REGISTROS DO CORONAVÍRUS

“Covid-19”; Mato Grosso registra 1.271 casos e 37 óbitos

Publicados

em

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (22), 1.271 casos confirmados da “Covid-19” em Mato Grosso, sendo registrados 37 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Os últimos três óbitos envolveram residentes de Juína, Várzea Grande e Curvelândia. De acordo com o Boletim Informativo da SES, 691 pacientes estão em isolamento domiciliar, 99 hospitalizados e 444 já estão recuperados

Os casos confirmados estão em Cuiabá (400), Várzea Grande (113), Rondonópolis (103), Barra do Garças (61), Primavera do Leste (56), Tangará da Serra (48), Lucas do Rio Verde (42), Sinop (34), Sorriso (34), Rosário Oeste (31), Confresa (28), Jaciara (24), Peixoto de Azevedo (21), Cáceres (19), Nova Mutum (18), Pontes e Lacerda (17), Querência (15), Alta Floresta (12), Mirassol D’Oeste (10), Tapurah (9), Jangada (7), Chapada dos Guimarães (7), Campo Verde (7), Alto Araguaia (7), Vila Rica (6), São Pedro da Cipa (6), São José dos Quatro Marcos (6), Sapezal (5), Nova Ubiratã (5), Juína (5), Aripuanã (5), Pontal do Araguaia (4), Matupá (4), Guarantã do Norte (4), Curvelândia (4), Rio Branco (3), Poconé (3), Nova Lacerda (3), Ipiranga do Norte (3), Nossa Senhora do Livramento (3), Ipiranga do Norte (3), Conquista D’Oeste (3), Campo Novo do Parecis (3), Água Boa (3), Acorizal (3), Vila Bela da Santíssima Trindade (2), Vale de São Domingos (2), Rondolândia (2), Ribeirão Cascalheira (2), Poxoréo (2), Juscimeira (2), Dom Aquino (2), Cotriguaçu (2), Canarana (2), Bom Jesus do Araguaia (1), União do Sul (1), Terra Nova do Norte (1), Sapezal (1), São José do Xingu (1), São José do Povo (1), São Felix do Araguaia (1), Santo Antônio de Leverger (1), Santa Rita do Trivelato (1), Porto Alegre do Norte (1), Ponte Branca (1), Pedra Preta (1), Novo Mundo (1), Nova Xavantina (1), Nova Olímpia (1), Nova Monte Verde (1), Nobres (1), Luciara (1), Lambari D’Oeste (1), Jauru (1), Colíder (1), Campos de Júlio (1), Alto Paraguai (1), Alto Garças (1), Alto Boa Vista (1), e residentes de outros Estados (24).

Nas últimas 24 horas, surgiram 84 novas confirmações. Em Cuiabá (20), Rondonópolis (3), Várzea Grande (5), Primavera do Leste (9), Tangará da Serra (5), Peixoto de Azevedo (1), Jaciara (4), Mirassol D’Oeste (1), Alta Floresta (2), Bom Jesus do Araguaia (1), Confresa (2), Guarantã do Norte (1), Juína (5), Lucas do Rio Verde (1), Luciara (1), Nossa Senhora do Livramento (2), Nova Mutum (1), Pontes e Lacerda (9), Querência (1), Ribeirão Cascalheira (1), Sapezal (4), Sinop (2), Sorriso (3) e Terra Nova do Norte (1).

Dos 1.271 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 691 estão em isolamento domiciliar e 444 estão recuperados. Há ainda 99 pacientes hospitalizados, sendo 54 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 44 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 269 leitos de UTI e 881 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado, sendo que esses dados já incluem os novos leitos do Hospital Metropolitano.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,2% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,8% masculino; além disso, 373 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 4.697 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 218 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Até a última quinta-feira (21), o Governo Federal confirmou 310.087 casos da Covid-19 no Brasil e 20.047 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 18.859 mortes e 291.579 casos confirmados de pessoas infectadas pelo Coronavírus. Até o fechamento deste material, não foram atualizados os números desta sexta-feira (22).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo Coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam “pânico” e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo Coronavírus.

Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Lucimar e Kalil sinalizam por IML e POLITEC em VG para atender "Vítimas de Violência Domestica"
Propaganda

Destaques

Emanuel, eleição acabou e chegou a hora de pagar as faturas dos aliados, com cargos públicos

Publicados

em

Quando o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro do MDB diz que não irá agregar os derrotados, se referindo aos vereadores que não conseguiram renovar o mandado, que não existe o toma lá dá cá, tá certíssimo, Mato Grosso precisa de políticos com outras mentalidades.

Um político assim do naipe do alcaide cuiabano que a população necessita. Um político que mesmo recebendo menos votos no segundo turno de 2020, realizado dia 29 de novembro, do que havia obtido em 2016 (perdeu 22.006 votos entre um segundo turno e outro caiu de 157.877 para 135.871), diz que a equipe do seu staff não tem compromisso com derrotados, isso que é político.

Calma Pinheiro…, as eleições já terminaram, tudo bem que Cuiabá pareceu dividir-se ao meio a diferença entre vitorioso e derrotado foi minúscula, mas sela nosso destino por mais quatro anos.

O ruim é que esse meio a meio dá uma ideia (verdadeira ou falsa), de que existem duas metades: a dos ricos e a dos pobres. A dos ilustrados e a dos desinformados. A dos dependentes de benesses do Governo do Estado e a dos que se viram por si.

Calma Nenel, a campanha acabou e sabemos muito bem, o que resta da campanha.

Pinheiro, por favor né, 32 anos na vida pública não precisa jogar para a plateia. A população lhe absolveu, você será o nome para 2022, mas para de subestimar o povo cuiabano. Dizer que não tem compromissos? O que existe Emanuel é uma fatura que precisa ser para nos próximos 12 meses, com quem fez no primeiro turno e no segundo turno, ou está querendo tentar enganar a si mesmo? Venha me dizer que os 12 partidos lhe apoiaram por causa da sua administração?

Discurso de quem ajuda

Nenhum apoiador meu tem Secretaria prometida…agora, é claro que quem ajuda ganhar, ajuda governar. Isso é lógico e eu sou sincero para falar: quem me ajuda a ganhar, vai me ajudar governar e vou optar pelos melhores quadros para Cuiabá continuar avançando, Emanuel Pinheiro dia 17 de novembro no programa Tribuna da Rádio Vila FM.

Para sustentar a afirmação, Nenel citou o trabalho de Vinicius Hugueney na secretaria do Trabalho no qual classificou o trabalho do seu secretário como “ótimo”.

Na entrevista, Emanuel Pinheiro disse que não via problema em nomear algum dos seus apoiadores, se o perfil técnico e condições de contribuir com políticas públicas para determinadas secretarias.

Tenham certeza que com este perfil encontrarás nos seus apoiadores.

Mas segura essa Nenel, como anda as conversações com a base para eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cuiabá? A ida do vereador Mario Nadaf do Partido Verde (PV) para sua equipe de secretariado é uma das faturas que começa a ser paga?

E a nomeação publicada no Diário de Contas do ex-candidato a vice-prefeito de Várzea Grande na chapa do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto da Coligação “Um Novo Tempo Para Várzea Grande, do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Wilton Coelho Pereira, o Wiltinho Coelho.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Deputado propõe emendas de R$ 10 milhões para recuperar Pantanal e prevenir incêndios
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA