Artigos

Giovana Balth: – Constelação familiar, como ela pode lhe ajudar

Publicados

em

 

        Constelação familiar, como ela pode lhe ajudar

Autora: Giovana Balth

Costumo dizer que a constelação familiar é uma tomada de consciência do tudo no todo. Bert Helling, o criador das constelações, relata que “a terapia familiar sistêmica, trata-se de averiguar se no sistema familiar ampliado existe alguém que esteja emaranhado nos destinos de membros anteriores dessa família“.

Quando estes emaranhamentos são trazidos a tona em uma Constelação em grupo, ou mesmo em uma constelação individual utilizando bonecos ou âncoras, a pessoa tem a possibilidade de visualizar melhor o seu problema e assim se libertar mais facilmente.

Este emaranhamento se materializa quando alguém da família revive ou retoma de forma inconsciente o destino ou o mesmo padrão de um familiar que viveu antes dele, pois estamos todos ligados. Já parou para pensar quantas pessoas vieram antes de você? Pais, avós, bisavós, trisavós, tataravôs, uma imensidão de pessoas que viveram seus conflitos, dores, passaram por situações de exclusões, suicídios, assassinatos e muitas outras situações que nem ao menos sabemos. Estes excluídos clamam por uma inclusão! Enquanto não for incluído ele ficará a procura de alguém que o honre e faça as mesmas coisas que fazia para ser visto.

Quando honrado ele olha afetuosamente para os descendentes e, assim, uma força nasce para viver a vida da forma que ela se apresenta.

Desta forma, precisamos sempre honrar quem veio primeiro, tomando nossos pais da forma que são, pois eles já nos deram tudo: a vida.

Quando eu honro a eles, a vida me retribui com tudo o que ela tem de melhor.

Segundo Bert, aquele que não conhece sua história tende a repeti-la. Quem não sabe de onde vem, também não saberá para aonde vai. Quem não reconhece o seu pai e sua mãe, nunca pode encontrar seu verdadeiro caminho.

Portanto, permita que a constelação possa lhe ajudar a dar um novo olhar para o seu problema.

Giovana Balth é Fisioterapeuta e Consteladora Sistêmica. Crefito: 259992-F. (65) 99955-0169

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dr. Rosário Casalenuovo Júnior: - Não faça botox nesta pandemia!

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Artigos

José Wenceslau de Souza Júnior: – Toda crise traz mudanças!

Publicados

em

 

                  Toda crise traz mudanças!

Autor: José Wenceslau de Souza Júnior

Em 2020, estamos vivendo um divisor de águas, pois a Covid-19 está fazendo todos se reinventarem, e consequentemente, o comércio também.

O comerciante deve preparar a loja para receber o cliente, e se atentar ao comportamento, já que ele está menos consumista, mais exigente e cuidadoso.

O cliente mudou a percepção sobre as marcas, em destaque estão as empresas que possuem boas ações, atendimento diferenciado, tanto na forma presencial, quanto on-line (WhatsApp, Chatboot, Instagram, Facebook, site e e-mail marketing).

O que consumir também entrou nas indagações do cliente, pois o supérfluo deixou o lugar para o essencial, desde a alimentação, viagens, cabeleireiro, vestuário, até móveis, eletrodomésticos e veículos.

Já para o comerciante, o desafio é se adequar às normas sanitárias e de distanciamento sem perder a qualidade no atendimento, manter o preço competitivo da loja física, em relação às lojas virtuais.

De acordo com pesquisa realizada por uma empresa especializada em inteligência de mercado, 51% dos consumidores brasileiros comprarão mais pela internet ou por aplicativos, sendo que 45% das compras realizadas nos últimos três meses foram feitas pela primeira vez, ou seja, até os mais receosos perderam o medo de utilizar o cartão de crédito no universo digital.

E o comércio, gerador de cerca de 66% da arrecadação do ICMS em Mato Grosso, e empregador de mais da metade dos trabalhadores com carteira assinada – precisa de atenção. Não me refiro apenas ao gestor do negócio, mas atenção do poder público.

Com o aumento das compras pela internet, o consumo nas lojas físicas já diminuiu, e uma readequação dos impostos deve ser feita, para evitar uma competição desigual entre lojas físicas x virtuais.

Por outro lado, há 40 anos atuando no comércio mato-grossense, já vivenciei outras crises e tenho certeza que vamos superar mais essa. O consumo retraído neste período de isolamento e recessão econômica, vai se estabilizar, talvez não na velocidade que desejamos, mas no último trimestre deste ano, os consumidores voltarão a realizar as compras – sem receios.

E mais uma vez ressalto, o comércio é importante para o desenvolvimento social, porque por trás de um CNPJ, existem muitos CPFs.

José Wenceslau de Souza Júnior, comerciante há mais de 40 anos e presidente da Fecomércio, Sesc e Senac em Mato Grosso.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Fábio de Oliveira: - Salvador da pátria somente na ficção
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA