoje, justamente eu, que nunca imaginei estar aqui acompanho a realização do sonho de tantas outras pessoas”, disse.

Os noivos ainda receberam um kit com álcool em gel, máscara de proteção e um leque. Assim, como em todo casamento, foram distribuídos doces e bem-casados. Ao final do casamento, os casais participaram de um grande brinde e receberam uma chuva de papel picado para selar a união e o amor.

Foram beneficiados casais com renda total de até três salários mínimos e que são cadastrados no CADÚnico. Todo o processo cartorial para a oficialização da união civil dos inscritos foi custeado pelo Estado, em parceria com o Tribunal de Justiça, Associação dos Notários e Registradores de Mato Grosso (Anoreg), Defensoria Pública e Ministério Público. Também participaram do evento o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Max Russi, acompanhado da esposa Andreia Wagner.

Acompanharam o evento secretários de Estado, vereadores de Cuiabá e a primeira-dama de Várzea Grande, Kika Dorileo, entre outras autoridades.

A cerimônia foi transmitida ao vivo pela TV Assembleia, TBO, TV Cidade Verde e Facebook do Governo de Mato Grosso.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Lei que pune "Fura-Fila" na vacinação contra a Covid-19 é sancionada pelo Governo do Estado
Propaganda

Destaques

Pleno do TJMT dá posse a 25 juízes e juízas substitutos (as)

Publicados

em

Nesta sexta-feira (21) em cerimônia híbrida, presencialmente no Plenário 1 do Tribunal de Justiça, e de forma virtual, o Pleno do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso (TJ/MT), deu posse de 25 juízes e juízas substitutos (as), nomeados no Concurso Público para Ingresso na Carreira da Magistratura do Estado. Com isso, compromisso de priorização do Primeiro Grau de Jurisdição no Poder Judiciário de Mato Grosso foi concretizado.

Os novos magistrados e magistradas serão um reforço no atendimento das demandas visando à melhoria dos serviços prestados à população e atuarão em 18 comarcas do interior de Mato Grosso.

Após os juízes e juízas assinarem o termo de posse, o juramento foi feito pelo juiz substituto Rodrigo Alfonso Campestrini e a juíza substituta Amanda Pereira Leite Dias discursou em nome dos empossados e empossadas.

Ao falar aos magistrados e magistradas recém-empossados (as) e suas jornadas de vitória, a presidente Maria Helena Póvoas compartilhou a oportunidade com os membros da Comissão Examinadora do Concurso.

Quero dividir este momento de glória com a banca do concurso que muito fez e empreendeu esforços para que pudéssemos hoje estar aqui. Os desembargadores Carlos Alberto Alves da Rocha, Gilberto Giraldelli, Guiomar Teodoro Borges e representando a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT), Ulisses Rabaneda“.

Maria Helena Póvoas falou da jornada árdua que é o caminho para a carreira da magistratura e do compromisso com a sociedade no exercício da profissão.

Para este tribunal é um momento de plena satisfação empossar os senhores e senhoras. A jornada não é fácil. Caminhamos descalços por estradas de espinhos. Mas chega o momento em que a medalha de ouro é entregue e este momento para os senhores e senhoras chegou, é o hoje, o agora. No juramento há uma palavra que temos como lema na magistratura e como grande norteador dos nossos princípios: a humildade“, disse.

Os desafios a serem vivenciados pelos juízes e juízas substitutos (as) também foram citados pela presidente.

Vivemos um momento ímpar. Os senhores e senhoras têm um triplo desafio: estão começando uma carreira nova em uma comarca onde terão que se ambientar, é um ano eleitoral e os senhores terão pela frente uma pandemia que assola o mundo inteiro“.

Das 25 pessoas que tomaram posse, 12 são mulheres e foi outro ponto destacado com orgulho pela presidente.

As mulheres vêm mostrando que estão ocupando seus espaços em todas as profissões e neste caso, pelos códigos e pela toga. Fico muito feliz de dizer que quando aqui cheguei só uma mulher fazia parte do Tribunal Pleno, que era desembargadora Shelma Lombardi. Felizmente outras guerreiras chegaram para somar, assim como vocês hoje na carreira da magistratura“.

Ao fazer a declaração de encerramento, a presidente Maria Helena Póvoas desejou sucesso aos empossados e empossadas.

Mato Grosso espera por vocês, assim como a população em cada comarca. Tenham a máxima certeza de que os senhores e senhoras terão sempre o apoio desta Corte. Mas também terão desta Corte os olhos atentos. Tenham uma carreira coroada de muito sucesso. Recebam meu carinho e meu abraço, mas, sobretudo, lembrem: sejam humildes“, finalizou.

Após, foram exibidos no telão vídeos de autoridades do Estado que enviaram saudações e cumprimentos aos juízes e juízas empossados (as). São eles: Governador de Mato Grosso, Mauro Mendes; juiz Tiago Souza Nogueira de Abreu, presidente da Associação Mato-grossense de Magistrados (Amam); conselheiro José Carlos Novelli, presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT); procurador de Justiça, José Antônio Borges; defensor Público-geral, Clodoaldo Gonçalves de Queiroz.

Para zelar pela saúde e segurança dos participantes, a fim de conter a contaminação pela Covid-19 e Influenza H3N2, a cerimônia presencial teve o número de convidados limitado.

Os desembargadores e desembargadoras que compõem o Tribunal Pleno participaram da posse de uma sala virtual integrada aos presentes fisicamente por meio do telão do plenário.

Compromisso

Inicialmente o edital do concurso previa nove vagas. Contudo, a presidente autorizou chamar 25 juízes ou juízas para o Primeiro Grau de Jurisdição, a porta de entrada do cidadão. As nomeações permitem também a movimentação na carreira de magistrados e magistradas.

O concurso

Mais de cinco mil pessoas realizaram a prova objetiva na primeira fase. Depois vieram as provas discursivas e de sentença cível e criminal, a prova oral e a de investigação social.

Para concluir o concurso, meta da gestão para o Biênio 2021/2022, a Justiça estadual trabalhou muito para que a Pandemia da Covid-19 não interrompesse o certame. As avaliações orais (quarta etapa do certame) foram integralmente transmitidas ao vivo pelo canal do Youtube do TJMT, com início no dia 28 de junho. Em razão do elevado número de inscritos e aprovados para esta fase, os candidatos e candidatas foram divididos (as) em 12 grupos. Ao todo, 179 candidatos (as) foram avaliados (as) ao longo de 12 semanas, pela Comissão Especial Examinadora do Concurso, que encerrou em 13 de agosto.

Posteriormente vieram as demais fases do certame e o ato de nomeação, assinado pela presidente Maria Helena Póvoas, foi publicado no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) no dia 6 de janeiro de 2022.

Curso de formação

Os 25 juízes substitutos recém empossados receberão curso de formação oferecido pela Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso (Esmagis). Com isso, os novos juízes e juízas serão capacitados para auxiliar na compreensão dos desafios da atuação profissional, com foco no cidadão.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Novo recurso tenta derrubar decisão de posse a Guilherme Maluf, agora é o Ministério Publico
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA